Siga o OTD

Saltos individual

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Hipismo – Saltos individual

Calendário e resultados

De acordo com o calendário oficial dos Jogos Pan-Americanos, as competições de hipismo em Lima 2019 devem acontecer entre os dias 28 de julho e 9 de agosto.

Chances do Brasil

Com tradição no hipismo, a expectativa é de que o Brasil brigue pelo pódio nos Jogos Pan-Americanos, apesar do favoritismo histórico de Estados Unidos e Canadá. No entanto, ainda não há a definição dos atletas que representarão o país na capital peruana. Contando com muitos nomes disponíveis, a Confederação Brasileira de Hipismo divulgará a lista oficial no final de junho, poucas semanas antes do evento em Lima. Na última edição do torneio, os brasileiros alcançaram o terceiro lugar geral em Toronto 2015 conquistando uma prata e dois bronzes.

Local da competição

Escola de Equitação do Exército

Local: La Molina, Lima

A estrela dos Jogos

Michael Matz defendeu os Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Atlanta 1996

Destaque da equipe dos Estados Unidos e atleta olímpico, Michael Matz é dono de quatro medalhas na categoria: duas de ouro (San Juan 1979 e Mar del Plata 1995) e duas de bronze (Cidade do México 1975 e Caracas 1983). Com o retrospecto, ele se tornou o maior medalhista dos saltos individuais entre todos os tempos no Pan, sendo também o primeiro a faturar dois títulos. O canadense Ian Miller igualou o número de ouros com os resultados em Indianápolis 1987 e Winnipeg 1999, mas não superou o rival no desempenho geral. Além do bicampeonato, Miller colecionou um bronze na edição de San Juan 1979.

Nossos pódios

Rodrigo Pessoa conquistou a prata no Rio 2007 e igualou o resultado do pai

Ao longo da história, apesar de nunca ter conquistado uma medalha de ouro, o Brasil marcou presença no pódio em cinco oportunidades. Em Winnipeg 1967, Nelson Pessoa foi o primeiro brasileiro a figurar entre os três melhores colocados e assegurou a prata, o melhor desempenho do país. Quatro décadas mais tarde, seu filho Rodrigo Pessoa repetiu o desempenho no Rio de Janeiro 2007 e alcançou o mesmo patamar.

Além do sucesso da família Pessoa, outros três bronzes estão na conta do Brasil. Vitor Teixeira levou o terceiro lugar em Havana 1991 e em Winnipeg 1999. Na sequência, foi a vez de Bernardo Alves em Guadalajara 2011, justamente a última vez em que a bandeira verde e amarela esteve entre as potências dos saltos individuais nos Jogos Pan-Americanos.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1951 Alberto Larraguibel
Flag of Chile.png Chile
Carlos Delia
Flag of Argentina.svg Argentina
Ricardo Echeverría
Flag of Chile.png Chile
1955 Roberto Vinals
Flag of Mexico.svg México
1959 Hugh Wiley
Flag of the United States.svg EUA
1963 Mary Mairs
Flag of the United States.svg EUA
Carlos Delia
Flag of Argentina.svg Argentina
Américo Simonetti
Flag of Chile.png Chile
1967 James Day
Flag of Canada.svg Canadá
Nelson Pessoa
Flag of Brazil.svg Brasil
Manuel Mendivil
Flag of Mexico.svg México
1971 Elise Fernández de Pérez
Flag of Mexico.svg México
Jorge Llambi
Flag of Argentina.svg Argentina
Terrande Millan
Flag of Canada.svg Canadá
1975 Fernando Senderos
Flag of Mexico.svg México
Buddy Brown
Flag of the United States.svg EUA
Michael Matz
Flag of the United States.svg EUA
1979 Michael Matz
Flag of the United States.svg EUA
Gerardo Tazzer
Flag of Mexico.svg México
Ian Millar
Flag of Canada.svg Canadá
1983 Anne Kursinski
Flag of the United States.svg EUA
James Elder
Flag of Canada.svg Canadá
Michael Matz
Flag of the United States.svg EUA
1987 Ian Millar
Flag of Canada.svg Canadá
Rodney Jenkins
Flag of the United States.svg EUA
Alberto Váldez
Flag of Mexico.svg México
1991 Danny Foster
Flag of Canada.svg Canadá
Elizabeth Underhill
Flag of Canada.svg Canadá
Vitor Teixeira
Flag of Brazil.svg Brasil
1995 Michael Matz
Flag of the United States.svg EUA
Romandia Jaime Azcarraga
Flag of Mexico.svg México
Flavier Ximénez
Flag of Mexico.svg México
1999 Ian Millar
Flag of Canada.svg Canadá
Peter Wylde
Flag of the United States.svg EUA
Vitor Teixeira
Flag of Brazil.svg Brasil
2003 Mark Watring
Bandera de Puerto Rico Porto Rico
Chris Kappler
Flag of the United States.svg EUA
Margie Goldstein-Engle
Flag of the United States.svg EUA
2007 Jill Henselwood
Flag of Canada.svg Canadá
Rodrigo Pessoa
Flag of Brazil.svg Brasil
Eric Lamaze
Flag of Canada.svg Canadá
2011 Christine McCrea
Flag of the United States.svg EUA
Beezie Madden
Flag of the United States.svg EUA
Bernardo Alves
Flag of Brazil.svg Brasil
2015 McLain Ward
Flag of the United States.svg EUA
Andrés Rodríguez
Flag of Venezuela.svg Venezuela
Lauren Hough
Flag of the United States.svg EUA

Quadro de medalhas

Posição País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1 Flag of the United States.svg EUA 7 5 4 16
2 Flag of Canada.svg Canadá 5 2 3 10
3 Flag of Mexico.svg México 3 2 3 8
4 Flag of Chile.png Chile 1 0 2 3
5 Bandera de Puerto Rico Porto Rico 1 0 0 1
6 Flag of Argentina.svg Argentina 0 3 0 3
7 Flag of Brazil.svg Brasil 0 2 3 5
8 Flag of Venezuela.svg Venezuela 0 1 0 1

A prova

Nesta prova, cavaleiro e cavalo devem ultrapassar com perfeição uma pista que contém de 12 a 15 obstáculos diferentes distribuídos na área de competição, cujas medidas podem variar entre 700 e 900 metros. Estas medidas variam de acordo com o número de obstáculos que têm altura entre 1,30 e 1,60 metros e largura entre 1,50 e 2,0 metros.

A prova de saltos de obstáculos avalia a potência, a habilidade e a obediência do cavalo ao salto, além da qualidade da equitação do cavaleiro. Um conjunto é punido se cometer faltas como derrubar ou desviar um obstáculo, refugar (recuar antes de dar um salto), ultrapassar o tempo limite, errar o percurso ou cair do cavalo.

O vencedor da prova é o atleta que cometer o menor número de infrações. Se houver necessidade de desempate e, nele, novamente os competidores “limparem” o percurso, ou seja, sem cometer nenhuma falta, ganha aquele que finalizar o percurso no menor tempo. (Reprodução/Casal Travinha)

AGENDA DO DIA

jun 27 06:30 ITF de Tabarka Martina Taborda (ARG) Karolayne Rosa (BRA) jun 27 06:30 Challenger de Milão Ariel Behar (URU)/Gonzalo Escobar (EQU) Fabricio Neis (BRA)/Fernando Romboli (BRA) jun 27 07:00 Campeonato Sul-Coreano de futebol feminino Red Angels Gumi Sportstoto jun 27 07:00 Torneio de Wimbledon Thiago Monteiro (BRA) Yosuke Watanuki (JAP) jun 27 07:00 ITF de Tarvisio Martina Colmegna (ITA) Gabriela Cé (BRA) jun 27 08:30 Torneio de Wimbledon Olga Danilovic (SER) Bia Haddad Maia (BRA) jun 27 12:30 ITF de Tarvisio Paula Gonçalves (BRA) Stefania Rubini (ITA) jun 27 12:30 ITF de Perigueux Mathilde Armitano (FRA)/Elixane Lechema (FRA) Barbara Gatica (CHL)/Rebeca Pereira (BRA) jun 27 15:00 Campeonato Brasileiro de Aspirantes - Primeira Fase Corinthians Santos jun 27 15:00 Campeonato Brasileiro de Aspirantes - Primeira Fase Grêmio Ceará jun 27 15:00 Campeonato Brasileiro de Aspirantes - Primeira Fase Goiás Ponte Preta jun 27 15:00 Campeonato Brasileiro de Aspirantes - Primeira Fase Sport Coritiba jun 27 15:00 Campeonato Brasileiro de Aspirantes - Primeira Fase Figueirense Bahia jun 27 16:00 Copa do Mundo de futebol feminino - Quartas De Final Noruega Inglaterra jun 27 19:00 Liga de Basquete Feminino Instituto Brazolin/São Bernardo Sesi Araraquara jun 27 19:00 Liga de Basquete Feminino Pró-Esporte Sorocaba Santo André/Apaba jun 27 19:00 Liga de Basquete Feminino Ituano LSB RJ jun 27 19:00 Liga de Basquete Feminino Blumenau Basquete Uninassau jun 27 19:00 Liga de Basquete Feminino Vera Cruz Campinas Sampaio Corrêa jun 27 21:00 Paulista de handebol masculino - Primeira Fase Hebraica ACISEG/Guarulhos