Siga o OTD

Skiff duplo peso leve feminino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Remo – Skiff duplo peso leve feminino

Chances do Brasil

Mescando jovens remadores com outros mais experientes, a Confederação Brasileira de Remo convocou 20 atletas para o período de treinamentos e avaliações às vésperas dos Jogos Pan-Americanos, no Rio de Janeiro. No entanto, ainda não há a definição dos representantes para as disputas no Peru. O planejamento prevê cerca de dois meses de trabalhos entre maio e julho. A lista oficial para o evento em Lima será divulgada no dia 14 de junho. A expectativa da comissão técnica é superar o resultado abaixo da média em Toronto 2015, quando o Brasil trouxe para casa somente uma medalha de prata.

A estrela dos Jogos

Desde Indianápolis 1987, a Argentina conquistou duas medalhas de ouro na história do skiff duplo peso leve feminino nos Jogos Pan-Americanos. A equipe formada por Patricia Conte e Elina Urbano reinou na década de 90 e dominou a prova. A primeira conquista, inclusive, foi em casa, em Mar del Plata 1995. Quatro mais tarde, Conte e Urbano novamente subiram ao lugar mais alto do pódio em Winnipeg 1999, no Canadá. Com o retrospecto, elas são as únicas bicampeãs na categoria. Até aqui, nenhuma remadora igualou o feito argentino.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1987 Peggy Johnston
Susan Cooper

 EUA
Marlene van der Horst
Siobhan Herron

 Canadá
Lourdes Montoya
Veronika Schreiber

 México
1995 Patricia Conte
Elina de Lourdes Urbano

 Argentina
Barbara Spitz
Elizabeth Gordon

 EUA
Lourdes Montoya
A. Soberanes

 México
1999 Patricia Conte
Elina de Lourdes Urbano

 Argentina
Melissa Obidinski
Julie Ann McCleery

 EUA
Katrina Scott
Nathalie Benzing

 Canadá
2003 Gen Meredith
Fiona Milne

 Canadá
Dailin Taset Aguilar
Marlenis Mesa Hernández

 Cuba
Anne Finke
Sarah Hirst

 EUA
2007 Yaima Velázquez
Ismaray Marerro

 Cuba
Analicia Ramírez
Lila Pérez

 México
Amber Cuthberton
Camille Brillon

 Canadá
2011 Analicia Ramirez
Lila Perez Rul

 México
Yaima Velazquez
Yoslaine Dominguez

 Cuba
Michelle Sechser
Chelsea Smith

 EUA
2015 Liz Fenje
Katherine Sauks

 Canadá
Yislena Hernández
Licet Hernández

 Cuba
Sara Giancola
Victoria Burke

 EUA

Quadro de medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  Canadá 2 1 2 5
2  Argentina 2 0 0 2
3  Cuba 1 3 0 4
4  EUA 1 2 3 6
5  México 1 1 2 4

O esporte

Foto: Marcelo Pereira/Exemplus/COB

As provas de remo são disputadas no sistema de eliminatória, contando com repescagem, semifinal e final. As distâncias percorridas nas provas são de dois mil metros. As raias, com largura padrão recomendada pela FISA, têm 13,50 metros de largura e profundidade entre 3 e 3,50 metros.

Os barcos utilizados para as competições são constituídos por um, dois, quatro ou oito remadores. Quando são oito remadores, é obrigatório ter um timoneiro. Ele é um integrante que não rema, mas é o responsável por orientar e incentivar a sua equipe durante as provas. Cada remador pode conduzir o barco utilizando um ou dois remos dependendo do tipo de barco. O formato do remo varia conforme a modalidade. Em algumas provas são utilizadas remos de até 4 metros. (Reprodução/Casal Travinha)