Siga o OTD

100m costas masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Natação – 100m costas masculino

Chances do Brasil

Depois de levar bronze em 2011 e prata em 2015, Guilherme Guido espera outro bom desempenho no Pan. A marca da atual temporada (58s83) está acima dos resultados de pódio das últimas edições do torneio, mas ainda assim é o melhor representante do Brasil na prova. Além das medalhas nos Jogos Pan-Americanos, Guido também já foi terceiro colocado no Campeonato Mundial de Istambul, em 2012.

Local da competição

Centro Aquático Pan-Americano
Local: Videna – Vila Deportiva Nacional (Lima)
Capacidade: 4.000 torcedores

Nossos pódios

Considerando o retrospecto geral da prova, o Brasil já participou do pódio em oito oportunidades. No entanto, apenas Thiago Pereira conquistou o ouro com o desempenho em Guadalajara 2011. Quatro ano antes, nadando no Rio de Janeiro, ele ficou com a medalha de bronze. Athos de Oliveira (bronze em 1963), Rômulo Arantes (bronze em 1975 e prata em 1979), Alexandre Massura (prata em 1999) e Guilherme Guido (bronze em 2011 e prata em 2015) completam a lista brasileira.

Medalhistas

 

ANO Medalha de ouro TEMPO Medalha de prata TEMPO Medalha de bronze TEMPO
1951 Allen Stack
United States EUA
1:08.0 Pedro Galvão
Argentina Argentina
1:08.3 Burwell Jones
United States EUA
1:09.8
1955 Frank McKinney
United States EUA
1:07.1 Pedro Galvão
Argentina Argentina
1:07.8 Buddy Baarcke
United States EUA
1:07.9
1959 Frank McKinney
United States EUA
1:03.6 Chuck Bittick
United States EUA
1:04.2 Louis Schaeffer
United States EUA
1:05.3
1963 Ed Bartsch
United States EUA
1:01.5 Chuck Bittick
United States EUA
1:02.1 Athos de Oliveira
Brazil Brasil
1:03.2
1967 Charlie Hickcox
United States EUA
1:01.19 Fred Haywood
United States EUA
1:02.45 Jim Shaw
Canada Canadá
1:02.87
1971 Melvin Nash
United States EUA
59.84 John Murphy
United States EUA
1:00.84 Bill Kennedy
Canada Canadá
1:01.35
1975 Peter Rocca
United States EUA
58.31 Bob Jackson
United States EUA
58.90 Rômulo Arantes
Brazil Brasil
59.16
1979 Bob Jackson
United States EUA
56.66 Rômulo Arantes
Brazil Brasil
57.20 Steve Pickell
Canada Canadá
57.89
1983 Rick Carey
United States EUA
55.19 Dave Bottom
United States EUA
56.90 Mike West
Canada Canadá
57.20
1987 Andy Gill
United States EUA
56.56 David Berkoff
United States EUA
57.35 Alejandro Alvizuri
Peru Peru
58.65
1991 Andy Gill
United States EUA
55.79 Rodolfo Falcón
Cuba Cuba
56.12 Bobby Brewer
United States EUA
56.39
1995 Jeff Rouse
United States EUA
54.74 Tripp Schwenk
United States EUA
55.60 Rodolfo Falcón
Cuba Cuba
56.13
1999 Rodolfo Falcón
Cuba Cuba
54.93 Alexandre Massura
Brazil Brasil
55.17 Matt Allen
United States EUA
55.86
2003 Peter Marshall
United States EUA
55.52 George Bovell
Trinidad and Tobago Trinidad e Tobago
55.81 Jayme Cramer
United States EUA
55.88
2007 Randall Bal
United States EUA
53.66 Peter Marshall
United States EUA
54.64 Thiago Pereira
Brazil Brasil
54.75
2011 Thiago Pereira
Brazil Brasil
54.56 Eugene Godsoe
United States EUA
54.61 Guilherme Guido
Brazil Brasil
54.81
2015 Nick Thoman
United States EUA
53.20 Guilherme Guido
Brazil Brasil
53.35 Eugene Godsoe
United States EUA
53.96

Quadro de medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 United States EUA 15 10 7 32
2 Brazil Brasil 1 3 4 8
3 Cuba Cuba 1 1 1 3
4 Argentina Argentina 0 2 0 2
5 Trinidad and Tobago Trinidad e Tobago 0 1 0 1
6 Canada Canadá 0 0 4 4
7 Peru Peru 0 0 1 1

O esporte

Nesta prova, os competidores devem se alinhar dentro da água, mantendo-se de frente para a cabeceira de saída, com as duas mãos colocadas nos suportes de agarre do bloco de saída. Os pés podem ficar acima do nível da água.  No sinal de partida, o nadador impulsiona seu corpo para trás, tentando obter o maior avance possível. Ao atleta, é permitido ficar completamente submerso após a saída e em virada por uma distância de até 15 metros. Até esta marca, a cabeça do competidor deverá retornar a superfície. O nadador deverá percorrer toda a distância que determina a prova no menor tempo possível. Na virada, os ombros podem girar além da vertical na direção do peito e, a seguir, uma contínua braçada ou uma contínua e simultânea dupla braçada podem ser usadas para iniciar o movimento. Assim que o nadador tocar a parede e a deixá-la na virada, deve voltar imediatamente na posição de costas. No final da prova, o nadador toca com a ponta dos dedos, na posição de costas, o painel de pontuação ou a parede.

AGENDA DO DIA

mar 29 11:00 NBB Minas Tênis Clube Unifacisa mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo B 3B Sport Fortaleza mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo F Fluminense Athletico mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo F Napoli-SC Chapecoense mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo F Toledo/Coritiba Brasil de Farroupilha mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo E Atlético-MG Real Brasília mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo E Botafogo Vasco mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo E Vila Nova Goiás mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo D Foz Cataratas Atlético-GO mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo D Juventus-SP América-MG mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo D Operário SERC mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo C Sport UDA mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo C Bahia Náutico mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo C Cruzeiro-RN Auto Esporte mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo B São Francisco Atlético-AC mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo B Real Ariquemes São Valério mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo A Esmac Oratório mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo A Ceará Juventude Timonense mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro Feminino A-2 - Grupo A Santos Dumont Tiradentes mar 29 15:00 Liga de Basquete Feminino Blumenau Basquete Sampaio Corrêa mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Kindermann-Avai Audax mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase São Paulo Ponte Preta mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Minas ICESP Palmeiras mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Sao José Santos mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Flamengo Ferroviária mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Cruzeiro Vitória mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Grêmio Iranduba mar 29 15:00 Campeonato Brasileiro de futebol feminino - Primeira Fase Internacional Corinthians