Siga o OTD

Equipe masculina

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Tênis de Mesa – Equipe masculina

Calendário e resultados

Os eventos de tênis de mesa dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 serão disputados entre os dias 4 e 10 de agosto

Chances do Brasil

Campeã de sete das nove edições dos Jogos Pan-Americanos, a equipe masculina do Brasil vai chegar a Lima 2019 como favoritíssima a conquistar mais um título. O país é o único das Américas a ter disputado o Mundial por equipes, disputado ano passado, na primeira divisão. Eliminados nas quartas de final, os brasileiros terminaram em quinto lugar, atrás apenas de China, Alemanha, Coreia do Sul e Suécia.

Cada divisão do Mundial por equipes de tênis de mesa conta com 24 equipes. Na segunda, as melhores equipes das Américas foram Argentina e Estados Unidos, que terminaram em nono lugar (33º. no geral). O Paraguai ficou em 15º. (39º. no geral), o Chile em 17º. (41º. no geral) e o Equador em 21º. (45º. no geral).

Além disso, nas duas edições do Campe0nato Pan-Americano de tênis de mesa disputadas neste ciclo olímpico, o Brasil foi campeão tanto em 2017 quanto em 2018. E olha que no ano passado o país não contou com seus dois atletas mais bem colocados no ranking mundial, Hugo Calderano e Gustavo Tsuboi, e mesmo assim conquistou o título.

Local da competição

Ginásio Polideportivo 1 no Centro Desportivo Pan-Americano

Local: Lima

Capacidade: 2.500 torcedores

A estrela dos Jogos

Hugo Hoyama é o maior vencedor dos Jogos Pan-Americanos na categoria equipe masculina do tênis de mesa. Ele fez parte dos times que conquistaram cinco dos sete ouros brasileiros e ainda levou uma medalha de bronze.

Hugo Hoyama foi campeão por equipes nos Jogos Pan-Americanos em Indianápolis 1987, Havana 1991, Rio de Janeiro 2007 e Guadalajara 2011. A medalha de bronze foi conquistada em Mar Del Plata 1995. O número de pódios só não é maior porque a disputa por equipes não aconteceu em Santo Domingo 2003.

Nossos pódios

O Brasil domina compeltamente a disputa da equipe masculina nos Jogos Pan-Americanos. Foram ao todo sete medalhas de ouro e uma de bronze em nove edições. O país só não subiu no pódio em San Juan 1979. Depois, esteve presente no quadro de medalhas em todas as edições. A única vez em que os brasileiros não se sagraram campeões depois do primeiro título foi em Winnipeg 1999, quando os Estados Unidos ficaram com a medalha de ouro.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1979 Mario Álvarez
Raymundo Fermin
Esteban Ortiz
Juan Vila

 República Dominicana
Quang Dang Bui
David Sakai
Dean Doyle
Todd Petersen

 EUA
Eddie Lo
Alex Polisois

 Canadá
1983 Ricardo Inokuchi
Cláudio Kano
Acassio da Cunha
Aristides Nascimento
Maurício Kobayashi

 Brasil
Joe Ng
Horácio Pintea
Bao Nguyen
Alain Bourbonnais

 Canadá
Mario Álvarez
Raymundo Fermin
Juan Vila
Gonzalo Ortiz

 República Dominicana
 Jamaica
1987 Cláudio Kano
Hugo Hoyama
Carlos Kawai

 Brasil
James Butler
Khoa Nguyen
Sean O’Neill
Quang Bui

 EUA
Joe Ng
Horatio Pintea
Cristóvão Chu

 Canadá
1991 Cláudio Kano
Hugo Hoyama
Carlos Kawai
Silnei Yuta

 Brasil
James Butler
Sean O’Neill
Dhirre Narotam
Chi-Sun Chui

 EUA
Joe Ng
Horatio Pintea
Francis Trudel
Venha-Vincent Bernier

 Canadá
1995 Cláudio Kano
Hugo Hoyama
Carlos Kawai
Silnei Yuta

 Brasil
James Butler
Sean O’Neill
Chi-Sun Chui
Derek Pode

 EUA
Joe Ng
Horatio Pintea
Francis Trudel
D. Su

 Canadá
1999 David Zhuang
Eric Owens
Todd Sweeris

 EUA
Liu Song
Pablo Tabachnik
Juan Frery

 Argentina
Hugo Hoyama
Thiago Monteiro
Carlos Kawai

 Brasil
Pradeeban Peter-Paulo
Xavier Therien
Horatio Pintea

 Canadá
2007 Hugo Hoyama
Thiago Monteiro
Gustavo Tsuboi

 Brasil
Liu Song
Pablo Tabachnik
Gaston Alto

 Argentina
Pierre-Luc Hinse
Shen Qiang
Pradeeban Peter-Paul

 Canadá
Mark Hazinski
Eric Owens
Han Xiao

 EUA
2011 Hugo Hoyama
Thiago Monteiro
Gustavo Tsuboi

 Brasil
Liu Song
Pablo Tabachnik
Gaston Alto

 Argentina
Andy Pereira
Jorge Campos
Pavel Oxamendi

 Cuba
Marcos Madri
Guillermo Muñoz
Jude Okoh

 México
2015 Hugo Calderano
Thiago Monteiro
Gustavo Tsuboi

 Brasil
Marcelo Aguirre
Axel Gavilan
Alejandro Toranzos

 Paraguai
Marko Medjugorak
Pierre-Luc Thériault
Eugene Wang

 Canadá
Brian Afanador
Héctor Berríos
Daniel González

 Porto Rico

Quadro de Medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Brasil 7 0 1 8
2 EUA 1 4 1 6
3  República Dominicana 1 0 1 2
4  Argentina 0 3 0 3
5  Canadá 0 1 7 8
6  Paraguai 0 1 0 1
7  Jamaica 0 0 1 1
 Cuba 0 0 1 1
 México 0 0 1 1
 Porto Rico 0 0 1 1

O esporte

tênis de mesa foi inventado no Reino Unido, mais precisamente na Inglaterra no século XIX onde era conhecido como ping-pong, até se tornar uma marca registrada e por isso mudou-se o nome na Europa para tênis de mesa, sendo o nome ping-pong atualmente usado apenas para fins recreativos. É um dos esportes mais populares do mundo em termos de número de jogadores.

Uma partida de tênis de mesa é disputada em melhor de qualquer número de sets ímpares. Usualmente, torneios nacionais são disputados em melhor de 5 sets e torneios internacionais em melhor de 7 sets, o que significa que o jogador ou dupla que vencer, respectivamente, 3 ou 4 sets vence a partida. Para vencer um set, o jogador ou dupla precisa somar 11 pontos ou, em caso de empate em 10 pontos, somar dois pontos de vantagem em relação ao seu adversário.

A partida se inicia com o saque de um dos oponentes conforme a ordem de saque escolhida pelo vencedor do sorteio para tal fim. Cada jogador tem o direito de sacar duas vezes consecutivas independente da pontuação que obtiver. Em duplas, a ordem de saque é alternada entre as duplas e entre os jogadores de modo que cada um dos quatro jogadores saque.

O tênis de mesa é muito popular na China sendo o segundo esporte em popularidade. O país possui cerca de 10 milhões de praticantes federados. Tal popularidade é fruto da massificação promovida pelo líder comunista Mao Tse-Tung devido à adaptação do esporte à espaços reduzidos, ideal para o país mais populoso do mundo.

No mundo, estima-se que há 300 milhões de praticantes ocasionais e cerca de 40 milhões de praticantes federados, distribuídos entre 186 federações filiadas à ITTF, a Federação Internacional de Tênis de Mesa.

AGENDA DO DIA

maio 27 03:30 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de 25m feminina – Estágio de Tiro Rápido Tatiana Cruz maio 27 03:30 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de 25m feminina – Estágio de Tiro Rápido Thais Moura maio 27 03:30 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de 25m feminina – Estágio de Tiro Rápido Rachel Silveira maio 27 03:30 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de 25m feminina – Estágio de Tiro Rápido Ana Luiza Lima maio 27 03:45 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de Ar 10m masculina Philipe Severo maio 27 03:45 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de Ar 10m masculina Felipe Wu maio 27 03:45 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Carabina 3 posições masculina – Dia 2 Luiz Guilherme Veloso maio 27 03:45 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Carabina 3 posições masculina – Dia 2 Leonardo Moreira maio 27 03:45 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Carabina 3 posições masculina – Dia 2 Eduardo Sampaio Gonçalves maio 27 03:45 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Carabina 3 posições masculina – Dia 2 Cassio Rippel maio 27 05:00 ITF de Essen Michele Erkens (ALE) Nathaly Kurata (BRA) maio 27 07:30 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Carabina 3 posições masculina – Final maio 27 08:15 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Carabina de Ar 10m masculina – Final maio 27 09:15 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de Ar 10m masculina – Final maio 27 10:45 Etapa de Munique da Copa do Mundo de tiro esportivo Pistola de 25m feminina – Final maio 27 13:30 Convocação da Seleção Brasileira de judô para os Jogos Pan-Americanos