Siga o OTD

Skate

Pamela Rosa vence Street League em Londres; Rayssa é 3ª

Pamela Rosa conquistou sua primeira vitória na Street League; Rayssa Leal, de onze anos, ficou em terceiro e Leticia Bufoni terminou em quarto, mesma colocação de Kelvin Hoefler no masculino

A brasileira Pamela Rosa foi a campeã da etapa de Londres de Street League de skate. Quem também se destacou na final deste domingo (26) foi a jovem Rayssa Leal, de apenas onze anos, que ficou com a terceira colocação.

A outra brasileira na final, Leticia Bufoni, ficou logo atrás, na quarta colocação, a apenas 0,1 ponto de Rayssa Leal. Em segundo lugar ficou a australiana Hayley Wilson, também somente um décimo de ponto atrás da campeã Pamela Rosa.

No masculino, Kelvin Hoefler disputou a final e ficou em quarto lugar com a mesma pontuação do terceiro, o australiano Shane O’Neill, mas atrás nos critérios de desempate. Ambos marcaram 34,8 pontos. O campeão foi o fenômeno Nyjah Houston, dos Estados Unidos, com 36,7, seguido pelo português Gustavo Ribeiro com 35,9.

Foi nada menos do que a 20 vitória de Nyjah Houston em 35 etapas já disputadas até aqui na Street League.

“Feliz, Feliz”

“Estou muito feliz. Queria agradecer a minha mãe e ao meu irmão. Estou feliz, feliz, muito feliz”, disse logo após vencer. A etapa de Londres foi a primeira valendo na corrida para Tóquio 2020 e também primeira vitória da brasileira na Street League de skate.

O Brasil foi o país que mais colocou competidoras na final feminina da etapa de Londres de Street League. Foram as três de um total de oito. Duas japonesas, uma australiana, uma holandesa e uma representante dos Estados Unidos completaram as finalistas. Confira abaixo a final completa. Começa de fato aproximadamente no minuto 25.

A vitória de Pamela Rosa foi com uma boa dose de emoção. Ela chegou na última manobra liderando a final e optou por uma ação menos ousada. Tirou uma nota cinco, que não entrou na pontuação geral. Hayley Wilson, para passar a brasileira, precisava de um 4,4 e foi para o tudo ou nada. Acabou recebendo um 4,2. Final, 26,3 pontos contra 26,2 a favor da brasileira.

A decisão é disputada em duas etapas. Na primeira as competidoras dão duas voltas na pista e recebem uma nota em cada uma delas. Depois vem o chamado “best trick”, ou seja, elas fazem cinco séries de apenas uma manobra, recebendo uma nota para cada. A somatória final engloba as quatro melhores das sete notas.

Rayssa Leal computou 26 pontos ao final de sua apresentação e, logo atrás dela, Leticia Bufoni marcou 25,9 pontos.

Mais em Skate