Siga o OTD
teste

Cazaquistão

COMO CHEGA

Ainda sem conseguir se aproximar das maiores forças do continente, a equipe do Cazaquistão chega ao Japão sem grandes perspectivas de resultados. Sétimo lugar nos dois últimos Campeonatos Asiáticos, disputará o quarto Mundial seguido.
No grupo D da competição, as cazaques devem brigar com Porto Rico e Quênia pela quarta vaga para a segunda fase.

A ESTRELA

Aos 35 anos de idade, Radmila Beresneva é a capitã da equipe cazaque. A ponteira combina habilidades defensivas e ofensivas, sendo peça de equilíbrio para a seleção. No Grand Prix de 2016, esteve entre as maiores pontuadoras e entre as líderes das estatísticas de recepções no vice-campeonato do Cazaquistão no grupo 3 do torneio.

NOS MUNDIAIS

4 Participações

JAP/2006 JAP/2010 ITA/2014 JAP/2018

MELHOR RESULTADO

15°lugar (ITA/2014)

JOGOS NO MUNDIAL 2018