Siga o OTD

cross country masculino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – ciclismo mountain bike – cross country masculino

Chances do Brasil

Henrique Avancini entra na disputa do cross country masculino como o grande favorito à conquista da medalha de ouro. O brasileiro, que vive o melhor momento da carreira, é o atual quarto colocado do ranking mundial e o melhor das Américas. O brasileiro está mais experiente e será o ciclista a ser batido nos Jogos Pan-Americanos Lima 2019.

Além de Henrique, o Brasil também será representado por Guilherme Muller. O atleta está no Top-40 do mundo na categoria e já disse que tem esperança de chegar ao pódio em entrevista ao Olimpíada Todo Dia.

Local da competição

Morro Solar – Chorrillos

Local: Lima

A Estrela dos Jogos

A categoria ciclismo mountain bike – cross country masculino é uma das mais competitivas e equilibradas dos Jogos Pan-Americanos e, por isso, é difícil destacar apenas um atleta como grande estrela do modalidade.

Porém, o norte-americano Jeremiah Bishop pode ser considerado a referência da categoria já que foi o único competidor que subiu no pódio em mais de uma oportunidade: medalha de ouro em 2003 e medalha de bronze em 2011.

Ao longo de sua carreira, o atleta dos Estados Unidos da América mostrou ser um competidor de alto nível e teve grandes momentos, principalmente em 2007, já que venceu sete competições profissionais da categoria.

Nossos Pódios

Até o momento, o Brasil conseguiu colocar dois atletas no pódio da categoria, marcando o nome do país na modalidade nos Jogos Olímpicos.

Em 2003, na edição de Santo Domingo, o brasileiro Eduvandro Cruz teve um excelente desempenho e ficou na segunda colocação, atrás apenas do americano Jeremiah Bishop.

Já quatro anos depois, na edição que aconteceu na cidade do Rio de Janeiro, Rubens Valeriano também fez um circuito impecável e ficou muito perto de garantir a tão sonhada medalha de ouro. Apesar da “frustração”, o atleta do Brasil ficou na vice-liderança e teve um dos melhores desempenhos do país na competição.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1995 Tinker Juarez
Bandera de Estados Unidos EUA
Andrés Brenes
Bandera de Costa Rica
Sandro Miranda
Bandera de Argentina Argentina
1999 Steve Larsen
Bandera de Estados Unidos EUA
Carl Swenson
Bandera de Estados Unidos EUA
Chris Sheppard
Bandera de Canadá Canadá
2003 Jeremiah Bishop
Bandera de Estados Unidos EUA
Edivandro Cruz
Bandera de Brasil Brasil
Deiber Esquivel
Bandera de Costa Rica
2007 Adam Craig
Bandera de Estados Unidos EUA
Rubens Valeriano
Bandera de Brasil Brasil
Dario Gasco
Bandera de Argentina Argentina
2011 Leonardo Páez
Bandera de Colombia Colômbia
Maximilliam Plaxton
Bandera de Canadá Canadá
Jeremiah Bishop
Bandera de Estados Unidos EUA
2015 Raphaël Gagné
Bandera de Canadá Canadá
Catriel Soto
Bandera de Argentina Argentina
Stephen Ettinger
Bandera de Estados Unidos EUA

Quadro de Medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  EUA 4 1 2 7
2  Canadá 1 1 1 3
3 Bandera de Colombia Colômbia 1 0 0 1
4  Brasil 0 2 0 2
5 Bandera de Argentina Argentina 0 1 2 3
6 Bandera de Costa Rica Costa Rica 0 1 1 2

O ESPORTE

Assim como o BMX, o mountain bike surgiu da curiosidade e da ânsia por aventura dos norte-americanos da década de 1970. Foi no estado da Califórnia que ciclistas que buscavam uma experiência diferente do asfalto das estradas resolveram enfrentar trilhas e terrenos acidentados com suas bicicletas.

Um grupo de San Francisco ajudou bastante na divulgação da modalidade ao realizar um dos primeiros campeonatos de mountain bike. A prova, disputada entre os anos de 1976 e 1979, ocorreu nas proximidades da famosa ponte Golden Gate e acabou atraindo bastante interesse para a nova vertente do ciclismo.

Em 1983, os norte-americanos realizaram o primeiro campeonato nacional do esporte. Com o crescimento nos Estados Unidos e em outros países da Europa e na Austrália, o mountain bike teve seu primeiro Mundial realizado em 1990, já sob a sanção da União Ciclística Internacional (UCI). A partir de então, não demorou tanto para que a modalidade chegasse aos Jogos Olímpicos. A estreia veio justamente no berço do esporte — os Estados Unidos — em Atlanta-1996.

A bicicleta do mountain bike tem pneus mais largos do que a de estrada, além de amortecedores traseiros e dianteiros, para diminuir o impacto para os atletas nos terrenos acidentados do percurso. O material utilizado, também por conta do impacto, é mais resistente. Entretanto, não deixa a bicicleta tão pesada, ficando com cerca de 8kg a 9kg.

AGENDA DO DIA

dez 15 03:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Brasil 6 Austrália 9 dez 15 04:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Uzbequistão 4 Grécia 27 dez 15 06:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Canadá 7 Espanha 15 dez 15 07:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A Japão 26 África do Sul 11 dez 15 08:00 Campeonato Brasileiro de tênis de mesa Individual Olímpico (sênior, lady e Absolutos). dez 15 08:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Kuwait 8 Estados Unidos 16 dez 15 10:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Rússia 9 Hungria 12 dez 15 11:00 Bundesliga de tênis de mesa TTC Zugbrucke Grenzau 1 TTF Liebherr Ochsenhausen 3 dez 15 11:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A Sérvia 11 Croácia 6 dez 15 12:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Montenegro 12 Itália 12 dez 15 13:00 Campeonato Italiano de vôlei masculino Padova (ITA) 0 Lube Civitanova (ITA) 3 dez 15 13:00 Campeonato Italiano de vôlei feminino Monza (ITA) 1 Busto Arsizio (ITA) 3 dez 15 13:00 Campeonato Italiano de vôlei feminino Novara (ITA) 3 Perugia Volley (ITA) 1 dez 15 13:00 Campeonato Italiano de vôlei feminino Scandicci (ITA) 3 Caserta (ITA) 0 dez 15 13:00 Campeonato Italiano de vôlei masculino Calabria (ITA) 3 Monza (ITA) 2 dez 15 13:00 Campeonato Italiano de vôlei masculino Sora (ITA) 0 Trentino (ITA) 3 dez 15 15:30 Paulista de handebol masculino - Disputa de terceiro lugar Corinthians/Guarulhos 32 CAI/GHC (PI) 27 dez 15 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Final São Paulo Santos dez 15 18:00 Paulista de handebol masculino - Final Pinheiros Taubaté/FAB/UNITAU dez 15 18:30 Amistoso de futebol feminino Brasil México dez 15 20:00 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase Sesi Sesc RJ dez 15 20:00 NBA Philadelphia 76ers Brooklyn Nets dez 15 23:00 Mundial da classe finn - Finn Gold Cup Jorge Zarif