Siga o OTD

Pan 2019

Janice Teixeira sonha com respeito e time feminino no tiro

Brasileira da fossa olímpica faz de Lima seu último Pan como atleta, despede-se condenando falta de apoio e conta que já superou até AVC para se manter no esporte

Janice Teixeira, da fossa olímpica, nos Jogos Pan-Americanos
Janice Teixeira em seu último Pan (Alexandre Loureiro/COB)

Ela mesma se define como uma desbravadora. É também incansável. Aos 57 anos, sendo vinte deles na seleção brasileira, Janice Teixeira encerrou na quarta-feira (31) sua longa carreira de atleta de Jogos Pan-Americanos de tiro esportivo. Mas isso não quer dizer que ela vai largar tudo e ir para casa. Afinal, nem um AVC tirou-a da caminhada na fossa olímpica.

Um de seus próximos desafios é do tamanho de sua paixão pelo esporte que pratica. “O meu sonho é fazer uma equipe feminina de fossa olímpica no Brasil e fazer com que elas tenham respeito”, conta, em entrevista concedida com exclusividade para o Olimpíada Todo Dia pouco depois de sair da prova de fossa olímpica mista e fechar sua participação nos Jogos de Lima. Ela competiu ao lado de um parceiro de longa data, Roberto Schmits.

“Se eu puder ter uma equipe, pegar três meninas e dizer ‘gente, bora fazer medalha’, é o que eu quero”, resume. “Eu tive de abrir espaço meio de foice para chegar onde eu cheguei”, diz, relatando também ter passado por casos de machismo explicito tão recorrentes em todos os setores da sociedade. “Íamos entrar em uma série de treinamentos. Sobrou um lugar, vai a Janice, senão ela espera”, diz. “Não quero que levem a dor que a gente carregou a vida inteira de ter de pedir: ‘olha, por favor, me ajuda, eu quero treinar’. Eu não quero ver nunca mais isso nas mulheres. Vou lutar para isso.”

Seria um feito inédito no país e para ela, mas Janice é uma desbravadora. “Eu fui a primeira medalha pan-americana no tiro ao prato. E sou a primeira e única atleta olímpiada do tiro ao prato até agora.”

A medalha veio no Pan de Santo Domingo, na República Dominicana, em 2003. E ela tem muito mais: “deixo medalhas de jogos sul-americanos, deixo oito medalhas de ouro de copa continental americana, que é o campeonato sul-americano do prato e catorze ou quinze de campeonatos brasileiros.”

Janice Teixeira e Roberto Schmidts, da fossa olímpica, nos Jogos Pan-Americanos

Janice e Roberto no Pan de Lima (André Rossi/OTD)

Respeito. Respeito absoluto!

Os sonhos de Janice Teixeira orbitam em torno de uma palavra: respeito. Algo que faltou a ela durante toda a carreira na fossa olímpica. Não apenas a ela, diga-se de passagem.

“A gente tem alguma coisa da federação, mas muito aquém do que deveríamos ter. E eu já com toda essa estrada andada quero ver se luto muito para no próximo Pan-Americano, não para mim, para que os próximos atletas sejam reconhecidos. Nós temos uma boa chance de ir adiante e trazer bastante medalha para o Brasil desde que nos respeitem”.

“Falta treinamento, falta preparação. A gente não tem absolutamente nada. Se tu observar a bancada dos Estados Unidos têm sentados ali um psicólogo, um massoterapeuta, um fisioterapeuta, dois técnicos e um atleta para atirar”, conta. “A delegação brasileira no tiro ao prato resume-se eu, o Schmidt e o Fernando (chefe de delegação). Nós não temos técnico. Eu treino sozinha no Rio de Janeiro.”

Ela treina no campo de tiro da Rio 2016 e considera o local de acordo com o que precisa. “Mas infelizmente não adianta a estrutura física se a gente não tiver o principal, o começo, que é um técnico, um bom técnico. No início do ano, em 2019, a gente solicitou um técnico italiano que iria nos acompanhar até os Jogos Pan-Americanos, mas infelizmente nunca tinha verba, nunca tinha dinheiro”.

Em um exemplo claro, mostra como uma estrutura mínima dá resultados. “Nós tivemos um campeão mundial. Um menino (Leonardo Lustoza) de 18 anos, na fossa olímpica, que é a minha modalidade. O menino fez a medalha de ouro no mundial por conta própria. O pai paga o treinamento, paga o técnico dele, o nosso ex-técnico Carlo Dana, que foi mandando embora, e ele foi lá e fez uma medalha de ouro”.

Janice Teixeira, da fossa olímpica, nos Jogos Pan-Americanos

Janice concentrada durante prova no Pan. Só assim ela baixa a cabeça (Alexandre Loureiro/COB)

“Os caras dizem: ‘vai ali fazer o teu melhor e se diverte’, mas não é isso o que eu quero. Nunca foi”, acrescenta. “Eu quero respeito. Muito! Respeito. Respeito absoluto!”

Tive um AVC e treinava no hospital

Criar um time feminino de fossa olímpica que seja respeitado não apenas desportivamente é uma tarefa grande, mas não é uma boa duvidar de Janice Teixeira. Em 2008 ela teve um AVC bem grave e seu médico queria decretar sua aposentadoria. “Eu disse: ‘negativo’ e fiz uma medalha de ouro continental para o Brasil no mesmo ano”.

Esportista na essência, ela conta que treinava no hospital. “Eu mandei a minha irmã colocar pratinhos nos cantos do quarto do hospital. Eu tinha medo de ter perdido o reflexo, então eu sentada na cama eu fazia o movimento do tiro para saber se não tinha perdido o reflexo”, revela. “A paixão te move”, finaliza.

AGENDA DO DIA

jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Stephany Saraiva jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Priscila Oliveira jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Maria Ieda Guimarães jan 29 05:30 Torneio Internacional Indoor de Budapeste de Pentatlo Moderno Qualificação feminina Isabela Abreu jan 29 06:20 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Bruna Takahashi (BRA) 4 Zhu Chengzhu (HKG) 1 jan 29 08:50 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Zhang Kai (EUA) 2 Vitor Ishiy (BRA) 4 jan 29 11:00 ITF de Weston Wilson Leite (BRA) 2 Nicolas Mejia (COL) 1 jan 29 11:10 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Eric Jouti (BRA)/Thiago Monteiro (BRA) 0 Timo Boll (ALE)/Ricardo Walther (ALE) 3 jan 29 11:10 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Vitor Ishiy (BRA)/Gustavo Tsuboi (BRA) 1 Martin Allegro (BEL)/Florent Lambiet (BEL) 3 jan 29 12:00 Challenger de Punta del Este Francisco Cerundolo (ARG) 2 Orlando Luz (BRA) 0 jan 29 12:00 Challenger de Punta del Este Felipe Meligeni (BRA) 2 Gianluca Mager (ITA) 1 jan 29 12:00 ITF de Cancún José Pereira (BRA) 0 Jesse Witten (EUA) 2 jan 29 12:15 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Aleksandar Karakasevic (SER)/Izabela Lupulescu (SER) 3 Vitor Ishiy (BRA)/Bruna Takahashi (BRA) 2 jan 29 12:30 ITF de Weston Alan Kohen (ARG) 0 Daniel Dutra Silva (BRA) 2 jan 29 13:00 Campeonato Romeno de handebol masculino Potaissa Turda (ROM) Drobrogea Sud (ROM) jan 29 13:30 Challenger de Punta del Este Hernan Casanova (ARG) Thiago Wild (BRA) jan 29 13:30 Campeonato Russo de handebol feminino Rostov-Don (RUS) Kuban (RUS) jan 29 14:00 ITF de Cancún Lucas Obeid (BRA) 0 Mark Whitehouse (GBR) 2 jan 29 14:00 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Bruna Takahashi (BRA) 4 Stephanie Loeuillette (FRA) 2 jan 29 14:50 Aberto da Alemanha de Tênis de Mesa Simon Gauzy (FRA) 4 Vitor Ishiy (BRA) 1 jan 29 15:30 ITF de Cancún Ivar Contreras (MEX)/Dominik Palan (TCH) Mateus Alves (BRA)/Ignacio Carou (URU) jan 29 16:00 Champions League de basquete masculino Hapoel Jerusalém (ISR) San Pablo Burgos (ESP) jan 29 16:30 Copa da Itália de vôlei feminino Novara (ITA) Team Monza (ITA) jan 29 17:00 Challenger de Punta del Este Pedro Cachin (ARG)/Carlos Gomez-Herrera (ESP) Felipe Meligeni (BRA)/Diego Hidalgo (EQU) jan 29 17:30 Challenger de Punta del Este Tomas Etcheverry (ARG)/Renzo Olivo (ARG) Pedro Sakamoto (BRA)/Geoffrey Blancaneaux (FRA) jan 29 18:00 WTA de Newport Beach Anna Danilina (KAZ)/Ingrid Neel (EUA) Laura Pigossi (BRA)/Rosalie Van der Hoek (HOL) jan 29 18:00 WTA de Newport Beach Luisa Stefani (BRA)/Hayley Carter (EUA) Sharon Fichman (CAN)/Shelby Rogers (EUA) jan 29 18:00 Challenger de Newport Beach Fernando Romboli (BRA)/Denis Istomin (UZB) Jamie Cerretani (EUA)/Maxime Cressy (EUA) jan 29 18:00 Libertadores de vôlei masculino - Primeira Fase Obras de San Juan Minas Tênis Clube jan 29 19:00 Challenger de Punta del Este Orlando Luz (BRA)/Rafael Matos (BRA) Guilherme Clezar (BRA)/Fabricio Neis (BRA) jan 29 19:00 NBB Bauru Basquete Rio Claro jan 29 20:00 NBB Mogi das Cruzes Franca Basquete jan 29 21:00 Challenger de Punta del Este Mariano Kestelboim (ARG) Thiago Monteiro (BRA) jan 29 21:00 Libertadores de vôlei masculino - Primeira Fase Sesi Ciudad Voley (ARG) jan 29 21:00 NBA Indiana Pacers Chicago Bulls jan 29 21:30 NBA New York Knicks Memphis Grizzlies jan 29 23:00 NCAA - Basquete feminino universitário Kansas Kansas State

Mais em Pan 2019