Siga o OTD

Natação

Brasil conquista cinco medalhas no segundo dia do SetteColli

Foto: Satiro Sodré/ SSPress/CBDA

Luiz Altamir conquista o ouro, Brandonn Almeida, Guilherme Costa, Bruno Fratus e João Gomes Júnior levam a prata e Pedro Sparaji fica com o bronze no segundo dia do SetteColli

Nas finais do segundo dia de competições do SetteColli de natação, o Brasil conseguiu quatro medalhas neste sábado (30), na Itália. Luiz Altamir ficou com a medalha de ouro nos 200m borboleta, Bruno Fratus nos 100m livre, Brandonn Almeida, nos 400m medley, Guilherme Costa, nos 800m livre, e João Gomes Júnior, nos 50m costas, ficaram com a prata e Pedro Sparaji, também nos 100m livre, foi bronze.

Nos 200m borboleta, Luiz Altamir conseguiu melhorara seu tempo em cerca de um segundo e meio, terminando a final com a marca de 01:55:83, ficando com a medalha de ouro para o Brasil.

O homem-recorde da Natação do Brasil atacou novamente. Guilherme Costa, o Cachorrão, que já havia batido o recorde Sul-Americano dos 800m livre nesta temporada, durante o Troféu Brasil, estabeleceu uma nova marca neste sábado ao completar a prova com o tempo de 7m50s92.

Nos 400m medley, Brandonn Almeida melhorou seu tempo em mais de três segundos, em relação ao tempo da classificatória, terminando a prova em 4:15:51, atrás somente de David Verraszto, da Hungria, que fez a marca de 04:11:98, deixando o brasileiro com a medalha de prata.

Nos 50m costas, João Gomes Júnior conseguiu fazer diferente do primeiro dia de finais no SetteColli. O brasileiro, que no primeiro dia do torneio quando foi quinto colocado nos 100m, terminou a prova deste sábado (30), na segunda colocação, com o tempo de 27.00, ficando com a prata.

Nos 100m livre masculino, a final com mais brasileiros até então, vieram duas medalhas. Bruno Fratus, que foi prata nos 50m, repetiu o feito ao terminar a prova deste sábado com o tempo de 48.58s, atrás somente de Alessandro Miressi, da Itália, que terminou com a marca de 48.25s. Pedro Sparaji fechou o pódio, com o tempo de 48.72s, ficou com o bronze. Marcelo Chierighini não conseguiu repetir a marca das preliminares e acabou a final na sétima colocação, com 49.49s.

Sem medalhas no feminino

No feminino, Dainara de Paula não teve uma boa prova nos 100m costas. única brasileira na prova, a nadadora terminou com a marca de 59.35s, ficando na sétima colocação. Larissa Oliveira, nos 100m livre, não repetiu a boa prova das preliminares, terminou com o tempo de 54.93s, também na sétima colocação.

Mais em Natação