Siga o OTD

Pólo Aquático

Izabella Chiappini oficializa ida para seleção italiana e se despede em carta

Ela foi eleita a segunda melhor jogadora de Polo Aquático do mundo no último ano e pode ser considerada o principal nome da modalidade no Brasil. Aos 21 anos, Izabella Chiappini decidiu que irá defender a seleção italiana no ciclo olímpico Tóquio 2020.

Izabella Chiappini atua pelo Messina, da Itália, e possui dupla nacionalidade. Vice-artilheira da Liga Nacional Italiana nesta temporada, ela foi convidada pelo clube europeu para representar o país. Passou a treinar com a seleção italiana no fim do último ano sem compromisso. A experiência de sucesso trouxe elogios e culminou na decisão de Izabella.

A estreia de Izabella Chiappini, no entanto, deverá acontecer somente depois de um ano da última partida defendendo o Brasil, que foi em agosto. Ela desfalcará a Itália no Mundial da modalidade.

Nesta quinta a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) divulgou a carta do anúncio da jogadora:

“Venho atraves deste email, comunica-los que infelizmente (pelo menos para mim), não vou mais defender o Brasil em competições internacionais. Fui convidada a defender uma nova bandeira (Itália, ainda não sei se vai dar certo…) mas o projeto que me apresentaram é muito bom, motivante e desafiador.

Aproveito para agradecer, e muito, a tudo que a CBDA fez por mim ao longo destes 7 anos, defendendo as cores do Brasil em diversas, ou melhor, inúmeras competições internacionais. Sem isto jamais chegaria aonde cheguei (convite da Itália), mas ainda tenho muitas ambições com atleta, por isso aceitei esse novo desafio.

Obrigado por tudo, estarei sempre torcendo….

Boa sorte!!

Bjs
Izabella Chiappini”

Mais em Pólo Aquático