Siga o OTD

Tênis de Mesa

Brasileiros perdem e não vão à chave principal na Hungria

Eric Jouti. Foto: ITTF

Em tarde ruim, Brasil perde seis duelos no Aberto da Hungria e somente Hugo Calderano disputará a chave principal do torneio.

A tarde desta quarta-feira (17) não foi das melhores para o tênis de mesa brasileiro. O dia até que começou bom com quatro de cinco atletas do país passando da fase de grupos para o qualifying. No entanto, neste round, nos seis duelos que ocorreram à tarde, contando quatro de simples e dois de duplas, o Brasil saiu derrotado em todos. Agora, a única esperança verde e amarela no Aberto da Hungria é Hugo Calderano, que já está na chave principal e estreia amanhã, às 11h40, de Brasília, contra Chia-Hung Sun, de Taipei.

Jogos de simples

O primeiro brasileiro a ir à mesa nesta tarde foi Cazuo Matsumoto (167º), que vinha embalado por uma vitória dramática no round anterior. No entanto, contra o francês Quentin Robinot (78º), ele não teve chances e foi despachado com 4 sets a o, parciais de 11/9, 11/8, 11/8 e 11/5.

Também precisando vencer  para chegar à chave principal, Vitor Ishiy (159º) veio na sequência. O duelo era contra o sueco Anton Kallberg (71º). E, mais uma vez, não deu para o Brasil. A jovem promessa do país perdeu por 4 sets a 0, parciais de 11/7, 11/8, 11/9 e 11/6.

Logo em seguida, foi a vez de Thiago Monteiro (130º). Contra Yujia Zhai (247º), da Dinamarca, ele chegou a fazer um jogo parelho, mas acabou sucumbindo ao adversário, que venceu por 4 a 2, com parciais de 11/8, 8/11, 11/3, 11/7, 7/11 e 11/9.

Pelo último jogo do Brasil de simples hoje, Eric Jouti (103º) era a esperança, mas ele também foi derrotado por 4 a 2. O adversário foi o croata Tomislav Pucar (73º), que vence por parciais de 11/6, 11/7, 8/11, 7/11, 11/7 e 11/6.

Jogos de duplas

Duas duplas brasileiras atuaram nesta tarde na Hungria. Mas, parecia que a maré de azar estava mesmo presente. Primeiro, Vitor Ishiy e Eric Jouti enfrentaram os poloneses Marek Badowski e Patryk Zatowka. O jogo foi muito equlibrado, mas no tie-break a dupla europeia venceu, em parciais de 6/11, 11/8, 11/6, 10/12 e 12/10.

Em seguida, Cazuo Matsumoto e Thiago Monteiro também perderam por 3 sets a 2, após estarem vencendo por 2 a 1. As parciais foram de 11/8, 5/11, 3/11, 11/8 e 11/9.

Mais em Tênis de Mesa