Siga o OTD

Judô

Larissa Pimenta perde o bronze e termina em quinto em Osaka

Larissa Pimenta foi a melhor brasileira no primeiro dia do Grand Slam de Osaka. Assista aos vídeos de todas as lutas dos judocas do país

IJF

Seis lutadores abriram a participação do Brasil nesta sexta-feira no Grand Slam de Osaka de judô. O melhor desempenho foi o de Larissa Pimenta, que chegou na disputa da medalha de bronze, mas perdeun e terminou em quinto lugar. Sarah Menezes, Gabriela Chibana e Charles Chibana chegaram nas oitavas de final, enquanto Renan Torres e Eric Takabatake foram eliminados nas lutas de estreia. Veja abaixo como foi o desempenho de todos os judocas do país no primeiro dia da competição:

Larissa Pimenta – 52kg

A estreia de Larissa Pimenta foi contra Sariuna Tsyzhipova, de apenas 18 anos, atleta de origem americana, mas que hoje faz parte do time olímpico de refugiados. A brasileira precisou de pouco mais de dois minutos para liquidar o duelo. A adversária já tinha levado um shido e pouco depois acabou sendo derrotada por ippon.

Nas oitavas de final, Larissa Pimenta teve uma luta muito dura contra a sul-coreana Jeong Bokyeong. O tempo regulamentar terminou empatado e a decisão só veio no Golden Score com um wazari conseguido pela brasileira.

Nas quartas de final, o caminho de Larissa Pimenta começou a se complicar quando ela enfrentou a japonesa Ai Shishime. A brasileira levou em menos de um minuto dois shidos, um por postura defensiva e outro por ter saído da área de luta. Em desvantagem, não conseguiu aplicar nenhum golpe consistente na adversária e acabou levando um terceiro shido com 1min53, novamente por ter saído da área de luta, e acabou derrotada.

Com a derrota nas quartas de final, Larissa Pimenta foi para a repescagem, onde fez sua melhor luta no Grand Slam de Osaka contra a canadense Ecaterina Guica. O começo não foi dos melhores com a brasileira levando um shido por falso ataque com 42 segundos de luta, mas pouco depois ela entrou em vantagem no placar ao conseguir um shido. Com 1min49 de combate, a judoca de 20 anos aplicou um ippon na adversária e garantiu a classificação para disputar a medalha de bronze.

No caminho para Larissa Pimenta subir no pódio apareceu mais uma japonesa: Chishima Maeda. Com apenas 18 segundos, a adversária entrou em vantagem com um wazari. Depois disso, administrou o combate até cronômetro zerar para assegurar a conquista da medalha de bronze.

Sarah Menezes – 52kg

Campeã olímpica em Londres 2012, Sarah Menezes foi outra brasileira a competir na categoria até 52kg, mas ela não passou das oitavas de final. Sua única vitória veio na estreia contra Christianne Legentil, da Mauritânia, por ippon em apenas 2min43 de luta.

Nas oitavas de final, Sarah Menezes parou na francesa Amandine Buchard. Foi uma luta equilibrada que foi definida perto dos três minutos de combate. A brasileira levou um shido por falta de combatividade e logo na sequência sofreu um wazari. Em vantagem, a judoca europeia conseguiu manter a diferença para vencer e seguir em frente na competição. Buchard terminou com a medalha de ouro no Grand Slam de Osaka. O resto do pódio foi todo japonês: prata para Uta Abe e bronze para Ai Shishime e Chishina Maeda.

Gabriela Chibana – 48kg

Na categoria até 48kg, Gabriela Chibana não passou das oitavas de final. A brasileira fez duas lutas no Grand Slam de Osaka. Na primeira, derrotou Wong Ka Lee, de Hong Kong, por Ippon.

O azar de Gabriela Chibana foi ter pego logo na segunda luta a japonesa Funa Tonaki, que acabou conquistando a medalha de ouro. A brasileira levou um shido por falta de combatividade e logo em seguida viu adversária aplicando nela um wazari. Faltando 54 segundos para o final do combate, a judoca que viria se tornar a campeã do Grand Slam de Osaka conseguiu mais um wazari e venceu por ippon.

Charles Chibana – 66kg

Na categoria até 60kg, Charles Chibana estreou contra Lien Chun Te, da China Taipei, e conseguiu a vitória com a eliminação do adversário, que levou três shidos durante o combate.

Nas oitavas de final, Charles Chibana encarou o japonês Yuji Aida e chegou a conseguir um wazari com 2min54 de luta. Mas o golpe foi reavaliado pela arbitragem e a pontuação do brasileiro foi retirada. 23 segundos depois, quem obteve um wazari foi Aida, que conseguiu segurar a vantagem até o fi

Renan Torres – 60kg

Na categoria até 60kg, Renan Torres não passou da luta de estreia. Ele pegou logo de cara o japonês Ryuju Nagayama e foi derrotado por ippon em apenas 2min45 de luta.

Eric Takabatake – 60kg

Também na categoria até 60kg, Eric Takabatake teve pela frente um japonês na estreia. Ele encarou Dai Aoki e levou um ippon em apenas 2min20.

Mais em Judô