Siga o OTD

Surfe

Tati vai às quartas na França e Michael Rodrigues se garante no CT

WSL/Masurel

Tatiana Weston-Webb vai para as quartas do feminino e Michael Rodrigues se garante no CT 2019 ao avançar para o round 4 da etapa da França.

As condições do mar não foram das melhores nesta quinta-feira (11) em Culs Nus, Hossegor, França. O mar estava baixo e, em alguns momentos, com bastante correnteza. No entanto, a WSL pretende finalizar o campeonato em ótimas condições no sábado e precisava colocar algumas baterias na água para que a competição andasse. Sendo assim, o round 3 feminino deu as caras e, repleto de zebras, teve as líderes sendo eliminadas precocemente e a brasileira Tatiana Weston-Webb se garantindo nas quartas de final. Posteriormente, o masculino entrou em ação com as cinco baterias restantes do round 3 e o único brasileiro a competir, Michael Rodrigues, passou e carimbou sua vaga na elite em 2019. A próxima chamada do evento acontece às 3h desta sexta-feira (12). Assista ao vivo aqui!

Tati volta às quartas após duas etapas em 9º

A primeira alegria brasileira do dia veio com Tatiana Weston-Webb (3ª). A surfista, que já não possui mais chances de título mundial, tenta o feito de terminar a temporada na melhor posição da carreira, superando o 4º lugar de 2016. E hoje, ela deu um grande passo para isso. Em uma bateria tensa contra as australianas Sally Fitzgibbons e Macy Callaghan, Tati demorou a se encontrar, mas quando se achou pegou uma onda atrás da outra, foi trocando as notas e superando suas adversárias. Ela mostrou um surfe muito forte e plástico, como sempre. É interessante destacar que o lado da chave de Tati está muito favorável, na teoria. Confira:

Michael Rodrigues carimba vaga no CT 2019

Único brasileiro a competir na categoria masculina nesta quinta-feira (11), Michael Rodrigues teve motivos de sobra para comemorar. Se não bastasse vencer um rival direto na briga pelo top-22 e com quem teve um desentendimento ontem (porque um queria cair na água e o outro não devido às condições), ele garantiu sua vaga no CT 2019.

Michael Rodrigues em ação na etapa da França 2018. Foto: WSL/Poullenot

A bateria contra o havaiano Ezekiel Lau foi ditada pelo brasileiro do início ao fim. Michael apostou nos aéreos e manteve sua estratégia até o final. Afinal, as ondas eram baixas e era a melhor saída, realmente. Como o havaiano não tinha tanta progressividade, ficou até fácil para Michael, que pôde comemorar emocionado a manutenção de sua vaga na elite para o ano que vem. Tem futuro!

O peso do título mundial atrapalha Stephanie e Lakey

As contas para a australiana Stephanie Gilmore ser campeã na França ou para Lakey Peterson diminuir a vantagem eram feitas por todos. Mas, com certeza, ninguém do mundo inteiro esperava que as duas fossem fazer o pior resultado do ano logo em uma etapa tão importante. Ninguém cogitava que as duas melhores do planeta perdessem em um quase sempre tranquilo round 3. Mas, aconteceu.

Stephanie Gilmore em ação na etapa da França 2018. Foto: WSL/Poullenot

Primeiro foi a Stephanie Gilmore que caiu na água. Ela encarou a 12ª e a 13ª colocada do ranking, Malia Manuel (HAV) e Courtney Conlogue (EUA). A líder não se encontrou na bateria. Durante toda a disputa, ela se manteve atrás e somente a 2 minutos do final, conseguiu um 8.27. Mas, aí já era tarde e por 0.06 perdeu. Depois, em entrevista, Stephanie chorou e disse que nunca sentiu tanto o peso de um título em seus ombros.

Por sorte, para Gilmore, Lakey também sentiu a pressão. Ela viu a 16ª do mundo, Bronte Macaulay fazer, provavelmente, a melhor bateria de sua vida e a havaiana Coco Ho confirmar a boa fase que vem vivendo no segundo semestre. Na parte final da disputa, Peterson não conseguiu trocar notas e só observou suas adversárias irem trocando uma atrás da outra até a derrota. Era a chance de encostar na Stephanie e a norte-americana deixou escapar por entre os dedos. Decepcionante.

Cenários do título mundial femininio

Para ser campeã mundial na etapa decisiva no Havaí, que acontece entre 25 de novembro e 6 de dezembro, a norte-americana Lakey Peterson precisa vencer o evento e torcer para Stephanie Gilmore ser eliminada no round 2. Se a australiana perder no round 3 e Lakey for campeã haveria um empate em todos os quesitos e, então, uma bateria entre as duas decidiria o título mundial.

Já para Stephanie, a conta é simples. Se ela chegar às quartas de final, conquista o seu heptacampeonato mundial e se torna a mulher mais vencedora da história do esporte, superando sua compatriota Layne Beachley.

Round 3 feminino – Resultados

1: Carissa Moore (HAV) 16.04 x Johanne Defay (FRA) 13.54 x Vahine Fierro (PYF) 9.40
2: Stephanie Gilmore (AUS) 12.54 x Malia Manuel (HAV) 12.60 x Courtney Conlogue (EUA) 13.60
3: Lakey Peterson (EUA) 12.37 x Coco Ho (HAV) 13.34 x Bronte Macaulay (AUS) 13.03
4: Tatiana Weston-Webb (BRA) 14.34 x Sally Fitzgibbons (AUS) 13.17 x Macy Callaghan (AUS) 13.30

Quartas de final feminino

1: Carissa Moore (HAV) x Malia Manuel (HAV)
2: Courtney Conlogue (EUA) x Johanne Defay (FRA)
3: Coco Ho (HAV) x Macy Callaghan (AUS)
4: Tatiana Weston-Webb (BRA) x Bronte Macaulay (AUS)

Round 3 masculino – Resultados

1: Italo Ferreira (BRA) 13.84 x 13.90 Matt Wilkinson (AUS)
2: Conner Coffin (EUA) 10.43 x 10.27 Yago Dora (BRA)
3: Jordy Smith (AFS) 10.50 x 10.30 Ian Gouveia (BRA)
4: Willian Cardoso (BRA) 11.13 x 11.07 Connor O’Leary (AUS)
5: Adrian Buchan (AUS) 11.14 x 15.20 Adriano de Souza (BRA)
6: Filipe Toledo (BRA) 16.60 x 16.80 Ryan Callinan (AUS)
7: Gabriel Medina (BRA) 11.33 x 8.37 Wiggolly Dantas (BRA)
8: Michael Rodrigues (BRA) 13.53 x 11.16 Ezekiel Lau (HAV)
9: Mikey Wright (AUS) 11.53 x 10.90 Joel Parkinson (AUS)
10: Kolohe Andino (EUA) 6.77 x 8.06 Patrick Gudauskas (EUA)
11: Griffin Colapinto (EUA) 12.33 x 12.70 Sebastian Zietz (HAV)
12: Julian Wilson (AUS) 13.53 x 10.36 Joan Duru (FRA)

Round 4 masculino

1: Matt Wilkinson (AUS) x Conner Coffin (EUA) x Jordy Smith (AFS)
2: Willian Cardoso (BRA) x Adriano de Souza (BRA) x Ryan Callinan (AUS)
3: Gabriel Medina (BRA) x Michael Rodrigues (BRA) x Mikey Wright (AUS)
4: Patrick Gudauskas (EUA) x Sebastian Zietz (HAV) x Julian Wilson (AUS)

AGENDA DO DIA

fev 17 05:00 ITF de Sharm El Sheikh Laura Pigossi (BRA) Anna Morgina (RUS) fev 17 06:00 Aberto Europeu de Roma de judô 81kg Leandro Guilheiro fev 17 06:30 Copa Brasil de Marcha Atlética 50km fev 17 07:00 Campeonato Alemão de futebol feminino Borussia Moechengladbach Sand fev 17 07:00 Etapa de Baku da Copa do Mundo de ginástica trampolim Individual feminino – Final fev 17 07:00 Copa da Rainha Atlético de Madrid Barcelona fev 17 07:00 Torneio Strandja de boxe Jucielen Romeu (BRA) Irma Testa (ITA) fev 17 08:00 Torneio Strandja de boxe Lovlina Borgohain (IND) Beatriz Soares (BRA) fev 17 08:30 Campeonato Italiano de futebol feminino Juventus (ITA) Milan fev 17 08:30 Seletiva para o Mundial de tiro com arco paralímpico fev 17 08:45 Copa do Mundo de tiro esportivo paralímpico em Al Ain Carabina deitada 50m mista R9 Alexandre Galgani fev 17 09:00 Etapa de Fortaleza do Circuito Brasileiro Sub-19 de vôlei de praia fev 17 09:00 Etapa de Baku da Copa do Mundo de ginástica trampolim Trampolim Sincronizado – Final fev 17 09:30 Copa da Dinamarca de futebol feminino Sundby Fortuna Hjorring fev 17 10:00 Torneio Strandja de boxe Wanderson Oliveira (BRA) Harrison Garside (AUS) fev 17 10:45 Campeonato Francês de futebol feminino PSG Fleury 91 fev 17 11:00 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase Minas Tênis Clube Sesc-RJ fev 17 11:30 Torneio Strandja de boxe Rashida Ellis (EUA) Beatriz Ferreira (BRA) fev 17 13:00 Campeonato Italiano de vôlei feminino Scandicci (ITA) Monza (ITA) fev 17 13:00 Campeonato Italiano de vôlei feminino Scandicci (ITA) Monza (ITA) fev 17 13:00 Torneio Strandja de boxe Douglas Andrade (BRA) Ramon Quiroga (ARG) fev 17 15:30 Champions League de handebol masculino Barcelona (ESP) IFK Kristianstad (SUE) fev 17 18:00 Torneio Strandja de boxe Abner Teixeira (BRA) Ramazan Muslimov (UCR)

Mais em Surfe