Siga o OTD

Vôlei

Brasil encerra amistosos com outra vitória sobre o Canadá

Seleção masculina derrota novamente o Canadá em amistoso preparatório para a estreia na Liga das Nações

Reprodução/Instagram

A próxima vez que a seleção masculina entrar em quadra, o jogo valerá pela Liga da Nações e será contra o Estados Unidos no dia 31 de maio. Mas nesta sexta-feira (24), no Taquaral, em Campinas, o Brasil entrou em quadra pelo último amistoso contra o Canadá e jogou para ninguém botar defeito: 3 sets a 0 (25/18, 25/14 e 25/19) em apenas uma hora e 15 minutos de partida.

Se na última quarta-feira o Brasil começou lento, no segundo amistoso a coisa foi bem diferente. Muita concentração e velocidade nos fundamentos. “Foram dois times distintos, cada jogo é uma história, cada treinamento é uma evolução, o pessoal está super bem fisicamente, sabendo o que quer. Infelizmente não tivemos muito tempo de treinamento. Mas sabemos que estamos em um caminho bom, mas não tem segredo, não vai chegar lá sem treinar”, disse o técnico Renan após a vitória.

O bloqueio já aparaceu nos primeiros pontos e Flávio foi o destaque. Mas o Brasil também mostrou paciência no ataque e soube explorar o bloqueio adversário. Tirando o saque, tudo funcionava com muita precisão. A primeira parcial acabou em 25/18, mas poderia ter sido mais rápido ainda.

E foi exatamente o que aconteceu na segunda parcial. Muito eficiente, o Brasil fez 25 a 14 no segundo set. O saque entrou mais em quadra e os canadenses erraram muito mais. Cachopa aproveitou todas as suas armas. Lucão virou muita bola pelo meio, Lucarelli pontuou de todos os jeitos, enquanto Wallace e Douglas Souza eram os caras de segurança do levantador brasileiro.

Renan tinha falado que esse segundo amistoso serviria para ele ter uma base para a Liga das Nações. Sendo assim, Cachopa mais do que confirmou sua presença como reserva de Bruninho. Flávio certamente impressionou e vai brigar por uma vaga com Isac e Maurício Souza. Lucarelli, Wallace e Douglas Souzas ganharam ainda mais ritmo.

E no fim das contas, o terceiro set foi um resumo dos outros dois anteriores. Brasil defendendo muito e tocando no bloqueio em todos os ataques canadenses e o ataque virando das mais diferentes formas. Renan gostou do bloqueio brasileiro.

“É um dos fundamentos que a gente vem mais trabalhando. Nós tivemos 41 bolas amortecidas, contra 24 deles. Isso mostra muita eficiência, não só do bloqueio, mas taticamente também. Mas temos que melhorar em todos os fundamentos. Mas o bloqueio é fundamental para manter a pressão no adversário”.

Enfim, a despedida da seleção masculina deixou uma ótima impressão. Já do lado canadense, o levantador Walsh fez questão de agradecer por poder enfrentar uma seleção tão forte como a do Brasil e comentou sobre o jogo.

“Foi uma partida muito difícil, o Brasil foi muito duro em uma ótima partida, eles defenderam muito e criaram muitas transições ofensivas e dificultaram as coisas para gente. Vamos tirar muitas lições desta partida. Estamos muito agradecidos de poder jogar aqui, ainda mais para um público fantástico como é o Brasileiro”, finalizou Walsh.

Friozinho na barriga

Estreante com a camisa amarela, o central Flávio comentou a sensação. “No início rolou um friozinho na barriga. É normal, acho que acontece com todo mundo, é a estreia na seleção principal”, admitiu. “Mas depois eu fui acosutmando, me sentindo bem, me sentindo bem com os jogadores em quadra, todos apoiando e incentivando. Vou seguir fazendo meu trabalho para tentar cavar uma vaguinha”.

AGENDA DO DIA

set 23 00:30 Copa do Mundo de vôlei feminino República Dominicana Brasil set 23 02:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Camarões Sérvia set 23 03:00 Copa do Mundo de vôlei feminino China Estados Unidos set 23 05:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Rússia Argentina set 23 07:00 Campeonato Sul-Coreano de futebol feminino Changnyeong Red Angels set 23 07:20 Copa do Mundo de vôlei feminino Japão Quênia set 23 07:30 ITF de Valência Rebeka Masarova (ESP) Paula Gonçalves (BRA) set 23 10:00 ITF de São Paulo Julia Konishi (BRA) Bianca Leão (BRA) set 23 10:00 ITF de São Paulo Tatiana Terwindt (HOL) Isabelle Torres (BRA) set 23 10:30 Challenger de Buenos Aires Sebastian Baez (ARG) Pedro Sakamoto (BRA) set 23 11:30 ITF de São Paulo Angie Medina (COL) Nicolly Ferreira (BRA) set 23 11:30 ITF de São Paulo Mariana Borges (BRA) Camila Recalde (PAR) set 23 12:00 Challenger de Buenos Aires Jordan Correia (BRA) Pol Bague (ESP) set 23 12:00 Challenger de Buenos Aires Genaro Olivieri (ARG) Oscar Gutierrez (BRA) set 23 12:00 Champions League de handebol masculino Vardar (MAC) Porto set 23 12:30 Grand Prix Nacional de judô - Disputa do Bronze Paineiras Sogipa set 23 12:30 Grand Prix Nacional de judô - Final Pinheiros Instituto Reação set 23 12:30 Grand Prix Nacional de judô - Disputa do Bronze Paulistano Minas Tênis Clube set 23 13:00 ITF de São Paulo Zora Hudson (EUA) Maria Helena Sodré (BRA) set 23 13:30 Copa América de basquete feminino - Grupo A República Dominicana México set 23 13:30 Challenger de Buenos Aires Thiago Tirante (ARG) Rafael Matos (BRA) set 23 13:30 Challenger de Buenos Aires Gastão Elias (POR) Felipe Meligeni (BRA) set 23 14:30 ITF de São Paulo Althea Hudson (EUA) Gabriela Almeida (BRA) set 23 14:30 ITF de São Paulo Laiza Sicatto (BRA) Isadora Muller (BRA) set 23 15:00 Challenger de Buenos Aires Guilherme Clezar (BRA) Hernan Casanova (ARG) set 23 16:00 Copa América de basquete feminino - Grupo B Colômbia Paraguai set 23 18:00 Challenger de Buenos Aires Orlando Luz (BRA) Juan Pablo Ficovich (ARG) set 23 18:30 Copa América de basquete feminino - Grupo A Canadá Cuba set 23 20:00 Campeonato Paulista de Basquete Masculino - Quartas-de-Final Bauru São Paulo set 23 20:10 Campeonato Paulista de Basquete Masculino - Quartas-de-Final Franca Basquete São José Basketball set 23 21:00 Copa América de basquete feminino - Grupo B Argentina Brasil set 23 23:00 Copa do Mundo de vôlei feminino Coreia do Sul Sérvia

Mais em Vôlei