Siga o OTD

Pistola de tiro rápido 25m masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Tiro Esportivo – Pistola de tiro rápido 25m masculino

Calendário e resultados

De acordo com o calendário oficial dos Jogos Pan-Americanos, as competições de tiro esportivo em Lima 2019 acontecerão entre os dias 8 e 10 de agosto.

Chances do Brasil

Mesmo não entrando na competição como grande favorito, o Brasil tem atletas importantes na pistola de ar que podem brilhar na capital peruana. Entre janeiro e fevereiro desta temporada, Júlio Almeida voltou de torneio na Holanda com ouro e prata na conta. Além dele, Ana Luiza Lima, Rachel Silveira, Thaís Moura, Émerson Duarte, Philipe Chateubriand e Vladimir Silveira completam a equipe brasileira convocada para o Pan, que deve brigar por pódio na categoria.

Local da competição

Base Aérea de Las Palmas

Local: Surco, Lima

A estrela dos Jogos

Contando os resultados individuais, o cubano Leuris Pupo Requejo conseguiu um feito histórico e inédito no torneio. Com o bicampeonato consecutivo conquistado no Rio de Janeiro 2007 e em Guadalajara 2011, ele se tornou o único atleta a ter duas medalhas de ouro na categoria e ainda não foi alcançado.

Nossos pódios

A pistola de tiro rápido 25m faz parte do programa oficial dos Jogos Pan-Americanos desde a primeira edição, realizada em Buenos Aires 1951. Considerando o retrospecto geral da prova, o Brasil foi ao pódio em duas oportunidades. Fernando Júnior contou com o apoio da torcida e fechou sua participação com a medalha de bronze no Rio de Janeiro 2007. Há quatro anos, Émerson Duarte foi vice-campeão do Pan com o desempenho em Toronto 2015, concretizando também o melhor resultado do país até aqui.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1951 Huelet Benner
Estados Unidos EUA
Enrique Díaz
Argentina Argentina
Oscar Cervo
Argentina Argentina
1955 Carlos Sánchez
Argentina Argentina
William McMillan
Estados Unidos EUA
John Forman
Estados Unidos EUA
1959 David Cartes
Estados Unidos EUA
Aubrey Smith
Estados Unidos EUA
Guillermo Cornejo
Peru Peru
1963 Cecil Wallis
Estados Unidos EUA
Lawrence Mosely
Estados Unidos EUA
Manuel Fernández
Estados Unidos EUA
1967 William McMillan
Estados Unidos EUA
Alirio Maya
Colômbia Colômbia
Edward Teague
Estados Unidos EUA
1971 Victor Castellanos
Guatemala Guatemala
Alirio Maya
Colômbia Colômbia
Arturo Costa
Cuba Cuba
1975 Melvin Makin
Estados Unidos EUA
Jules Sobriam
Canadá
James McCauley
Estados Unidos EUA
1979 Juan Hernández
Cuba Cuba
Jonh McNally
Estados Unidos EUA
Bernardo Tobar
Flag of Colombia.svg Colômbia
1983 Terence Anderson
Estados Unidos EUA
Bernardo Tobar
Flag of Colombia.svg Colômbia
Rafael Rodríguez
Cuba Cuba
1987 Bernardo Tobar
Flag of Colombia.svg Colômbia
Rogelio Arredondo
Estados Unidos EUA
John McNally
Estados Unidos EUA
1991 John McNally
Estados Unidos EUA
Rafael Rodríguez
Cuba Cuba
Guillermo Reyes
Cuba Cuba
1995 Guido Arbona
Cuba Cuba
Dan Iuga
Estados Unidos EUA
Bernardo Tobar
Flag of Colombia.svg Colômbia
1999 Daniel César Felizia
Argentina Argentina
John McNally
Estados Unidos EUA
Bernardo Tobar
Flag of Colombia.svg Colômbia
2003 Leuris Pupo Requejo
Cuba Cuba
Juan Francisco Pérez
Cuba Cuba
John McNally
Estados Unidos EUA
2007 Leuris Pupo Requejo
Cuba Cuba
Keith Sanderson
Estados Unidos EUA
Fernando Júnior
Brasil Brasil
2011 Emil Milev
Estados Unidos EUA
Juan Francisco Pérez
Cuba Cuba
Franco Di Mauro
Venezuela Venezuela
2015 Brad Balsley
Estados Unidos EUA
Emerson Duarte
Brasil Brasil
Douglas Gómez
Venezuela Venezuela

Quadro de Medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Estados Unidos EUA 9 8 6 23
2 Cuba Cuba 4 3 3 10
3 Argentina Argentina 2 1 1 4
4 Flag of Colombia.svg Colômbia 1 3 3 7
5 Guatemala Guatemala 1 0 0 1
6 Brasil Brasil 0 1 1 2
7  Canadá 0 1 0 1
8 Venezuela Venezuela 0 0 2 2
9 Peru Peru 0 0 1 1

O Esporte

Existem três categorias de tiro esportivo: pistola, carabina e tiro ao prato. Na primeira utiliza-se uma pistola curta, que somente pode ser manuseada com uma mão. Já na segunda usa-se uma carabina longa, com disparo de ar comprimido ou dióxido de carbono. Nas provas de tiro ao prato, o alvo pode ser fixo ou móvel e a distância entre o atirador e o alvo varia de acordo com a arma utilizada.

Pistola

Alto móvel: A prova é dividida em duas fases: lenta e rápida. Na lenta, os competidores têm de acertar alvo visível (prato de 11 cm de diâmetro, feito de argila com calcário e alcatrão) por cinco segundos. Na rápida, o tempo é mais curto, de apenas dois segundos e meio. São disparados 30 tiros em cada fase.
Pistola livre- 50 m: Atira-se com uma pistola usando só uma mão. São 60 tiros em seis séries, com o alvo fixo colocado a 50 m do atirador.
Pistola de ar: Programa idêntico ao da pistola livre, só que com armas de ar comprimido a uma distância de dez metros.
Tiro rápido masculino: Atira-se a uma distância de 25 m com uma pistola com capacidade para cinco tiros. São disparados cinco tiros em cinco alvos adjacentes. A prova consiste em 60 tiros, realizadas em duas fases de 30 tiros com duas séries de cinco tiros em oito, seis e quatro segundos, gradativamente.
Tiro rápido feminino: Atira-se a uma distância de 25 m com uma pistola com capacidade para cinco tiros. São disparadas seis séries de cinco tiros em alvos de precisão em um tempo de seis minutos por série e mais 30 tiros de “duelo”.