Siga o OTD

Surfe

Gabriel Medina e Mineirinho são eliminados e sobram só dois brasileiros em Pipeline

Os dois últimos campeões mundiais e principais nomes do surf brasileiro foram eliminados precocemente na etapa de Pipeline, no Havaí, a última da temporada 2016 da Liga Mundial de surfe. Tanto Gabriel Medina quanto Adriano de Souza, o Mineirinho, foram derrotados nas baterias que disputaram pela terceira fase e estão fora da disputa. Os dois não foram os únicos surfistas do país a serem eliminados. Dos nove que iniciaram a competição, sobraram apenas Filipe Toledo, o Filipinho, e Alex Ribeiro.

Depois de dois dias de paralisação causados pelas condições do mar, a etapa de Pipeline foi retomada neste domingo. A disputa começou pela repescagem. Nesta fase, Caio Ibelli e Jadson André foram os primeiros brasileiros a cair ao serem eliminados, respectivamente, pelo australiano Ryan Callinan e pelo americano Nat Young.

Mineirinho e Wiggolly Dantas também disputaram a repescagem, mas venceram suas baterias e se juntaram a Gabriel Medina, Filipe Toledo, Ítalo Ferreira, Alex Ribeiro e Miguel Pupo, pré-classificados por terem vencido suas baterias no primeiro dia, na terceira fase.

Mas foi aí que começaram os problemas dos surfistas brasileiros. O único a se classificar para a próxima fase, Filipe Toledo, eliminou o compatriota Wiggolly Dantas. Nas outras baterias, todos foram eliminados. Miguel Pupo caiu para o australiano Joel Parkinson, Ítalo Ferreira foi derrotado pelo taitiano Michel Bourez, Gabriel Medina perdeu para Ryan Callinan e Mineirinho não conseguiu passar por Nat Young.

Alex Ribeiro ainda compete pela terceira fase e é a última esperança do país. O paulista da Praia Grande terá pela frente o sul-africano Jordy Smith. A disputa deverá ser retomada na tarde desta segunda-feira. A WSL fará uma nova chamada às 15h30, pelo horário de Brasília (7h30 no Havaí).

Baterias da Repescagem (Segunda Fase)

1: Kolohe Andino (EUA) 12.50 x Gavin Beschen (HAV) 3.60
2: Adriano de Souza (BRA) 14.67 x Bruce Irons (HAV) 11.30
3: Joel Parkinson (AUS) 11.74 x Finn McGill (HAV) 11.00
4: Sebastian Zietz (HAV) 12.76 x Frederico Morais (POR) 8.17
5: Adrian Buchan (AUS) 5.17 x Bede Durbidge (AUS) 8.20
6: Caio Ibelli (BRA) 4.43 x Ryan Callinan (AUS) 12.16
7: Josh Kerr (AUS) 14.50 x Adam Melling (AUS) 7.00
8: Stuart Kennedy (AUS) 2.73 x Kai Otton (AUS) 4.93
9: Conner Coffin (EUA) 15.10 x Jack Freestone (AUS) 13.93
10: Wiggolly Dantas (BRA) 5.93 x Davey Cathels (AUS) 5.90
11: Nat Young (EUA) 11.27 x Jadson Andre (BRA) 6.00
12: Keanu Asing (HAV) 8.26 x Kanoa Igarashi (EUA) 10.50

Baterias da Terceira Fase

1: Matt Wilkinson (AUS) 7.43 x 13.84 Jeremy Flores (FRA)
2: Filipe Toledo (BRA) 10.44 x 4.13 Wiggolly Dantas (BRA)
3: Kolohe Andino (EUA) 10.83 x 10.07 Kai Otton (AUS)
4: Joel Parkinson (AUS) 12.10 x 8.74 Miguel Pupo (BRA)
5: Michel Bourez (TAH) 12.16 x 10.34 Italo Ferreira (BRA)
6: John John Florence (HAV) 15.27 x 9.94 Bede Durbidge (AUS)
7: Gabriel Medina (BRA) 11.43 x Ryan Callinan (AUS) 15.34 
8: Sebastian Zietz (HAV) 2.94 x Josh Kerr (AUS) 7.33 
9: Adriano de Souza (BRA) 3.34 x Nat Young (EUA) 8.00 
10: Julian Wilson (AUS) 3.60 x Kanoa Igarashi (EUA) 7.50 
11: Kelly Slater (EUA) 15.27 x Conner Coffin (EUA) 15.20
12: Jordy Smith (AFS) x Alex Ribeiro (BRA) 

Baterias da Quarta Fase

1: Jeremy Flores (FRA) x Filipe Toledo (BRA) x Kolohe Andino (EUA)
2: Joel Parkinson (AUS) x Michel Bourez (TAH) x John John Florence (HAV)
3: Ryan Callinan (AUS) x Josh Kerr (AUS) x Nat Young (EUA)
4: Kanoa Igarashi (EUA) x Kelly Slater (EUA) x Alex Ribeiro (BRA) ou Jordy Smith (AFS)

 

Mais em Surfe