Siga o OTD

Vôlei

Vitória do Brasil sobre Bélgica define finalistas da Liga das Nações

Brasil faz 3 a 0 na Bélgica e Polônia completa os seis times que vão para a fase final da Liga das Nações

FIVB

O Brasil venceu a Bélgica por 3 sets a 0 pela penúltima rodada da Liga das Nações de vôlei feminino em Ancara, na Turquia. O resultado, nesta quarta (18), definiu a Polônia como sexta e última classificada para a fase final da competição, marcada para os dias 3 e 7 de julho em Nanquim, na China. As parciais foram 25/23, 25/15 e 25/18.

Assim, as seis equipes finalistas da Liga das Nações são Brasil, Estados Unidos, Turquia, Itália, China e Polônia. A China, por ser o país sede, já estava classificada, mas mesmo assim ficou entre as cinco melhores.

+ CONFIRA DA TABELA DE CLASIFICAÇÃO

Foi a sétima vitória seguida do Brasil no torneio, a quarta por 3 a 0. A seleção fecha sua participação na fase classificatória às 13h de quinta (20), contra a Turquia.

Ana Paula Borgo foi a maior pontuadora do jogo, com 14, seguida por Gabi com um a menos. Natália marcou onze pontos, sendo quatro no bloqueio.

Ana Paula Borgo

Ana Paula Borgo foi destaque no ataque (FIVB)

“Foi uma boa partida. Hoje o time jogou com mais convicção e melhor em alguns aspectos. As jogadoras mais jovens estão se soltando mais e isso é muito positivo. Estamos mantendo um nível de jogo e as vitórias estão sendo importantes”, afirmou o técnico José Roberto Guimarães.

A missão da Bélgica era difícil. Precisava descontar seis pontos das polonesas em dois jogos. Ou seja, precisava de duas vitórias perdendo no máximo um set em cada e ainda torcer para a Polônia perder as duas sem fazer mais do que um set em cada jogo.

Assim, as belgas começaram tudo e engrossaram o primeiro set para o Brasil. A parcial foi equilibrada do início ao fim, com constantes trocas de lideranças no placar. A reta final foi ainda mais parelha, com viradas e reviradas no placar, até que Natália cravou uma bolaça e o Brasil teve o 24 a 23. No saque, ace de Amanda e vitória por 25 a 23.

A partir do segundo set o Brasil colocou sua superioridade em quadra e não deu mais chances para a Bélgica. Logo abriu frente, no 8 a 4, e chegou a 12 a 6. O time europeu ainda reagiu, colou no 12 a 10, mas foi o último suspiro deles na Liga das Nações. Após um tempo pedido por Zé Roberto, o Brasil voltou a comandar o jogo e disparou no marcador para fechar em 25 a 15.

A vitória brasileira no segundo set transformou o jogo em um amistoso. A Bélgica ainda tentou manter a intensidade no terceiro set, mas logo a superioridade brasileira fez-se valer e elas capitularam. O time de Zé Roberto abriu frente, fez 13 a 8, e caminhou tranquilo para fechar a partida.

“Foi mais uma vitória importante do nosso time. A Bélgica tem feito um bom campeonato e ontem venceu a Turquia. É uma equipe forte, mas conseguimos impor o nosso ritmo desde o início do jogo e acredito que isso foi determinante para a resultado. Temos que seguir buscando o nosso crescimento, já pensando na fase final”, faou a levantadora Macris.

Mais em Vôlei