Siga o OTD

Vôlei

Brasil fecha em terceiro primeira fase da Liga das Nações

No último jogo, contra a Turquia, a seleção acabou perdendo em cinco sets sendo quatro deles definidos pela diferença mínima

FIVB

Pela última rodada da Liga das Nações feminina de vôlei de 2019, o Brasil encarou a Turquia, em Ancara, nesta quinta-feira (20). Em grande duelo, definido pela diferença mínima, as turcas saíram com a vitória, por 3 sets a 2. Os destaques da partida foram Gabi, com 22 pontos, pelo lado brasileiro e Yilmaz, com 17, pelas turcas.

Sendo assim, o Brasil terminou a etapa classificatória com 11 vitórias e quatro derrotas e vai disputar a fase final, na China, entre 3 e 7 de julho, em Nanquim. As seis esquipes classificadas são China (1º), Estados Unidos (2º), Brasil (3º), Itália (4º), Turquia (5º) e Polônia (6º).

China, Itália e Turquia formarão o grupo A enquanto Estados Unidos, Brasil e Polônia estarão no grupo B. As equipes se enfrentarão nos seus respectivos grupos e as duas melhores de cada passarão às semifinais.

Antes da fase final, a seleção retornará para o Brasil para um período de treinamentos.

Jogaço!

No primeiro set de partida contra a Turquia, o Brasil começou melhor, conseguindo aproveitar os contra-ataques, abrindo 6 a 3 no placar. Contudo, com uma boa sequência de saques, o time da casa igualou o placar e reequilibrou as ações. Na continuação da parcial, as turcas seguiram colocando pressão na recepção brasileira, abrindo 12 a 9, forçando a parada no jogo. No restante da parcial, as donas da casa mantiveram a vantagem no placar até a reta final. Nela, com um ace de Macris, um erro turco e um ponto de Mara, a Seleção Brasileira passou a frente e fez 21 a 20.

Na fase final do set, Brasil e Turquia passaram a trocar pontos e se alternar na vantagem do marcador. Contudo, em mais uma sequência de saques bem feitos, que acabaram colocando o time brasileiro em dificuldade, as turcas aproveitaram os erros das adversárias, abriram vantagem e venceram pela diferença mínima, fazendo 25 a 23.

No segundo set, a Turquia começou melhor, conseguindo incomodar no saque, aproveitando os contra-ataques e pontuando no bloqueio, as donas da casa abriram 5 a 2 no marcador e forçaram o pedido de tempo brasileiro. Na sequência da parcial, o Brasil passou a maior parte do tempo atrás do placar, tentando a igualdade. Na parte final dos pontos, as comandadas de José Roberto Guimarães passaram a frente, fazendo 19 a 18.

Nos pontos finais da parcial, mais uma vez, Brasil e Turquia se alternaram na frente do placar com o lado verde e amarelo estando em vantagem. Na hora da decisão, Natália apareceu e, com um ponto de ataque e um de bloqueio, fechou o set em 26 a 24, empatando o jogo.

No terceiro set, as duas seleções passaram o primeiro terço dos pontos trocando pontos, com o lado brasileiro chegando em vantagem no primeiro tempo técnico, com 8 a 7. Próximo da metade da parcial, o Brasil cresceu em todos os fundamentos e chegou a abrir vantagem no placar, com 15 a 11. Contudo, a Turquia conseguiu uma sequência e passou a frente, com 19 a 16.

+CONFIRA A TABELA DA LIGA DAS NAÇÕES FEMININA 2019

Para tentar o empate na parcial, o Brasil fez a inversão do 5/1, com a entrada de Roberta e Lorenne. De levantadora e opostas novas, a Seleção Brasileira contou com um ponto de ataque, um bloqueio e um erro turco para empatar em 19 pontos. Mas, no momento de definição do set, as meninas brasileira passaram a errar muito e em um toque na rede a Turquia saiu com a vitória por 25 a 20.

Precisando da vitória no set, o Brasil começou com tudo e abrindo 8 a 4 no marcador. Após a parada técnica, a Turquia aumentou o volume de jogo, com o sistema defensivo funcionando e gerando contra-ataques, e encostou no placar, com 12 a 11. Na segunda parte da parcial, a Turquia voltou a ser melhor, aproveitou o momento de instabilidade brasileiro e chegou de vez no duelo, com 16 a 16. Contudo, na hora da decisão, Lorenne apareceu, virando bolas importantes no ataque e em um ataque de Amanda a Seleção Brasileira fechou em 25 a 23, forçando o tie break.

Nele, a Turquia começou melhor e abriu quatro a zero no placar logo nos primeiros movimentos. Na sequência do jogo, o Brasil reagiu, após uma uma série de saques de Mara, chegando na troca de lado com uma desvantagem de 8 a 6. Pouco depois da virada, em um ataque de Gabi, a Seleção Brasileira conseguiu o empate no marcador, contudo com um bloqueio duplo em Lorenne, as turcas voltaram a ter vantagem, com 11 a 9.

Nos pontos finais, Mara foi certeira pelo meio de rede e comandou mais uma virada brasileira, que veio com o 12 a 11. Na sequência, o Brasil se manteve na frente do placar, tendo o ponto do jogo com 14 a 13. Porém, em um ataque de Yilmaz, um toque na rede e um ace turco, a Seleção Brasileira acabou tomando a virada e foi derrotado por 16 a 14.

Mais em Vôlei