Siga o OTD

Pólo Aquático

Sem clubes da PAB, Botafogo vence fácil Sul-Americano e Superliga de pólo aquático

Sem a concorrência dos dez times que fazem parte da liga Pólo Aquático Brasil, o Botafogo mostrou mais uma vez que não tem adversários nos torneios organizados pela CBDA (Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos). Neste domingo, o time carioca levantou dois títulos: do Campeonato Sul-Americano de Pólo Aquático e da Superliga Nacional.

Das principais forças da modalidade no país, o Botafogo, que conta em seu elenco com a base da Seleção Brasileira que disputou a Olimpíada, foi a única a não romper com a CBDA e tem encontrado muita facilidade nos torneios nacionais organizados pela entidade. Na semana passada, foi campeão com folga da Liga Nacional, e disputou nesta semana o Campeonato Sul-Americano de Pólo Aquático.

O torneio aconteceu simultaneamente com o Brasil Open, organizado pela Liga Pólo Aquático Brasil, que foi decidido no sábado com uma partida emocionante e equilibrada que terminou com vitória do Pinheiros por 7 a 6 sobre o Sesi.

Enquanto isso, o Botafogo nadou de braçada no Sul-Americano de Pólo Aquático, que teve ainda como representantes brasileiros a Bauruense (SP), o Iate Clube (DF) e o Minas Brasília (DF), além dos estrangeiros Club Regatas Lima, do Peru, e Club Regatas de Santa Fé, Gymnasia Y Esgrima de Rosário (GER) e o Gymnasia Y Esgrima de Buenos Aires (GEBA), da Argentina.

A estreia do Fogão aconteceu na quinta-feira com uma vitória fácil sobre o GEBA por 22 a 8. Na sexta, o Botafogo massacrou o Regatas Santa Fé por 23 a 5 e o Minas Brasília por 20 a 1. Na semifinal, sábado, o Alvinegro não deu chances para o GER e venceu por 12 a 2. E, na final, neste domingo, bateu a Bauruense por 16 a 3, todos jogos vencidos com extrema facilidade. Conforme acordo entre os finalistas, o jogo valeu pela final do Sul-Americano e também como 2º jogo da SuperLiga Nacional. Como tinha vencido o primeiro jogo por 19 a 3, o Botafogo ficou também com este título.

O artilheiro do Sul-Americano de Pólo Aquático foi o canhoto húngaro Botond Szabo, touca nº 10 da Baurense, 24 anos, campeão mundial junior em 2007 pela Hungria. Ele foi autor do gol inicial da decisão. Jonas Crivella, #2 do Botafogo e integrante da seleção brasileira nos Jogos Rio 2016, fez o mesmo nº de gols de Szabo, 16, e foi considerado o melhor jogador do torneio. Já o premiadíssimo Slobodan Soro, sérvio de nascimento e naturalizado brasileiro, foi o melhor goleiro. Soro estava muito feliz ao fim do jogo. “Este é um caso histórico. Sou o primeiro jogador campeão da Liga Europeia, por duas vezes, e agora da Liga Sul-Americana”.

O argentino Gynasio Y Esgrima, de Rosário, conquistou a medalha de bronze ao vencer o também argentino Santa Fé por 7 a 6. Nos outros jogos do dia, o Iate Clube de Brasília venceu o também brasiliense Minas Brasília Aquapro por 4 a 1 e garantiu o 7º lugar. Na disputa da 5ª posição, vitória do Regatas Lima, do Peru, sobre o Gynasio Y Esgrima, de Buenos Aires, o Geba, por 14 a  13.

Todos os resultados do Campeonato Sul-Americano de Pólo Aquático

24/11/2016 – Quinta-feira

GER 9×11 Bauruense (1×4;3×0;2×4;3×3)
IATE 4×7 Regatas Lima (1×1;1×2;1×3;1×1)
Regatas Santa Fe 8×5 Minas Brasilia Aquapro (1×1;5×1;1×1;1×2)
Botafogo 22×8 GEBA (6×3;6×2;3×2;7×1)

25/11/2016 – Sexta-feira
09:00 GER 8×7 IATE (1×2;2×2;1×0;4×3)
10:15 GEBA 10×5 Minas Brasilia Aquapro (5×1;4×1;1×1;0x2)
11:30 Botafogo 23×5 Regatas Santa Fe (5×0; 5×3; 7×1; 6×1)
12:45 Bauruense 16×9 Regatas Lima (4×0;4×3;4×2;4×4)
—-
17:00 GEBA 8×10 Regatas Santa Fe
18:15 GER 9×5 Regatas Lima
19:30 Bauruense 7 x 6 IATE
20:45 Botafogo 20×1 Minas Brasilia Aquapro
—-
26/11/2016 – Sábado
15:00 Sf 5o a 8o – Regatas Lima 11 x 5 Minas Aquapro
16:15 Sf 5o a 8o – GEBA 16 x 4 IATE
17:30 Semi-final – Bauruense 7 x 6 Regatas Santa Fé
18:45 Semi-final – Botafogo 12 x 2GER
—–
Domingo
8:30 7o e 8o Minas 1 x 4 IATE
9:45 5o e 6o Regatas Lima 13 x 12 GEBA
11:00 3o e 4o Regatas Santa fé 6 x 7 GER
12:15 Final Bauruense 3 X 16 Botafogo

Mais em Pólo Aquático