Siga o OTD

Vôlei

Osasco-Audax traz Bia de volta para casa na temporada 2019/20

Central que está defendendo a Seleção Brasileira na Liga das Nações acerta retorno ao clube mais tradicional da modalidade no país e promete dedicação e garra na luta por títulos

Divulgação/CBV

A boa filha está de volta. Bia fechou contrato e reforça o Vôlei Osasco-Audax na temporada 2019/20. A central, que está defendendo a Seleção Brasileira na Liga das Nações, não esconde a felicidade. “Tenho um carinho muito grande por Osasco. Me identifico bastante com o time. É onde sempre fui muito feliz, tive grandes momentos de conquista. Momentos de crescimento pessoal e profissional. Então, posso dizer que é um retorno para casa”, garante a central.

Bia vestiu a camisa de Osasco pela primeira vez na temporada 2011/12, quando o time conquistou a Superliga. Depois, retornou entre 2016/17 e 2017/18. Após uma temporada no Rio de Janeiro, vai pisar na quadra do ginásio José Liberatti para sentir o calor da fanática torcida local uma vez mais. “Volto muito feliz e querendo fazer o meu melhor, conquistar títulos. Espero evoluir, trabalhar bastante, treinar muito e jogar no máximo das minhas capacidades física e técnica. Espero ajudar a equipe o máximo que puder em busca dos objetivos da temporada, principalmente a Superliga”, explica.

Além da atmosfera que evolve o mais tradicional time do vôlei nacional, voltar para Osasco traz a oportunidade de trabalhar novamente com um time de profissionais com os quais Bia cultiva muita afinidade. “Só tenho elogios ao Luizomar. Trabalhei com ele a primeira vez aos 15 anos, quando foi meu técnico nas categorias de base da seleção. É um cara que sempre admirei como profissional e como pessoa. Fico muito feliz por voltar a formar parceria com ele e com toda a sua comissão técnica, formada por pessoas que gosto bastante e tenho carinho muito especial”, conta a meio de rede.

Entre os motivos para vestir a camisa de Osasco novamente estão a evolução em quadra. Nas duas últimas temporadas sob o comando de Luizomar, Bia foi a maior bloqueadora da Superliga e, consequentemente, garantiu a convocação para a Seleção Brasileira. A central é o segundo reforço anunciado oficialmente pela equipe osasquense. O primeiro foi a levantadora Roberta. As líberos Camila Brait e Kika também já renovaram.

Carreira de sucesso – Campeã da Superliga por Osasco na temporada 2011/12, com apenas 20 anos, Bia deixou o clube na sequência e ficou no Sesi-SP de 2012 até 2015. Antes do time osasquense, a central vestiu também a camisa do Praia Clube. Nascida em Sorocaba, teve uma carreira de sucesso nas categorias de base, conquistando o Campeonato Mundial Infanto-Juvenil, na Tailândia, em 2009, e o vice da mesma competição no Juvenil, em 2011, no Peru.

FICHA TÉCNICA
Bia
Ana Beatriz Silva Correa
Nascimento: 07/02/1992
Natural : Sorocaba-SP
Altura: 1,88 metro
Posição: Central

Mais em Vôlei