Siga o OTD

Pan 2019

Argentina medalhista no Pan disputa o José Finkel

Julia Sebastián nada pelo Minas. Em Lima ela foi prata nos 100 peito e bronze nos 200 peito, alcançou dois índices A para a Olimpíada de 2020 e ainda quebrou o recorde sul-americano dos 100 peito

Julia Sebastián, natação do Minas Tênis, vai disputar o José Finkel
Sebastián em Lima (Enrique Cuneo/Lima 2019)

A argentina Julia Sebastián se prepara para o Troféu José Finkel, que será realizado entre os dias 3 e 9 de setembro, em Curitiba. Nos Jogos Pan-Americanos de Lima, a nadadora do Minas Tênis Clube foi prata nos 100 peito e bronze nos 200 peito, alcançou dois índices A para a Olimpíada de 2020 e ainda quebrou o recorde sul-americano dos 100 peito.

“Depois de ter nadado o Pan, a semana de treinamentos foi leve, com muito acúmulo de cansaço. Mas agora já estou totalmente recuperada, com mais vontade do que nunca de voltar a competir”, disse Julia Sebastián.

“Vou competir em Curitiba, no Clube Curitibano, em uma piscina nova para mim. Nunca competi nela e acho que isso gera um pouco mais de expectativas. Tomara que seja uma boa competição para a equipe toda do Minas Tênis Clube”, concluiu.

Neste ano, antes do Pan, Julia já havia sido um dos destaques do Troféu Maria Lenk. Nadando pelo Minas Tênis Clube, a atleta conquistou três medalhas individuais (ouro nos 200 peito e bronze nos 50 e 100 peito), conseguiu os índices A para disputar o Pan e quebrou os recordes sul-americano e da competição nos 200 peito em piscina curta, que já pertenciam a ela.

Antes de chegar ao Minas, no início de 2019, Julia defendeu a Unisanta durante sete anos. Entre 2012 e 2016, morou em sua cidade natal, Santa Fé, e vinha ao Brasil duas vezes ao ano para competir pelo clube de Santos (SP). Em 2017, se mudou para o litoral paulista.

Mais em Pan 2019