Siga o OTD

Skeet masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Tiro Esportivo – Skeet masculino

Calendário e resultados

De acordo com o calendário oficial dos Jogos Pan-Americanos, as competições de tiro esportivo em Lima 2019 acontecerão entre os dias 8 e 10 de agosto.

Chances do Brasil

Apesar de ter tradição na modalidade, o Brasil ocupa apenas a sétima colocação no quadro geral de medalhas do tiro esportivo. A equipe de tiro ao prato para os desafios na capital peruana é formada por Danielle Gedeon, Fernando Meneghel Mello, Georgia Furquim Bastos, Janice Gil Teixeira, José Carlos Vendruscolo Júnior, Renato Araújo Portela e Roberto Schmits. Mesmo não entrando na competição como grande favorita, expectativa é de que a Seleção Brasileira brigue por vaga nas finais e um lugar no pódio.

Local da competição

Base Aérea de Las Palmas

Local: Surco, Lima

Nossos pódios

Considerando o retrospecto geral do skeet masculino na história dos Jogos Pan-Americanos, o Brasil registra somente uma medalha até aqui. E foi de ouro. Athos Pisoni voltou da Cidade do México 1975 com o título na conta, além de garantir o melhor resultado do país em todos os tempos na categoria.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1951 Pablo Grossi
Argentina Argentina
Fulvio Rocchi
Argentina Argentina
Aroldo Pienovi
Argentina Argentina
1955 Kenneth Pendergras
Estados Unidos EUA
Igor Pezas
Estados Unidos EUA
Jaime Loyola
Porto Rico Porto Rico
1959 Gilberto Navarro
Chile Chile
Juan García
Venezuela Venezuela
Bernard Hartman
Canadá Canadá
1963 Kenneth Sedlecky
Estados Unidos EUA
Juan García
Venezuela Venezuela
Bernard Hartman
Canadá Canadá
1967 Allen Morrison
Estados Unidos EUA
Robert Schuehle
Estados Unidos EUA
Delfín Gómez
Cuba Cuba
1971 Robert Schuehle
Estados Unidos EUA
Anthony Rossetti
Estados Unidos EUA
Servilio Torres
Cuba Cuba
1975 Athos Pisoni
Brasil Brasil
Robert Schuehle
Estados Unidos EUA
Roberto Castrillo
Cuba Cuba
1979 John Satterwhite
Estados Unidos EUA
Mathew Dryke
Estados Unidos EUA
Firmo Roberti
Argentina Argentina
1983 Mathew Dryke
Estados Unidos EUA
Roberto Castrillo
Cuba Cuba
Carlos Zarzar
Chile
1987 Mathew Dryke
Estados Unidos EUA
Allger Mullins
Estados Unidos EUA
Brian Gabriel
Canadá
1991 Guillermo Alfredo Torres
Cuba Cuba
Dean Clark
Estados Unidos EUA
William Roy
Estados Unidos EUA
1995 Servando Puldon
Cuba Cuba
Juan Miguel Rodríguez
Cuba Cuba
Derrick Nixon
Canadá
1999 Juan Miguel Rodríguez
Cuba Cuba
William Roy
Estados Unidos EUA
Clayton Miller
Canadá
2003 Randy Sotowa
Estados Unidos EUA
Guillermo Alfredo Torres
Cuba Cuba
Diego Duarte
Flag of Colombia.svg Colômbia
2007 Vincent Hancock
Estados Unidos EUA
Todd Graves
Estados Unidos EUA
Ariel Flores Gómes
México México
2011 Vincent Hancock
Estados Unidos EUA
Guillermo Alfredo Torres
Cuba Cuba
Juan Miguel Rodríguez
Cuba Cuba
2015 Thomas Bayer
Estados Unidos EUA
Dustin Perry
Estados Unidos EUA
Juan Miguel Rodríguez
Cuba Cuba

Quadro de Medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Estados Unidos EUA 11 10 1 22
2 Cuba Cuba 3 4 5 12
3 Argentina Argentina 1 1 2 4
4 Chile Chile 1 0 1 2
5 Brasil Brasil 1 0 0 1
6 Venezuela Venezuela 0 2 0 2
7  Canadá 0 0 5 5
8 Flag of Colombia.svg Colômbia 0 0 1 1
México México 0 0 1 1
Porto Rico Porto Rico 0 0 1 1

O Esporte

Existem três categorias de tiro esportivo: pistola, carabina e tiro ao prato. Na primeira utiliza-se uma pistola curta, que somente pode ser manuseada com uma mão. Já na segunda usa-se uma carabina longa, com disparo de ar comprimido ou dióxido de carbono. Nas provas de tiro ao prato, o alvo pode ser fixo ou móvel e a distância entre o atirador e o alvo varia de acordo com a arma utilizada.

Tiro ao Prato

Skeet: Os pratos são lançados de casas alta e baixa. Vence quem acertar o maior número de pratos, que podem ser atirados separadamente ou juntos durante o percurso da prova.
Fossa olímpica: O atirador dá dois tiros e tem de acertar um prato.
Fossa dublê: O atleta tem que acertar dois pratos com apenas dois tiros.