Siga o OTD

Judô

Médica, mãe de Cargnin planeja almoço sem contato no domingo

Médica combatendo a pandemia, mãe de Cargnin sonha com Dia das Mães sem contato “que valem a eternidade”

Daniel Cargnin - Dia das Mães - Ana Rita - Judoca - Judô - Coronavírus
Judoca Daniel Cargin e a mãe Ana Rita (arquivo pessoal)

Em 2020, o dia das mães da família de Daniel Cargnin, do judô, será diferente. Mãe e filhos foram separados por um adversário impiedoso, o coronavírus. E no caso deles, o isolamento social é ainda mais importante: Ana Rita, a mãe do judoca, é nutricionista e trabalha no Hospital de Clínicas de Porto Alegre, atuando na linha de frente no combate ao Covide-19. 

“A gente não está tendo contato, porque ela tem medo de passar alguma coisa e a gente também tem medo de passar algo para ela”, contou Daniel Cargnin ao Olimpíada Todo Dia

A Dra. Ana Rita está sozinha em sua casa, mas a união com os três filhos continua firme, mesmo que virtualmente. Nesse sentido, a tecnologia tem sido uma das aliadas mais importantes para Daniel, a mãe e os irmãos. “A gente manda áudio, vídeo sempre e também tenho assistido às lives que o Daniel vem fazendo”, explicou a nutricionista. 

+Mãe e treinadora, Cida Lisboa alterna papéis em prol do esporte

Mas no dia das mães, não há rede social que segure a saudade. “Pensei em fazer um almoço domingo e chamá-los somente quando ficar pronto. E, claro, seguir o protocolo: todos de máscara, sem abraços, beijos e mantendo distância. Terminou o almoço, sozinha de novo, até porque domingo à noite estou de plantão no hospital”, disse Ana Rita ao OTD. “Trinta minutos que eu passe com eles já vai valer uma eternidade”. 

Apesar da distância, da falta dos filhos e do dia das mães no mínimo diferente, um dos fatores que vem confortando Ana Rita é carinho dos pacientes em meio à pandemia de coronavírus. E mesmo com um clima de “insegurança e incerteza”, a mãe de Daniel não tem dúvidas sobre seu trabalho.

“Não penso em medo nesse momento, porque penso que trabalhar no hospital é minha opção e eu não me imagino em outra profissão, nem trabalhando em outro lugar. E também receber o carinho dos pacientes nesse momento nos dá mais força ainda. No Rio Grande do Sul, o respeito pelo isolamento social desde o começo fez toda a diferença e o hospital tem recebido e conseguido prestar atendimento a todos os pacientes e tem dado atenção para os funcionários também”, relatou Ana Rita. 

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

Amor e parceria

A distância entre Daniel Cargnin e a mãe Ana Rita, no entanto, não é exatamente uma novidade. Mas mesmo morando sozinho desde cedo e tendo que lidar com um calendário cheio de competições, o judoca sempre fez questão de reservar um tempo para a família, inclusive no dia das mães.

“É muita correria, mas sempre que podemos, nos reunimos no final de semana, procuramos tirar férias no fim de dezembro, quando tem a folga do judô, para podermos viajar um pouquinho, nem que seja uma semana, só para reunir a família”, contou a mãe de Daniel Cargnin. 

“Amor e parceria. É o que significa a nossa família”, completou.

Daniel Cargnin começou a praticar judô ainda na escola e logo passou a participar de competições no Rio Grande do Sul. O incentivo? A mãe. “Eu saí muito cedo de casa, mas a nossa relação é muito boa, até porque ela foi o principal motivo de eu ter seguido no judô. Ela sempre gostou muito de esporte, me levava para cima e para baixo nas competições. Ela sempre foi uma motivação para mim, um exemplo porque é muito guerreira e eu tento levar isso para o tatame também”. 

Exemplo mútuo

“Eu sempre incentivei a prática do judô, porque eu identifiquei no Daniel qualidades necessárias para um atletas. Ele é disciplinado, determinado, tem vontade de aprender e é uma pessoa muito resiliente. Se eu sempre fui um exemplo para ele, hoje ele é um exemplo para mim”, completou Ana Rita. 

O exemplo e admiração de Daniel pela mãe, no entanto, vai muito além do esporte. Ele leva para a vida. E nada melhor que o dia das mães para agradecer por tudo isso. “Minha mãe é muito importante. Muitos valores que eu tenho, os melhores que eu tenho, vêm dela. Uma pessoa que não desiste das coisas e que não tinha nada, mas conseguiu lutar, trabalhar, estudar para conseguir o que tem hoje. Por isso ela é minha fonte de inspiração”.

AGENDA DO DIA

jul 3 02:30 CSI2* Royan CSI1* Prix Piste Fibrée Equiplus CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Felipe Amaral, Pedro Muylaert e Ana Brentani Samaia jul 3 03:00 CSI2* Lier CSIYH1* – 5 anos 13º lugar 0 pen. 39s71 Pedro de Andrade Costa jul 3 04:00 CSI2* Lier CSIYH1* – 6 anos CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Luis Antonio Rodrigues Neves e Pedro de Andrade Costa jul 3 04:00 CSI2* Lier CSI2* – 1m40 – Classe 5a CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Pedro de Andrade Costa e André Américo de Miranda jul 3 05:00 CSI2* Vilamoura CSI2* Duas Fases 1,30 m CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Felipe Ramos Guinato, Fernando Guinato Neto, Daniel Chaves Anicet e Jacques Jochims Fernandes jul 3 05:30 CSI5*/CSI2* St. Tropez CSI5* – Jump Off – 1.55m CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Marlon Zanotelli e Yuri Mansur jul 3 06:30 CSI2* Lier CSIYH1* – 7 anos 30º lugar - 0 pen. 78s26 André Américo de Miranda (Chatel Van de Wolfsakker) jul 3 07:00 CSI2* Lier CSI2* – 1m40 – Classe 5b 71 º lugar - 4 pen. 38s50 André Reichmann (Quinetto Z) jul 3 07:15 CSI2* Royan CSI2* 2 eme Qualif CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Felipe Amaral e Pedro Muylaert jul 3 07:15 CSI2* Vilamoura PN 02 – 1,00 m 10º lugar 1 pen. 78s40 Fernando Guinato Neto jul 3 08:45 CSI5*/CSI2* St. Tropez CSI5* – Faltas & Tempo – 1.50m CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Marlon Zanotelli e Yuri Mansur jul 3 10:06 CSI3* Tryon $5,000 1.40 Open Jumper Stake II2b 2º lugar 0 pen. 29s56 Eduardo Menezes jul 3 10:30 CSI2* Royan CSI1* 6º lugar 0 pen. 69s66 Ana Brentani Samaia jul 3 10:30 CSI2* Lier CSI2* – 1m45 LR 81º lugar 8 pen. 72s20 Fernando Chiarotto Penteado (Invisible Star) jul 3 11:30 CSI5*/CSI2* St. Tropez CSI2* – Faltas & Tempo – 1.40m 26º lugar 0 pen. 72s69 Yuri Mansur jul 3 11:30 CSI2* Vilamoura CSIYH1* – 6 e 7 anos – Duas Fases – 1,25 m CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Jacques Jochim Fernandes e Daniel Chaves Anicet jul 3 12:00 CSI2* Vilamoura CSI2* – Contrarrelógio – 1,20 m CLIQUE E VEJA OS RESULTADOS Fernando Guinato Neto e Silvio Teixeira da Silva jul 3 12:51 CSI3* Tryon $3,000 1.35m Open Jumper Stake II2b 13º lugar 10 pen. 78s08 Luiz Francisco de Azevedo jul 3 13:00 Campeonato Grego de vôlei masculino Panathinaikos (GRE) PAOK (GRE) jul 3 13:30 CSI2* Vilamoura CSI2* – Contrarrelógio – 1,40 m 31º lugar 8 pen. 66s01 Felipe Ramos Guinato jul 3 14:00 CSI2* Lier CSI1* – 1m20 49º lugar 12 pen. 82s68 Maria Conceição Gonzaga jul 3 15:00 CSI2* Lier CSI1* – 1m10 18º lugar 4 pen. 55s74 Maria Conceição Gonzaga

Mais em Judô