Siga o OTD

Pistola de Ar 10m feminino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Tiro Esportivo – Pistola de Ar 10m feminino

Calendário e resultados

De acordo com o calendário oficial dos Jogos Pan-Americanos, as competições de tiro esportivo em Lima 2019 acontecerão entre os dias 8 e 10 de agosto.

Chances do Brasil

Mesmo não entrando na competição como grande favorito, o Brasil tem atletas importantes na pistola de ar que podem brilhar na capital peruana. Entre janeiro e fevereiro desta temporada, Júlio Almeida voltou de torneio na Holanda com ouro e prata na conta. Além dele, Ana Luiza Lima, Rachel Silveira, Thaís Moura, Émerson Duarte, Philipe Chateubriand e Vladimir Silveira completam a equipe brasileira convocada para o Pan, que deve brigar por pódio na categoria.

Local da competição

Base Aérea de Las Palmas

Local: Surco, Lima

Nossos pódios

A pistola de ar 10m feminino faz parte do programa oficial dos Jogos Pan-Americanos desde a edição de Caracas 1983. De lá para cá, o Brasil frequentou o pódio em duas oportunidades. Maria Nelly Amaral e Tania Giansanti faturaram a medalha de bronze com os desempenhos em Indianápolis 1987 e Havana 1991, respectivamente.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1983 Cathy Graham
Estados Unidos EUA
Gail Liberty
Estados Unidos EUA
Linda Thom
Canadá Canadá
1987 Tania Estrella Pérez
Cuba Cuba
Edith Vega
Cuba Cuba
Maria Nelly Amaral
Flag of Brazil.svg Brasil
1991 Sharon Cozzarin
Canadá Canadá
Elizabeth Callahan
Estados Unidos EUA
Tania Giansanti
Flag of Brazil.svg Brasil
1995 Connie Petracek
Estados Unidos EUA
Lorena Guado
Argentina Argentina
Lilia María Pérez
Argentina Argentina
1999 Kim Eagles
Canadá Canadá
María Franco
Venezuela Venezuela
Margarita Tarradell
Cuba Cuba
2003 Francis Gorrin
Venezuela Venezuela
Amanda Mondol
Flag of Colombia.svg Colômbia
Lynda Hare
Canadá Canadá
2007 Avianna Chao
Canadá Canadá
Luisa Maida
El Salvador El Salvador
Kirenia Bello Trujillo
Cuba Cuba
2011 Dorothy Ludwig
Canadá Canadá
Maribel Piñeda
Venezuela Venezuela
Sandra Uptagrafft
Canadá Canadá
2015 Linda Kiejko
Canadá Canadá
Alejandra Zavala
México México
Lilian Castro
El Salvador El Salvador

Quadro de Medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Canadá Canadá 5 0 3 8
2 Estados Unidos EUA 2 2 0 4
3 Venezuela Venezuela 1 2 0 3
4 Cuba Cuba 1 1 2 4
5 Argentina Argentina 0 1 1 2
El Salvador El Salvador 0 1 1 2
7 Flag of Colombia.svg Colômbia 0 1 0 1
México México 0 1 0 1
9 Flag of Brazil.svg Brasil 0 0 2 2

O Esporte

Existem três categorias de tiro esportivo: pistola, carabina e tiro ao prato. Na primeira utiliza-se uma pistola curta, que somente pode ser manuseada com uma mão. Já na segunda usa-se uma carabina longa, com disparo de ar comprimido ou dióxido de carbono. Nas provas de tiro ao prato, o alvo pode ser fixo ou móvel e a distância entre o atirador e o alvo varia de acordo com a arma utilizada.

Pistola

Alto móvel: A prova é dividida em duas fases: lenta e rápida. Na lenta, os competidores têm de acertar alvo visível (prato de 11 cm de diâmetro, feito de argila com calcário e alcatrão) por cinco segundos. Na rápida, o tempo é mais curto, de apenas dois segundos e meio. São disparados 30 tiros em cada fase.
Pistola livre- 50 m: Atira-se com uma pistola usando só uma mão. São 60 tiros em seis séries, com o alvo fixo colocado a 50 m do atirador.
Pistola de ar: Programa idêntico ao da pistola livre, só que com armas de ar comprimido a uma distância de dez metros.
Tiro rápido masculino: Atira-se a uma distância de 25 m com uma pistola com capacidade para cinco tiros. São disparados cinco tiros em cinco alvos adjacentes. A prova consiste em 60 tiros, realizadas em duas fases de 30 tiros com duas séries de cinco tiros em oito, seis e quatro segundos, gradativamente.
Tiro rápido feminino: Atira-se a uma distância de 25 m com uma pistola com capacidade para cinco tiros. São disparadas seis séries de cinco tiros em alvos de precisão em um tempo de seis minutos por série e mais 30 tiros de “duelo”.