Siga o OTD

Surfe

Final do Brasileiro já tem roteiros definidos para os atletas

Terceira e decisiva etapa do circuito será na Praia Grande, em Ubatuba, e no próximo final de semana com disputas no feminino e masculino

Hizunome Bettero, tricampeao paulista de surfe
O tricampeão paulista Hizunomê Bettero (Munir El Hage)

A terceira e decisiva etapa do Circuito Brasileiro de Surfe Profissional já tem as baterias e cronogramas definidos. A competição está marcada para o final de semana de sábado (7) e domingo (8), na Praia Grande de Ubatuba, tradicional picos no litoral norte de São Paulo.

A decisão do Brasileiro de surfe começa às 8 horas com os dois primeiros rounds masculinos e na sequência a estreia da feminina. O primeiro dia ainda contará com três baterias da terceira fase dos homens.

+DETALHES DAS BATERIAS E MAIS INFORMAÇÕES

Artur Siva, no Brasileiro de Surfe
Artur Siva (Marcio David)

Os campeões nacionais da temporada 2019 serão conhecidos no domingo, uma vez que os tops do ranking competem no dia decisivo: as mulheres a partir do segundo round e os homens no terceiro.

A líder da feminina, Taís Almeida, de Saquarema/RJ, está escalada logo para a primeira bateria, prevista para as 9h40 de domingo. O número 1 do masculino, Artur Silva, de Fortaleza/CE, entra na quinta bateria, por volta das 8h20.

Destaques do Brasileiro de surfe

O primeiro dia do evento contará com boas apresentações. Entre as mulheres, nomes como Suelen Naraísa, uma das mais experientes atletas em atividade no Circuito ao lado de Taís, junto com promessas como Nairê Marquez e Kiany Cristina, todas competindo “em casa”. Outro nome de ponta no round 1 será a paranaense Jéssica Bianca.

Tais Almeida, no Brasileiro de Surfe
Tais Almeida (Marcio David)

Na categoria masculina situação bem semelhantes, como atletas com grande vivência e competindo em sua cidade, como Hizunomê Bettero, que nessa mesma praia, no último dia 24 faturou o tricampeonato paulista.

Outro nome experiente que se aventura já até na master é Gilmar Silva, de Guarujá. A lista inclui o paraibano Samuel Igo e atletas que se destacam no QS, como Victor Bernardo e Eduardo Motta, mais dois talentos guarujaenses.

A nova geração estará representada com talentos locais como Ryan Kainalo, campeão brasileiro sub14, Diego Aguiar, Gabriel Klaussner.

Até o momento são 67 atletas confirmados, de 11 estados, sendo 48 competidores na disputa masculina do Brasileiro de surfe. No total, serão R$ 80 mil em premiação, divididos igualmente para o masculino e o feminino. As finais serão realizadas das 13h40 às 14h30.

Naire Marquez, surfe feminino
Naire Marquez (Foto Smorigo)

Vale lembrar que a CBSurf já definiu os campeões brasileiros de base de 2019, com São Paulo faturando três títulos individuais, entre os mais novos, e por equipes. Ryan Kainalo levou a sub14, enquanto que Sophia Medina e Caio Costa na sub16. Entre os mais velhos, Júlia Duarte, do Rio de Janeiro, e Heitor Mueller, de Santa Catarina, ergueram os troféus de melhores do ano no surfe.

Mais em Surfe