Siga o OTD

400m livre feminino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Natação – 400m livre feminino

Local da competição

Centro Aquático Pan-Americano
Local: Videna – Vila Deportiva Nacional (Lima)
Capacidade: 4.000 torcedores

Nossos pódios

Na história da prova, o Brasil participou do pódio em apenas duas oportunidades. Logo na primeira edição, Piedade Coutinho assegurou a medalha de bronze com o desempenho em Buenos Aires 1951. Mais de cinco décadas depois, Monique Ferreira igualou o feito da compatriota ao fechar com a terceira colocação em Santo Domingo 2003 e concretizar o melhor tempo brasileiro na categoria.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro TEMPO Medalha de prata TEMPO Medalha de bronze TEMPO
1951 Ana María Schultz
Argentina Argentina
5:26.7 Carolyn Green
United States EUA
5:33.1 Piedade Coutinho
Brazil Brasil
5:33.6
1955 Beth Whittall
Canada Canadá
5:32.4 Carolyn Green
United States EUA
5:34.7 Carol Tait
United States EUA
5:34.9
1959 Chris von Saltza
United States EUA
4:55.9 Sylvia Ruuska
United States EUA
5:03.4 Donna Graham
United States EUA
5:03.5
1963 Sharon Finneran
United States EUA
4:52.7 Robyn Johnson
United States EUA
4:56.1 Lynne Pomfret
Canada Canadá
5:20.4
1967 Debbie Meyer
United States EUA
4:32.64 Pam Kruse
United States EUA
4:42.81 Angela Coughlan
Canada Canadá
4:48.88
1971 Ann Simmons
United States EUA
4:26.19 Jill Strong
United States EUA
4:36.15 Angela Coughlan
Canada Canadá
4:38.86
1975 Kathy Heddy
United States EUA
4:23.00 Kathie Wickstrand
United States EUA
4:27.66 Michele Oliver
Canada Canadá
4:30.20
1979 Cynthia Woodhead
United States EUA
4:10.56 Tracy Caulkins
United States EUA
4:16.13 Wendy Quirk
Canada Canadá
4:17.34
1983 Tiffany Cohen
United States EUA
4:12.27 Cynthia Woodhead
United States EUA
4:14.07 Julie Daigneault
Canada Canadá
4:19.91
1987 Julie Martin
United States EUA
4:11.87 Barbara Metz
United States EUA
4:13.25 Megan Holliday
Canada Canadá
4:20.78
1991 Jane Skillman
United States EUA
4:13.69 Barbara Metz
United States EUA
4:16.90 Tara-Lynn Seymour
Canada Canadá
4:22.15
1995 Brooke Bennett
United States EUA
4:11.78 Cristina Teuscher
United States EUA
4:13.97 Katie Brambley
Canada Canadá
4:18.74
1999 Kaitlin Sandeno
United States EUA
4:10.74 Janelle Atkinson
Jamaica Jamaica
4:10.83 Joanne Malar
Canada Canadá
4:12.64
2003 Elizabeth Hill
United States EUA
4:10.18 Morgan Hentzen
United States EUA
4:13.03 Monique Ferreira
Brazil Brasil
4:14.21
2007 Jessica Rodriquez
United States EUA
4:12.22 Patricia Castañeda
Mexico México
4:13.34 Corinne Showalter
United States EUA
4:13.72
2011 Gillian Ryan
United States EUA
4:11.58 Andreina Pinto
Venezuela Venezuela
4:11.81 Kristel Köbrich
Chile Chile
4:13.31
2015 Emily Overholt
Canada Canadá
4:08.42 Andreina Pinto
Venezuela Venezuela
4:08.67 Gillian Ryan
United States EUA
4:09.46

Quadro de medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 United States EUA 14 13 4 31
2 Canada Canadá 2 0 10 12
3 Argentina Argentina 1 0 0 1
4 Venezuela Venezuela 0 2 0 2
5 Mexico México 0 1 0 1
Jamaica Jamaica 0 1 0 1
7 Brazil Brasil 0 0 2 2
8 Chile Chile 0 0 1 1

O esporte

Nesta prova, o nadador fica em posição horizontal, com a face voltada para o fundo da piscina e respira quando vira a cabeça para as laterais. As pernas agem no movimento parecido com uma tesoura, batendo os pés sobre a água e ao mesmo tempo gira os braços na linha do corpo, alternando-os em batida sobre a superfície da água. Por incrível que pareça, as provas de nado livre, o atleta pode escolher qual o estilo deseja nadar. Porém, todos preferem o crawl porque é o nado que alcança maior velocidade, logo, o crawl é chamado de nado livre e vice-versa.

Nas viradas de cada prova, o nadador deve tocar a parede da piscina com alguma parte do corpo e nas saídas destas viradas, o nadador pode ficar submerso até os primeiros 15 metros, do qual a partir deste ponto a cabeça deve cortar a superfície da água. Vence quem finalizar o percurso primeiro, consequentemente em menos tempo.