Siga o OTD

Individual feminino

Jogos Pan-Americanos – Lima 2019 – Boliche – Individual feminino

Chances do Brasil

Stephanie Martins é um dos principais destaques brasileiros para o boliche em Lima 2019

Em junho, Confederação Brasileira de Boliche divulgou oficialmente o nome dos atletas que representarão o país nos Jogos Pan-Americanos. Para as disputas femininas, confirmada a presença de Stephanie Martins, representante do Brasil na Copa do Mundo da modalidade, realizada em Las Vegas em novembro de 2018. Além disso, ela também faturou a medalha de ouro no individual feminino do Pan-Americano de boliche. Sétima colocada no Campeonato Brasileiro desta temporada, Roberta Rodrigues completa a delegação. A paulista integrou a equipe que participou do Pan de Toronto 2015. Com todas as vagas possíveis preenchidas, expectativa é que a equipe brasileira brigue por medalhas na capital peruana.

Local da competição

Centro de Boliche

Local: Villa Deportiva Nacional (ViDeNa), San Luis, Lima

Capacidade: 1.000 torcedores

A estrela dos Jogos

Shannon Pluhowsky, ao centro, garantiu a medalha de ouro em Toronto 2015

Shannon Pluhowsky, dos Estados Unidos, é a única atleta a levar duas medalhas de ouro para casa na categoria individual feminino na história dos Jogos Pan-Americanos. Além disso, ela faz parte da geração vitoriosa do país, que faturou cinco títulos consecutivos entre Winnipeg 1999 e Toronto 2015, última edição da competição.

E as conquistas vieram num intervalo de 12 anos. Em Santo domingo 2003, Shannon Pluhowsky finalizou o torneio com 204.92 pontos e assegurou a primeira colocação. Mais tarde, justamente em Toronto 2015, novamente integrou a delegação norte-americana. Na final, derrotou a dominicana Aumi Guerra por 223 a 212.

Medalhistas

ANO Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze
1991 Edda Piccini  México Julie Gardner Estados Unidos Mandy Wilson Estados Unidos
1995 Catharine Willis  Canadá Mariela Alarza  Venezuela Lisa Bishop Estados Unidos
1999 Janette Piesczynski Estados Unidos Alicia Marcano  Venezuela Jennifer Willis  Canadá
2003 Shannon Pluhowsky Estados Unidos Sofia Granda  Guatemala Clara Guerrero  Colômbia
2007 Tennelle Milligan Estados Unidos Alicia Marcano  Venezuela Aumi Guerra República Dominicana
2011 Liz Johnson Estados Unidos Jennifer Park  Canadá Caroline Lagrange  CanadáKaren Marcano Venezuela
2015 Shannon Pluhowsky Estados Unidos Aumi Guerra  República Dominicana Liz Johnson Estados UnidosRocio Restrepo  Colômbia

Quadro de medalhas

Ordem País Medalha de ouro Medalha de prata Medalha de bronze Total
1  EUA 5 1 3 9
2  Canadá 1 1 2 4
3  México 1 0 0 1
4  Venezuela 0 1 3 4
5  República Dominicana 0 1 1 2
6  Guatemala 0 1 0 1
7  Colômbia 0 0 2 2

O esporte

O jogo de boliche é disputado em 10 rodadas (frames). Antes do início da partida, é definida a ordem em que os competidores se organizarão. Cada jogador tem direito de arremessar duas bolas por rodada, com o intuito de derrubar o maior número de pinos possível.

Caso derrube todos os pinos com a primeira bola (strike), o jogador não faz a segunda tentativa e será a vez do adversário fazer suas jogadas. Cada pino derrubado pelo jogador conta como um ponto. Sendo assim, os pontos são acumulados ao longo das rodadas e, após o décimo frame, o jogador que somar mais pontos é o vencedor.

Se o jogador derrubar todos os pinos em sua primeira jogada da rodada (strike), ele fará naquele frame 10 pontos mais a soma do total de pinos que derrubar nas duas rodadas seguintes. Por exemplo, se ele faz um strike no primeiro frame, derruba quatro pinos no segundo e nove pinos no terceiro, ele fará 23 pontos na primeira rodada (10 somados a quatro e nove). Caso o jogador derrube todos os pinos precisando das duas jogadas da rodada (spare), ele fará naquele frame 10 pontos mais a soma dos pinos derrubados na rodada seguinte. Por exemplo, se ele faz um spare no quarto frame e derruba sete pinos no quinto, ele fará 17 pontos na quarta rodada (10 somados a 7). (Reprodução: Regras dos Esportes)