Siga o OTD

Site do Handebol

Times de brasileiras avançam para o final four da Champions

Duda Amorim anotou sete gols neste sábado e ajudou o Gyor ETO a passar de fase; Rostov-Don, de Mayssa e Ana Paula, também se classificou

Afastada, Duda Amorim quer título da Champions pelo Gyori
Divulgação Gyor ETO

O Brasil estará representado por três jogadoras no final four da Champions League Feminina de Handebol, competição de clubes mais importante da Europa. A equipe russa do Rostov-Don, de Mayssa e Ana Paula, superou o húngaro FTC, enquanto o húngaro Gyor ETO, de Duda Amorim, passou pelo dinamarquês Odense, neste sábado, no confronto de volta das quartas de finais da competição.

Jogando em casa, o Rostov-Don – que já havia vencido o jogo de ida por 29 a 26 – fez 33 a 22, com surpreendente facilidade sobre o FTC. A goleira Mayssa, quando utilizada, defendeu um dos dois arremessos contra a meta do Rostov-Don na partida. Já a central Ana Paula, voltando de lesão, não foi relacionada para a partida.

Em outro jogo do dia envolvendo brasileira, o Gyor ETO – que já havia vencido o jogo de ida, fora de casa, por 29 a 28 – bateu o Odense por 33 a 21 e segue em busca do tri consecutivo da competição. Duda Amorim foi um dos principais nomes da partida. Além de bastante ativa defensivamente, a armadora-esquerda brasileira anotou sete gols e foi a artilheira do jogo.

O Odense é a equipe da ponta-direita brasileira Jéssica Quintino. A atleta, no entanto, está afastada das quadras por conta da gravidez.

Sem sustos

Tanto Rostov-Don quanto Gyor ETO tiveram os minutos finais do primeiro tempo como momento chave das partidas. Neste período, o Rostov-Don saiu de 7 a 7 aos 15 minutos, para 15 a 9 ao término do primeiro tempo.

Já o Gyor ETO foi além. Após ter 10 a 10 no placar aos 19 minutos de jogo, o time húngaro engatou uma sequência de 12 gols consecutivos, deixando o placar em 22 a 10 no início do segundo tempo.

As vantagens foram suficientes para dar tranquilidade para ambas as equipes, que venceram por mais de dez bolas de diferença.

Duda Amorim, com sete gols, foi a artilheira do confronto entre Gyor ETO e Odense. No jogo entre Rostov-Don e FTC, a holandesa Lois Abbingh fez sete para o time russo e foi a artilheira da partida ao lado da húngara Noemi Hafra, que anotou sete gols para o FTC.

Final four

Além de Gyor ETO e Rostov-Don, os outros dois participantes do final four da Champions League Feminina de Handebol 2018/19 serão definidos na tarde deste sábado. O time norueguês Vipers Kristiansand recebe o montenegrino Buducnost, enquanto o francês Metz joga em casa contra o romeno CSM Bucaresti.

Nos jogos de ida, melhor para Vipers, que venceu por 24 a 19, e Metz, que fez 31 a 26.

O final four está marcado para os dias 11 e 12 de maio, em Budapeste, na Hungria. As últimas três edições tiveram brasileiras levantando o troféu da competição.

Sobre o Autor

Foto de Guilherme Costa

Rodrigo Huk é um jornalista que pratica e acompanha o handebol desde a infância. No Site do Handebol, visa trazer notícias, entrevistas e debates sobre o esporte no Brasil e no mundo.

Mais em Site do Handebol