Siga o OTD

Paralimpíada

Paranaense é tricampeão do Brasileiro paralímpico

Marcelo Marton faturou o ouro na prova rifle de ar em pé 10m na principal competição nacional da modalidade. As disputas seguem até o domingo, 2, no Centro Militar de Tiro Esportivo, em Deodoro

Neste sábado, 1º, o paranaense Marcelo Marton se consagrou tricampeão brasileiro na prova R1 – Rifle de ar em pé 10m SH1 com 240,5 pontos. O Campeonato Brasileiro paralímpico de Tiro Esportivo acontece no Centro Militar de Tiro Esportivo, em Deodoro, no Rio de Janeiro, e conta com a participação de 40 atletas de seis Estados: Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. As provas seguem até o domingo, 2.

Marcelo Marton, 47, garantiu a liderança da prova R1- Rifle de ar em pé SH1 desde o começo, total de 240,5 pontos. O gaúcho Sandro Santorum buscou a vitória tiro após tiro, mas terminou a disputa em segundo lugar com 230,4 pontos. O paranaense Carlos Garletti completou o pódio em terceiro lugar com 206,2 pontos.

Na tarde deste sábado, Marcelo ainda disputará a prova R3 – Rifle deitado misto 10m SH1, prova na qual conquistou a medalha de ouro no Aberto Internacional de Tiro Esportivo, em Cali, na Colômbia, em novembro, e garantiu a vaga para os Jogos Parapan-Americanos de Lima 2019.

“A prova R3 não é a minha especialidade, mas estou focado nela porque é a que disputarei no Parapan. Espero que venha mais uma medalha”, disse o atleta que ficou paraplégico após ser atingido por um tiro acidental aos 18 anos.

Ao chegar no aeroporto do Rio de Janeiro, na quinta-feira, Marton descobriu que suas malas não foram embarcadas e por isso perdeu a prova P1 – pistola de ar 10m SH1 realizada nesta sexta-feira, 30. “Achei que não ia conseguir competir hoje, porque as minhas malas, inclusive a das armas, não foram embarcadas pela companhia aérea para o Rio. As bagagens chegaram a tempo de disputar hoje, mas perdi a prova de pistola de ontem”, comentou o atleta.

Débora Campos segue nos pódios do Campeonato Brasileiro de Tiro Esportivo mesmo em fase de recuperação das cirurgias nos ombros. Desta vez a atleta faturou o bronze na prova P3 – Pistola mista 25m SH1. O grande campeão foi gaúcho Geraldo Rosenthal, seguido pelo paranaense Sergio Vida em terceiro. Nesta sexta, 30, Débora conquistou o ouro na P1 – Pistola de ar 10m SH1.

O Brasileiro de Tiro Esportivo encerra o calendário nacional da modalidade e é a competição com maior atribuição de pontos para o ranking brasileiro. O evento é organizado pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), e o ranking nacional serve como base para bolsas da próxima temporada.

No próximo ano, além dos Jogos Parapan-Americanos, haverá a disputa do Campeonato Mundial de Tiro Esportivo. A competição está prevista para outubro de 2019, em Sydney, na Austrália.

Confira abaixo os resultados deste sábado, 1:

R1 – Rifle de ar 10m SH1 masculino
1º lugar – Marcelo Marton
2º lugar – Sandro Santorum
3º lugar – Carlos Garletti

R2 – Rifle de ar 10m SH1 feminino
1º lugar – Rosana Urbieta
2º lugar – Clenilza Gonçalves
3º lugar – Silvia Martines

P3 – Pistola mista 25m SH1
1º lugar – Geraldo Rosenthal
2º lugar – Sergio Vida
3º lugar – Débora Campos

Mais em Paralimpíada