Siga o OTD

Jogos Sul-Americanos

Brasil estreia com goleadas nos Jogos Sul-Americanos

Com vitórias de “goleada”, contra Colômbia e Paraguai, Brasil abre a participação nos Jogos Sul-Americanos, na Bolívia

A seleção brasileira feminina de rugby sevens manteve a rotina no primeiro dia de competição dos Jogos Sul-americanos Cochabamba 2018. Invicta contra seleções da América do Sul, a equipe venceu com facilidade seus dois primeiros adversários neste domingo, dia 27: 34 a 0 contra a Colômbia e 42 a 12 contra o Paraguai.

Além da medalha de ouro, o primeiro lugar do torneio garante a vaga para os Jogos Pan-americanos Lima 2019, o grande objetivo da seleção brasileira, mesmo com uma equipe bem renovada em relação a que disputou os Jogos Olímpicos Rio 2016.

A jogadora mais experiente do Brasil é Baby Futuro, que já disputou 11 edições de campeonatos sul-americanos, além da Rio 2016. Baby afirmou que o objetivo é controlar todos os jogos, como nas duas partidas de hoje. A atleta de Niterói destacou a equipe da Colômbia, o primeiro adversário do dia. “O time delas é bem renovado e ganhou o sul-americano juvenil há pouco tempo. Elas começaram bem, mas nos controlamos o jogo desde o início, que era o nosso objetivo”, disse a atleta.

No rugby sevens, os Jogos Sul-americanos se equivalem ao campeonato sul-americano. A equipe feminina do Brasil conquistou todas as 13 edições do torneio (contando Jogos e campeonatos) sem nunca perder uma partida. Para a capitã da equipe brasileira, a invencibilidade no continente é mais uma responsabilidade do que uma pressão. “A gente não foca nisso. Perder faz parte e os outros times estão investindo e evoluindo bastante, principalmente Argentina e Paraguai. O importante é a gente continuar trabalhando duro para que as coisas continuem como estão”, afirmou a capitã da seleção brasileira.

O torneio em Cochabamba tem sete equipes e todas jogam contra todas para a definição da campeã, com direito a vaga em Lima 2019. Nos Jogos Pan-americanos Toronto 2015, estreia da modalidade, o Brasil ficou em terceiro, atrás de Estados Unidos e Canadá.

Cochabamba é uma cidade andina, a 2700 metros de altitude. Algumas atletas e equipes estão sentindo dificuldade em jogar nessas condições. Nas partidas de rugby, o departamento médico do Time Brasil chega a levar cilindros de oxigênio para as atletas. “Eu não estou sentindo, algumas outras meninas um pouco mais. Chegamos cedo e já nos adaptamos. Eu noto que outras equipes estão sentindo mais”, disse Baby Futuro.

Masculino – A seleção masculina também estreou neste domingo, dia 27, mas com mais dificuldades, enfrentando adversários com tradição no rugby sevens. O Brasil empatou com o Uruguai em 14 a 14 e foi derrotado pela Argentina por 24 a 7.

Na primeira partida do dia, o Brasil chegou a abrir 14 a 0 ao final do primeiro tempo contra o Uruguai. Mas não conseguiu segurar o resultado nos últimos lances da partida. “Foi um empate com um pouco de sabor de derrota sim, mas os méritos são do Uruguai que fez um bom final de jogo, “disse Victor Silva. “Não temos tempo pra lamentar resultado negativo. Nós vamos nos recuperar”, completou o atleta de 20 anos.

No masculino, a Argentina já está classificada para os Jogos Pan-americanos. Brasil, Uruguai e Chile devem brigar pelas duas vagas à disposição no torneio dos homens. A equipe brasileira sofreu uma renovação ainda maior que a feminina.  “Nosso objetivo aqui é a classificação para o Pan, que virá com o pódio. Não podemos desanimar. Ainda faltam outros quatro jogos para alcançarmos nosso objetivo”, disse Victor.

AGENDA DO DIA

jan 16 01:30 NBA Los Angeles Lakers Chicago Bulls jan 16 01:30 Australian Open Marcelo Demoliner (BRA) / Frederik Nielsen (DIN) Gerard Granollers (ESP) / Marcel Granollers (ESP) jan 16 06:00 Australian Open Bia Haddad Maia (BRA) Angelique Kerber (ALE) jan 16 07:50 Aberto da Hungria de tênis de mesa Bruna Takahashi (BRA) Wang Yidi (CHN) jan 16 07:50 Aberto da Hungria de tênis de mesa Lin Gui (BRA) Yu Fu (POR) jan 16 08:40 Aberto da Hungria de tênis de mesa Gustavo Tsuboi (BRA) Tomislav Pucar (CRO) jan 16 12:30 Mundial de handebol masculino - Grupo D Angola Argentina jan 16 12:30 Mundial de handebol masculino - Grupo B Japão Islândia jan 16 13:40 Aberto da Hungria de tênis de mesa Manika Batra (IND)/Archana Kamath (IND) Lin Gui/Bruna Takahashi (BRA) jan 16 14:00 Campeonato Brasileiro da Classe Laser jan 16 14:20 Aberto da Hungria de tênis de mesa Cristian Pletea/Hunor Szocs (ROM) Marcelo Aguirre (PAR)/Thiago Monteiro (BRA) jan 16 14:20 Aberto da Hungria de tênis de mesa Amin Ahmadian/Noshad Ahmadian (IRÃ) Eric Jouti/Gustavo Tsuboi (BRA) jan 16 14:30 Euroliga de basquete feminino Fenerbahce (TUR) Perfumerias Avenida (ESP) jan 16 15:00 Mundial de handebol masculino - Grupo B Croácia Bahrein jan 16 15:00 Copa São Paulo de Juniores - Oitavas-de-final Atlético-MG Volta Redonda jan 16 15:00 Mundial de handebol masculino - Grupo D Hungria Egito jan 16 15:15 Aberto da Hungria de tênis de mesa Wei Shihao/Sun Jiayi (CRO) Hugo Calderano/Bruna Takahashi (BRA) jan 16 17:15 Copa São Paulo de Juniores - Oitavas-de-final Grêmio Audax jan 16 17:30 Mundial de handebol masculino - Grupo B Macedônia Espanha jan 16 17:30 Mundial de handebol masculino - Grupo D Qatar Suécia jan 16 18:00 Libertadores de vôlei masculino EMS Taubaté Funvic Libertad (ARG) jan 16 19:00 NBB Minas Tênis Clube São José Basketball jan 16 19:30 Copa São Paulo de Juniores - Oitavas-de-final Coritiba Vasco jan 16 20:00 NBB Corinthians Pinheiros jan 16 20:00 Copa Brasil de vôlei masculino Sesc-RJ Minas Tênis Clube jan 16 20:30 Libertadores de vôlei masculino Sesi UPCN (ARG) jan 16 21:45 Copa São Paulo de Juniores - Oitavas-de-final Corinthians Visão Celeste

Mais em Jogos Sul-Americanos