Siga o OTD

Badminton

Brasil massacra Chile na estreia dos Jogos Sul-Americanos

Na disputa por equipes do badminton, Brasil venceu todos os cinco confrontos sem perder um set sequer

O primeiro esporte disputado pelo Brasil na edição 2018 dos Jogos Sul-Americanos foi o badminton. Antes mesmo da cerimônia de abertura, o país estreou no torneio misto por equipes e massacrou o Chile por 5 a 0.

“Senti um pouco de nervosismo antes da estreia, mas depois que a partida começou não deu tempo para pensar nisso. Foi importante vencer por 5 a 0 para enfrentar o Peru apenas na final. Nossa equipe é melhor, mas eles são mais entrosados”, disse Ygor Coelho, que disputou os Jogos Olímpicos Rio 2016 como principal nome do Brasil na modalidade.

Com o atual bicampeão pan-americano, Ygor Coelho, em ação, o Brasil não deu a menor chance para o adversário. Mas antes mesmo dele entrar em quadra, o Chile percebeu que seria muito difícil vencer os brasileiros. 

O confronto começou com as duplas mistas. Luana Vicente e Artur Pomoceno derrotaram Christian Ortiz e Ashley Rubilar por 21/14 e 21/12. Foi o duelo em que os chilenos mais conseguiram pontuar.

Nas duplas masculinas, Ygor Coelho e Artur Pomoceno atropelaram Christian Ortiz e Ivan But no primeiro ser por 21/5. No segundo, os brasileiros relaxaram um pouco, mas ainda assim conseguiram a vitória por 21/16.

Ygor Coelho voltou para a quadra para a disputa de simples contra Fernando Villalobos e não deu nenhuma chance para o adversário ao marcar 21/5 e 21/9.

Com o 3 a 0, a vitória brasileira já estava garantida, mas o duelo seguiu. Nas duplas femininas, Luana Vicente e Fabiana Silva fizeram 21/3 e 21/10 em cima de Contanza Butt e Javiera Vega. Para completar, Fabiana Silva fez 21/11 e 21/9 em cima de Ashley Rubilar.

O mais feliz entre os brasileiros após a vitória deste sábado era Artur Pomoceno, que jogou duas vezes. Artur é o mais novo da equipe e o único sem experiência em uma competição multi-esportiva como os Jogos Sul-americanos. “Eu estou muito feliz e me sentindo muito a vontade. Fazer parte do Time Brasil é um sonho. A convivência com atletas de outros esportes na Vila é fantástica, todos me incentivando bastante”, afirmou Artur.

Para o treinador brasileiro, o português Marco Vasconcelos, o objetivo da equipe brasileira em Cochabamba é confirmar a hegemonia nacional no continente, expressa nos últimos anos, e iniciar a preparação rumo aos Jogos Pan-americanos Lima 2019, no Peru. “Somos considerados atualmente a potência número um do badminton sul-americano, mas temos que respeitar todos dentro de quadra. Não existe campeão antecipado, mas trabalhamos para garantir o domínio continental”, disse o treinador.

Brasil, Chile e Bolívia estão no Grupo 2, enquanto Peru, Argentina e Bolívia estão no Grupo 1. Antes de enfrentar o Brasil, o Chile venceu a Bolívia por 5 a 0. No domingo, dia 27, pela manhã o Brasil enfrenta a Bolívia, dona da casa. A semifinal da competição será realizada também no domingo, à tarde, e as finais na segunda-feira, dia 28.

AGENDA DO DIA

maio 21 05:00 ITF de Caserta Gabriela Cé (BRA) 2 Dalila Spiteri (ITA) 1 maio 21 05:30 Challenger de Jerusalém Jamie Cerretani (EUA)/Luis David Martinez (VEN) 2 David Marrero (ESP)/Fernando Romboli (BRA) 0 maio 21 05:30 ITF de Tabarka Pauline Courcoux (FRA) 0 Rebeca Pereira (BRA) 2 maio 21 07:00 Challenger de Jerusalém João Menezes (BRA) 1 Teymuraz Gabashvili (RUS) 2 maio 21 08:00 Etapa de Antalya da Copa do Mundo de tiro com arco Recurvo masculino – Classificação 634 pontos / 103º lugar / Classificado Edson Kim (BRA) maio 21 08:00 Etapa de Antalya da Copa do Mundo de tiro com arco Recurvo masculino – Classificação 683 pontos / 5º lugar / Classificado Marcus D’Almeida (BRA) maio 21 08:00 Etapa de Antalya da Copa do Mundo de tiro com arco Recurvo masculino – Classificação 657 pontos / 58º lugar / Classificado Marcelo Costa (BRA) maio 21 08:00 Etapa de Antalya da Copa do Mundo de tiro com arco Recurvo masculino – Classificação 657 pontos / 57º lugar / Classificado Bernardo Oliveira (BRA) maio 21 08:00 Etapa de Antalya da Copa do Mundo de tiro com arco Recurvo feminino – Classificação 621 pontos / 80º lugar / Classificada Ane Marcelle dos Santos (BRA) maio 21 11:00 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase Bélgica 0 Estados Unidos 3 maio 21 12:00 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase Coreia do Sul 0 Turquia 3 maio 21 12:30 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase Tailândia 3 Alemanha 0 maio 21 13:00 ITF de Cancún Thaisa Pedretti (BRA) 2 Paula Baranano (ARG) 0 maio 21 13:00 Etapa de Londres da Street League Classificatória Global feminina 33ª. colocada (eliminada) Marina Gabriela maio 21 13:00 Etapa de Londres da Street League Classificatória Global feminina 12ª. colocada (classificada para a semifinal) Isabelly Ávila maio 21 13:00 Etapa de Londres da Street League Classificatória Global feminina 6ª. colocada (classificada para a semifinal) Gabriela Mazetto maio 21 14:30 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase Bulgária 1 Japão 3 maio 21 15:00 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase Sérvia 3 Holanda 0 maio 21 15:00 Campeonato Brasileiro Sub-17 de futebol masculino - Grupo B América-MG 3 Bahia 0 maio 21 15:30 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase Polônia 2 Itália 3 maio 21 16:30 Campeonato Brasileiro Sub-17 de futebol masculino - Grupo B Flamengo 2 Internacional 2 maio 21 17:00 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase República Dominicana 3 Rússia 1 maio 21 17:00 ITF de Caserta Lizette Cabrera (AUS)/Julia Grabher (AUT) 2 Gabriela Cé (BRA)/Claudia Giovine (ITA) 0 maio 21 20:00 Liga das Nações de vôlei feminino - Primeira Fase Brasil 3 China 0 maio 21 20:00 ITF de Tacarigua Vivian Toma (BRA)/Danielle Alamo (EUA) 0 Zoe Hitt (EUA)/Kriti Williams (EUA) 2

Mais em Badminton