Siga o OTD

Surfe

Caio Ibelli elimina John John Florence, mas cai na final e é vice-campeão em Bells Beach

Caio Ibelli foi o grande nome do Brasil na etapa de Bells Beach do Mundial de surfe. Depois de eliminar o português Frederico Morais nas quartas-de-final e o atual campeão mundial, John John Florence, na semifinal, faltou pouco para ele conquistar o título. Na decisão, ele acabou derrotado pelo sul-africano Jordy Smith numa disputa extremamente equilibrada.

O brasileiro conseguiu duas boas ondas, teve uma nota 7,83 e outra 9,63, chegando a 17,46 no somatório, mas acabou superado por Jordy Smith, que teve 9,77 e 9,13, chegando a 18,90.

Para chegar à decisão, Caio Ibelli derrotou John John Florence numa disputa ainda mais equilibrada. O brasileiro somou 17,63, 0,20 a frente do havaiano campeão do mundo. Já Jordy Smith superou o novato Ezekiel Lau por 15,63 a 15,17.

Antes, nas quartas-de-final, Caio Ibelli derrotou o português Frederico Morais, responsável pela eliminação de Gabriel Medina da competição, por 16,00 a 14,50. Outros dois brasileiros participaram desta fase, mas Filipe Toledo foi eliminado por Ezekiel Lau, enquanto Adriano de Souza perdeu para Jordy Smith. Já John John Flores passou por Mick Fanning por 16,70 a 15,77.

Quem também esteve em ação no último dia de disputas da etapa de Bells Beach do Mundial de surfe foi Wiggolly Dantas, que acabou sendo eliminado por Adriano de Souza na quinta fase.

A grande decepção foi mesmo a eliminação de Gabriel Medina. Depois de cair na segunda fase em Margaret River, o campeão mundial de 2014 não conseguiu passar da terceira em Bells Beach.

Medina deu a pinta de que a história seria diferente em Bells Beach ao vencer com autoridade a bateria de estreia contra Stuart Kennedy e Leonardo Fioravanti, mas, na terceira rodada, acabou caindo para o português Frederico Morais. Numa bateria com poucas ondas, os dois perderam tempo disputando espaço no começo e, no final, o europeu acabou fazendo melhores escolhas e acabou vencendo o brasileiro por 13,94 a 13,57.

Além de Gabriel Medina, eliminado na terceira fase, caíram fora na segunda, Samuel Pupo, Jadson André, Ian Gouveia e Miguel Pupo.

Com os resultados da etapa, John John Florence (HAV) lidera o Mundial de surfe com 23.000 pontos, seguido por Jordy Smith (AFS) com 19.200 e Owen Wright (AUS) com 19.200. O melhor brasileiro é Adriano de Souza, quarto colocado, com 14.400, Filipe Toledo é o sexto com 12.200 e Caio Ibelli subiu 12 posições para ser o sétimo colocado do ranking. Gabriel Medina caiu para 11o. com 8.750 pontos, Ítalo Ferreira, que está machucado e participou apenas da primeira etapa, soma 6.200 e é o 22o., Wyggolly Dantas é o 23o. com 5.000, Miguel Pupo está em 24o. com 4.000, mesma pontuação de Ian Gouveia. Jadson André está em 29o. com 2.750, Jesse Mendes é o 33o. com 1.750 e Samuel Pupo ocupa o 39o. lugar com 500.

Mais em Surfe