Siga o OTD

Paralímpicos

Campeonato Brasileiro de bocha premia últimos campeões do ano

Entre os dias 14 e 16 de novembro, o Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, sediou o Campeonato Brasileiro de Bocha Paralímpica. A última competição do ano da modalidade contou com 79 atletas de 37 clubes de todas as regiões do país.

A competição por Pares e Equipes começou dia 14 e teve finais na manhã do dia 15. Foram 7 times em cada uma das 3 classes, formados de acordo com as colocações dos campeonatos regionais: leste, norte, sul, nordeste, centro-oeste, sudeste 1 e sudeste 2.

No par BC3, em terceiro lugar ficou a região sul com o time formado por Richardson Rocha e sua calheira Adriana Rocha, Deolinda Fernandes e sua calheira Judith do Nascimento e Fernando Wolfran e sua calheira Marlete Wolfran. A medalha de prata ficou com a região sudeste 2, formada por Maria Isabel Silva e sua calheira Bianca Bargas, Evani Calado e sua calheira Renata Silva, completando com Rubens de Oliveira Junior e seu calheiro. O ouro foi da região sudeste 1, formada por Evelyn Oliveira e seu calheiro Roberto Ferreira, Débora Bargas de Jesus e sua calheira Fernanda Bargas, Danilo Xavier Santos e seu calheiro Erick Santiago.

No par BC4, medalha de bronze para a região centro-oeste: Leonardo Caroni, Pedro Henrique Silva e Ercileide Laurinda da Silva. Em segundo lugar, a região sudeste 2, formada por Lucas Marques de Carvalho, Alcides Castro Domingues e Josiane Batista da Silva. A medalha de ouro foi para a região sul com o aniversariante do dia, Eliseu dos Santos, ao lado de seu irmão Marcelo dos Santos e Rosângela Angewicz.

Na equipe BC1/BC2 o bronze foi para a região nordeste: Andreza Vitoria de Oliveira, Paulo Renato Noronha, Alexandre Silva, Alvarim Marinho Cesar e Iuri Tauan Silva. Em segundo lugar, a Equipe da região centro-oeste: Andre Luis Barrosos Filho, José Carlos Chagas de Oliveira, Eduardo dos Santos Vasconcelos, Cristiano Pereira Silva e Mariana Ramos da Silva. Os campeões foram da região sudeste 2: Luana Santos Batista, Suellen Ribas Araujo, Maciel de Sousa Santos, Igor Andre Costa e Vladimir Moreira.

Com jogos bem equilibrados, a competição individual começou dia 15 e terminou dia 16. Foram 12 quadras com jogos simultâneos e não faltou emoção.

Na classe BC1, Paulo Renato Noronha (FUNAD/PB) venceu José Carlos Chagas (ADEFU/MG) na final e ficou com o ouro. A disputa do brinze foi entre Vitórias: Andreza Vitória (UFPE/PE) superou Vitória Ciriaco (Otimismo/RJ).

Na classe BC2, não houve surpresas e Maciel Santos (ADMC/SP) conquistou o Brasileiro pela 15ª vez, vencendo Cristiano Pereira (APARU/MG). O bronze ficou com Guilherme Martins França (ADMC/SP) que venceu Eduardo Vasconcelos (CETEFE/DF).

Na classe BC3, veio a repetição da final de 2018, com resultado diferente. Evani Calado e sua calheira Renata Silva (APTS/SP) confirmaram a boa temporada de 2019, ficando com a medalha de ouro ao vencer Mateus Carvalho e seu calheiro Oscar Carvalho (CDDU/MG). O bronze ficou com Débora Bargas e sua calheira Fernanda Bargas(APBS/SP), que venceram Danilo Xavier Santos e seu calheiro Erick Santiago (APTS/SP).

Na classe BC4, a final foi entre colegas de seleção brasileira, Eliseu dos Santos (ADFP/PR) e Ercileide Laurinda (ADEFU/MG). Eliseu venceu a partida. O bronze foi para Leonardo Caroni (ADEFU/MG) que venceu Marcelo dos Santos (APP/PR).

Na decisão final por clubes, o troféu de campeão ficou com a ADMC/SP, a prata com APTS/SP e empate na 3º colocação entre FUNAD/PB e ADFP/PR.

Mais em Paralímpicos