Siga o OTD

Parapan 2019

Incansável! Petrúcio chega mais maduro para o Parapan de Lima

Dono de duas medalhas de ouro em Toronto 2015, Petrúcio Ferreira, do atletismo paralímpico classe t47, chega mais maduro em busca de mais pódios para o Brasil

Petrúcio Ferreira concorre ao prêmio Mellhor Atleta das Américas
Divulgação/Nissan

Incansável! Petrúcio Ferreira, do atletismo paralímpico classe t47, começou o ano com um acidente no rio. Teve que se submeter à uma cirurgia no maxilar. Mesmo com o tempo sem treinar, Petrúcio voltou com tudo na temporada. Já tem até recorde mundial batido nos 200m rasos. Agora, mais maduro, o brasileiro se prepara para o seu segundo Pan-Americano, em Lima 2019.

“Agora eu estou mais experiente nas competições. Mas no início, no meu primeiro Pan, ainda teve aquela orientação na hora da chamada e tudo mais. Agora eu já estou um pouco, bem mais tranquilo. No meu primeiro Pan, eu estava um pouco nervoso ainda,” contou Petrúcio Ferreira em entrevista exclusiva ao Olimpíada Todo Dia.

Há quatro anos, o atleta esteve em sua primeira edição dos Jogos Pan-Americanos, em Toronto 2015. Na bagagem ele já tem duas medalhas de ouro, nos 100m e nos 200m rasos, em uma temporada também cheia de contratempos e momentos difíceis.

“Eu falo que o Pan-Americano foi um pouco sustoso pra mim. Teve um pouco de susto que antes de chegar nos Jogos Pan-Americanos eu tive algumas lesões na temporada 2015. E a temporada teve grandes competições. E eu voltei a treinar faltando três semanas para o Pan-Americano. Voltando de lesão e acabei recuperando essa lesão. Fui para o Pan-Americano e ao chegar no Canadá para participar eu consegui fazer umas boas provas. Inclusive, eu consegui melhorar até as minhas marcas, que antes era 10s81 no Pan-Americano eu consegui fazer 10s77. O medo que eu tive de não conseguir chegar no Pan-Americano, eu consegui chegar bem no Pan-Americano e fazer bons resultados. É a minha melhor lembrança de 2015. Uma lembrança que no início não foi nada bom, mas foi um final feliz no Pan-Americano.”

Petrúcio voltou para o Brasil com o dever cumprido. “Voltei muito alegre para o Brasil. Inclusive, ter representado meu país no Pan-Americano, ter conseguido me recuperar, melhor e voltei pra casa com o dever cumprido.”

Agora, em Lima 2019, o atleta pode ser considerado um dos favoritos pelas marcas que já tem no currículo. Mesmo assim, não existe favoritismo ou pressão em seu vocabulário. “Eu tento tirar essa palavra pressão. Tento levar para o lado… Uma brincadeira. Passa a ser uma brincadeira séria. Mas pra mim hoje estar correndo, treinando, é uma paixão. É amor pelo que eu faço.”

Se em 2015 foram dois ouros, a expectativa de 2019 não é diferente disso. “Minha expectativa pra Lima é das melhores. É chegar e dar o meu melhor. Subir no ponto mais alto do pódio.”

As provas de Petrúcio Ferreira em Toronto 2015

A primeira edição de Petrúcio Ferreira nos Jogos Pan-Americanos foi Toronto 2015. Se ele voltou com o lugar mais alto do pódio, voltou também com memórias cheia de detalhes das provas que participou. Relembre!

100m

“Relembrar a prova. Teve um fato interessante, que foi a respeito da semifinal. Eu corri a semifinal, fiz a marca de 11s15 e teve um cubano Raciel Gonzalez que correu bem a prova. Na semifinal. Chegou a correr 10s95. Pelos resultados, ele fez a melhor marca. Ele era o favorito para ganhar na final. No aquecimento, ele me encarava muito, porque sabia que eu tinha feito a segunda melhor marca, próxima da dele, 11s05. Mas com tudo isso a dele tinha sido bem mais expressiva que a minha. E acabou que ele me encarou. Eu não estava percebendo. Aí chegou um companheiro meu e disse: o cubano está te encarando, porque você fez a melhor marca pra classificar pra final. E no momento que eu olhei pra ele, que ele tava tentando me intimidar, eu só fiz assim: cumprimento. Tipo, deixei um recado que a gente se encontrava na final. E a gente foi para aquela prova. Eu consegui largar bem e consegui pegar o primeiro lugar, com a marca de 10s77. E ele repetiu o mesmo feito da semifinal 10s95. Já no pódio foi diferente. Ele me respeitou.”

200m

“Os 200m do Pan foi uma prova muito boa. Era uma prova esperada pelos meus adversários, porque eu acabado de… Eu tinha recém quebrado o recorde mundial dos 200m. Porque era uma prova que eu falava que estava mais cobrado, por ser o recordista mundial da prova. Então eu já esperava fazer um bom resultado. Mas eles não sabiam que eu estava voltando de lesão. E acabou que mesmo voltando de lesão eu quase igualava a minha melhor marca na temporada 2015. Era 21s49 eu consegui correr os 200m para 21s50. Pouca coisa eu não igualei minha melhor marca. Mas eu consegui fazer uma boa prova, mesmo com aquele receio de correr, com aquele medo de correr, que tinha voltado de lesão. E pra cabeça do atleta é um pouco complicado. A volta tem aquele medo de pisar, a mesma dor da lesão, que tinha sentido antes. E consegui fazer essa boa marca nos 200m e pegar a medalha de ouro. Subir no lugar mais alto do pódio.”

AGENDA DO DIA

fev 23 03:30 Campeonato Australiano de futebol feminino Brisbane Roar 5 Canberra United 0 fev 23 04:00 Etapa do Cairo da Copa do Mundo de florete masculino Disputa por equipes Eliminado na primeira rodada Brasil fev 23 05:00 Campeonato Sul-Coreano de basquete feminino Blue Minx (COR) 64 Busan BNK Sum (COR) 67 fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô Acima de 100kg Eliminado na segunda rodada David Moura (BRA) fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô Acima de 100kg Rafael Silva (BRA) fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô 100kg 5º lugar Rafael Buzacarini (BRA) fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô 100kg Eliminado na segunda rodada Leonardo Gonçalves (BRA) fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô 90kg Eliminado na segunda rodada Rafael Macedo (BRA) fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô Acima de 78Kg 5º lugar Beatriz Souza (BRA) fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô Acima de 78Kg Eliminada na segunda rodada Maria Suelen Altheman (BRA) fev 23 06:00 Campeonato Romeno de handebol masculino Minaur Baia Mare (ROM) 31 Steua Bucareste (ROM) 29 fev 23 06:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô 78kg Prata Mayra Aguiar (BRA) fev 23 07:00 Campeonato Espanhol de futebol feminino Real Sociedad 1 Granadilla Tenerife 0 fev 23 08:00 Campeonato Espanhol de futebol feminino Madrid 0 Atlético de Madrid 1 fev 23 08:00 Campeonato Espanhol de futebol feminino Levante 2 Tacón 1 fev 23 08:30 Campeonato Italiano de futebol feminino Sassuolo 0 Roma 1 fev 23 08:45 Campeonato Polonês de handebol feminino MKS Zaglebie Lubin (POL) 26 Koszalin (POL) 25 fev 23 10:30 Rio Open Salvatore Caruso (ITA)/Federico Gaio (ITA) 2 Marcelo Melo (BRA)/Lukasz Kubot (POL) 1 fev 23 11:00 Bundesliga de tênis de mesa TTF Liebherr Ochsenhausen 3 TTC Neu-Ulm 1 fev 23 11:00 Rio Open Felipe Meligeni (BRA)/Thiago Monteiro (BRA) 0 Marcel Granollers (ESP)/Horacio Zeballos (ARG) 2 fev 23 11:30 Campeonato Turco de vôlei feminino Vakifbank (TUR) 3 Nilufer (TUR) 1 fev 23 11:30 ITF de Cancún Carolina Meligeni (BRA) Andrea Gamiz (VEN) fev 23 11:56 Etapa de Montevidéu da Challenger Series de rugby sevens Zimbábue Brasil fev 23 12:00 Campeonato Português de Futebol Feminino CF Benfica Sporting Braga fev 23 12:30 Campeonato Francês de basquete feminino Lyon Asvel (FRA) Lattes Montpellier (FRA) fev 23 12:30 Copa Uana de Natação fev 23 13:00 Campeonato Português de Futebol Feminino Sporting Benfica fev 23 13:00 Campeonato Italiano de vôlei feminino Busto Arsizio (ITA) Bergamo (ITA) fev 23 13:00 Campeonato Italiano de vôlei feminino Brescia (ITA) Perugia Volley (ITA) fev 23 13:00 Champions League de handebol masculino Celje (ESL) Barcelona (ESP) fev 23 13:00 Champions League de handebol masculino Veszprém (HUN) Montpellier HB (FRA) fev 23 13:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô Finais fev 23 14:00 Copa Itália de vôlei masculino Vencedor da Semifinal 1 Vencedor da Semifinal 2 fev 23 15:00 Champions League de handebol feminino Brest (FRA) Gyori (HUN) fev 23 15:00 Copa Itália de vôlei masculino Lube Civitanova (ITA) Perugia (ITA) fev 23 18:00 NCAA - Basquete feminino universitário Georgia Tech Florida State fev 23 18:00 Libertadores Sub-20 de futebol masculino - Grupo C Jorge Wilstermann (BOL) Independiente Del Valle (EQU) fev 23 19:00 NCAA - Basquete feminino universitário Michigan State Michigan fev 23 20:15 Libertadores Sub-20 de futebol masculino - Grupo C Libertad (PAR) Colo Colo (CHL) fev 23 20:30 Copa Internacional de BMX Feminino Júlia Alves fev 23 20:30 Copa Internacional de BMX Masculino Bruno Cogo fev 23 20:30 Copa Internacional de BMX Feminino Priscila Stevaux fev 23 21:00 Pré-Mundial Sub-23 de beisebol Brasil Nicarágua fev 23 21:00 NBA Chicago Bulls Washington Wizards

Mais em Parapan 2019