Siga o OTD

Planeta Ippon

Seleção brasileira inicia série de treinamentos na Europa

Com 52 atletas, time começa temporada na cidade de Mittersill visando pontos na reta final da corrida para os Jogos Olímpicos

seleção brasileira de judô em campo de treinamento em Mittersill, na Áustria
(divulgação/CBJ)

A seleção brasileira de judô entrou oficialmente no tatame para treinar nesta temporada na quarta-feira (8). Ao todo, 52 atletas participam da abertura da temporada no campo de treinamento de Mittersill, na Áustria.

As atividades lá acontecem até a próxima quarta-feira (15). A seguir, parte da seleção brasileira segue para Roma onde fará mais um período de treinamento, o último antes do primeiro Grand Prix do circuito internacional de judô, em Tel Aviv, no final do mês.

O campeonato em Israel vale até 700 pontos no ranking mundial, que é base para a definição dos classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio no início do segundo semestre.

A corrida olímpica do judô termina no World Masters de Doha, no Catar, no final de maio. A definição da seleção brasileira que vai a Tóquio sai logo após essa competição, entre os dias 1º e 2 de junho.

Mulheres primeiro

As judocas brasileiras foram as primeiras a encarar as adversárias no tatame austríaco. Os homens homens começarão os treinos na quinta (9).

As equipes feminina e masculina treinam separadamente em Mittersill em dois períodos até o antepenúltimo dia. Nos dois últimos os treinos serão mistos, com o último dia sendo apenas no período da manhã.

Os homens são divididos em dois grupos, sendo um com atletas até 73kg e o outro com os judocas acima ddesta categoria.

O Treinamento de Campo de Mittersill é um dos mais tradicionais e importantes da Europa. Nesta edição reúne 1.150 atletas de 67 países, sendo o time russo o mais numeroso, com 120 representantes.

+ Confira o calendário da temporada que está começando

“Mittersill é importante porque reúne toda a comunidade europeia, e passa a ser uma oportunidade muito boa para as nossas judocas absorverem mais experiências no tatame com essas principais atletas, como as francesas, que vieram com a equipe principal, Espanha, Alemanha, França, Kosovo”, disse Mario Tsutsui, técnico da seleção brasileira feminina de judô.

+ INSCREVA-SE NO NOSSO CANAL NO YOUTUBE

“Teremos o Grand Prix de Tel Aviv no final do mês e depois dois Grand Slam. Precisamos estar bem preparados para começar o ano com resultados positivos nas competições”, acrescentou, da Áustria.

Mais em Planeta Ippon