Siga o OTD

Carabina 3 posições feminino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Tiro Esportivo – Carabina 3 posições feminino

Calendário e resultados

De acordo com o calendário oficial dos Jogos Pan-Americanos, as competições de tiro esportivo em Lima 2019 acontecerão entre os dias 8 e 10 de agosto.

Chances do Brasil

Apesar de ter tradição na modalidade, o Brasil ocupa apenas a sétima colocação no quadro geral de medalhas do tiro esportivo. A equipe de carabina para os desafios na capital peruana é formada por Cássio Rippel, Jefferson Lima, Leonardo Moreira, Geovana Meyer, Roberta Tesch, Rosane Sibele Budag e Simone Koch. Mesmo não entrando na competição como grande favorita, expectativa é de que a Seleção Brasileira brigue por vaga nas finais e um lugar no pódio.

Local da competição

Base Aérea de Las Palmas

Local: Surco, Lima

A estrela dos Jogos

Considerando o retrospecto geral dos Jogos Pan-Americanos, a cubana Eglys de La Cruz é o maior destaque da prova de carabina 3 posições feminino. Desde Caracas 1983, a atleta já foi ao pódio em quatro oportunidades: medalhas de ouro em Santo Domingo 2003 e Toronto 2015 e prata no Rio de Janeiro 2007 e Guadalajara 2011. Com o desempenho, ela se tornou a maior medalhista da categoria na competição em todos os tempos.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1983 Wanda Jewell
Estados Unidos EUA
Gloria Parmentier
Estados Unidos EUA
Christina Schulze
Canadá Canadá
1987 Irma Sánchez
Cuba Cuba
Launi Melli
Estados Unidos EUA
Mary Godlove
Estados Unidos EUA
1991 Debra Sinclair
Estados Unidos EUA
Tammie de Angelis
Canadá Canadá
Christina Ashcroft
Canadá Canadá
1995 Deena Wigger
Estados Unidos EUA
Sharon Bowes
Canadá Canadá
Wanda Jewell
Estados Unidos EUA
1999 Jayme Dickman
Estados Unidos EUA
Nancy Johnson
Estados Unidos EUA
Christina Ashcroft
Canadá Canadá
2003 Eglys de la Cruz
Cuba Cuba
Sarah Blakeslee
Estados Unidos EUA
Hattie Jean Ponti-Johnson
Estados Unidos EUA
2007 Jamie Beyerle
Estados Unidos EUA
Eglys de la Cruz
Cuba Cuba
Amanda Furrer
Estados Unidos EUA
2011 Dianelys Pérez
Cuba Cuba
Eglys de la Cruz
Cuba Cuba
Sarah Beard
Estados Unidos EUA
2015 Eglys de la Cruz
Cuba Cuba
Amelia Fournel
Argentina Argentina
Yarimar Mercado
Porto Rico Porto Rico

Quadro de Medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Estados Unidos EUA 5 4 5 14
2 Cuba Cuba 4 2 0 6
3 Canadá Canadá 0 2 3 5
4 Argentina Argentina 0 1 0 1
5 Porto Rico Porto Rico 0 0 1 1

O Esporte

Existem três categorias de tiro esportivo: pistola, carabina e tiro ao prato. Na primeira utiliza-se uma pistola curta, que somente pode ser manuseada com uma mão. Já na segunda usa-se uma carabina longa, com disparo de ar comprimido ou dióxido de carbono. Nas provas de tiro ao prato, o alvo pode ser fixo ou móvel e a distância entre o atirador e o alvo varia de acordo com a arma utilizada.

Carabina

Três posições (prova masculina e feminina): atira-se em um alvo a 50 m, deitado, de pé e ajoelhado. São três séries de 40 tiros para homens e três de 20 para mulheres.
Pequeno Calibre – Deitado (prova masculina): os competidores ficam deitados e têm de acertar alvos a 50 m de distância. São 60 tiros.
Carabina de ar (prova masculina e feminina): de ar comprimido ou de dióxido de carbono. A competição de pé é a uma distância de dez metros. São 60 tiros para homens e 40 para mulheres.