Siga o OTD

Olimpíada

Com Clodoaldo Silva, eMuseu abre 2ª temporada de exposições

“Tubarão Paralímpico” é um dos destaques da nova exposição colaborativa no museu virtual do esporte brasileiro

Clodoaldo Silva - eMuseu - esporte brasileiro
Clodoaldo Silva, o Tubarão Paralímpico (Divulgação)

O campeão Clodoaldo Silva, conhecido como Tubarão Paralímpico, é um dos destaques da segunda temporada de exposições colaborativas do eMuseu do Esporte. A abertura acontece nesta sexta-feira (22) e os visitantes terão até o dia 4 de junho para acessar o site do eMuseu para conhecer melhor a trajetória esportiva dos heróis do esporte brasileiro.

Além de Clodoaldo Silva, a segunda temporada do eMuseu do esporte conta com nomes como Camila Bombana, do arco e flecha, Yanca Costa, do surfe, e Verônica Almeida, nadadora. Entidades esportivas também fazem parte da ação. O Serviço Social da Indústria de São Paulo (SESI-SP) e a Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef), apresentarão histórias de superação e garra dos seus atletas.

+Conheça os esportes disputados nos Jogos da Grécia Antiga

Ao todo, o eMuseu do esporte terá oito museus virtuais permanentes, que serão lançados em junho de 2020, em uma plataforma 3D. Dentre eles estão: Enel, e das entidades esportivas; CBB (Confederação Brasileira de Basquete); CBCa (Confederação Brasileira de Canoagem; CBTM (Confederação Brasileira de Tênis de Mesa); CBEM (Comitê Brasileiro do Esporte Maste); CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro); Museu Galeria Olímpica; Exército e a Marinha juntos no eMuseu do Desporto Militar. Esses espaços terão um tour virtual com exposição de acervos digitais inéditos, possibilitando experiências imersivas aos participantes.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, NO INSTAGRAM E NO FACEBOOK

Além disso, será lançado, ao mesmo tempo, um portal do eMuseu do esporte. Nele, os fãs do esporte, atletas, ex-atletas, entidades esportivas e demais interessados poderão criar perfis, como em uma rede social, e compartilhar, assim, seus acervos pessoais.

Sobre o eMuseu

O museu virtual surge para registrar a memória do esporte brasileiro e seu legado, de forma inovadora e colaborativa. Todo o material faz parte do acervo pessoal de fãs, atletas e ex-atletas, além de entidades esportivas. O site conta com navegação em 3D, proporcionando, assim, uma experiência mais interativa ao internauta, com visita guiada ao museu.

Mais em Olimpíada