Siga o OTD

Judô

Brasil encerra Mundial por equipes mistas em sétimo lugar

Brasileiros derrotaram cubanos por 4 a 3 na estreia do Mundial por equipes mistas, mas caíram diante dos franceses nas quartas e para a Alemanha na repescagem.

Brasil encerra Mundial por equipes mistas em sétimo lugar
Rodolfo Vilela/rededoesporte.gov.br

A seleção brasileira de judô se despediu de Baku nesta quinta-feira (27), com um sétimo lugar no Campeonato Mundial por Equipes Mistas, caindo na repescagem para a Alemanha pelo placar de 4 a 2. O judô brasileiro retornará aos tatames do Circuito Mundial da FIJ no Grand Prix de Cancún, no México, nos dias 12, 13 a 14 de outubro.

Depois de uma semana de disputas individuais onde o Brasil conquistou uma medalha de bronze com Érika Miranda (52kg), três quintos (Jéssica Pereira, Daniel Cargnin e Maria Suelen Altheman) e um sétimo lugar (Eric Takabatake), a seleção voltou ao tatame da National Gymnastics Arena nesta quinta para o último dia do evento.

A estreia do Brasil na disputa por equipes mistas no Mundial de Judô foi contra Cuba, já nas oitavas de final, com a vitória dura por 4 a 3. Rafaela Silva, Rafael Macedo, Beatriz Souza e Rafael Silva venceram suas respectivas lutas, enquanto Marcelo Contini, Maria Portela e Beatriz Souza foram derrotados.

Destaque para a vitória da novata Beatriz Souza sobre a multimedalhista olímpica e mundial Idalys Ortiz por ippon na luta extra, que garantiu o quarto ponto brasileiro.

Já nas quartas de final, a equipe brasileira mediu forças com os franceses, mas foi derrotada também por 4 a 2, garantindo a participação na repescagem e levando a França à semifinal. Os escalados para a disputa foram Rafaela Silva (57kg), David Lima (73kg), Maria Portela (70kg), Rafael Macedo (90kg), David Moura (+90kg) e Bia Souza (+70kg).

Na disputa da repescagem, lutando para chegar aos combates valendo a medalha de bronze, o Brasil acabou derrotado e eliminado pela Alemanha, por 4 a 2. Nos combates, os únicos vencedores foram Rafael Silva – na categoria +90kg, diante de Karl Richard Frey – e Maria Suelen Altheman – na +70kg, contra Carolin Weiss.

Rafaela Silva (-57kg) foi superada por Theresa Stoll, David Lima (-73kg) por Anthony Zing, Maria Portela (-70kg) por Laura Vargas Koch e, por fim, Eduardo Yudy Santos (-90kg) por Eduard Trippel. Com o resultado, encerrou a disputa por equipes mistas na 7ª colocação. A final será disputada entre Japão e França, enquanto o bronze será entre Azerbaijão e Rússia, e Alemanha e Coreia.

Relembre como foi o Mundial:

Mais em Judô