Siga o OTD

Pan 2019

Ao vivo: Brasil encara Chile no vôlei masculino

Acompanhe agora a segunda partida da seleção brasileira nos Jogos Pan-americanos

Vôlei maculino, nos Jogos Pan-Americanos contra o Chile
Wander Roberto/COB

Acompanhe ao vivo Brasil x Chile no vôlei masculino dos Jogos Pan-Americanos de Lima

A seleção brasileira de vôlei masculino enfrenta o Chile nesta quinta (1º) pela segunda rodada do Grupo B dos Jogos Pan-Americanos. Acompanhe ao vivo a partir das 22h30 pelo Olimpíada Todo Dia. Nesta quarta-feira (31), a equipe comandada pelo técnico Marcelo Fronckowiak levou a melhor sobre o México por 3 sets a 1.

O oposto Abouba foi um dos destaques da partida, sendo o maior pontuador em quadra, com 20 acertos (18 de ataque e dois de bloqueio). O Brasil entrou em quadra com Thiaginho, Abouba, Matheus, Éder, Lucas Lóh, Rodriguinho e Rogerinho. Também participaram do jogo o ponteiro Honorato, o levantador Carísio, o oposto Felipe Roque e o ponteiro Kadu.

O time verde e amarelo abriu boa vantagem em quadra ao longo do primeiro set, mas o México equilibrou no final. Com ace de Matheus, vitória por 25/23. O segundo set teve um início mais equilibrado e a seleção brasileira abriu na metade e administrou até o final, fechando em 25/19. O México comandou boa parte do terceiro set e fechou em 25/22. O Brasil retomou o comando da partida no quarto set, esteve em vantagem e venceu por 25/22.

Após a partida, o técnico do Brasil fez uma análise do desempenho do grupo neste primeiro dia de vôlei masculino em Lima.

“Estou contente com a estreia. Foi muito importante começar com vitória. Havia um pouco de temor em relação a questão da ausência de ritmo, mas fomos muito bem nos dois primeiros sets. Perdemos na falta concentração e foco no terceiro, quando erramos muito e tivemos dificuldades no ataque, e no quarto set o time teve lucidez de voltar a fazer o que estava dando certo, melhorou no ataque e a entrada do Kadu ajudou também”, disse Fronckowiak.

O treinador ainda comentou sobre o prosseguimento do campeonato. “Agora houve quebra do paradigma de nervosismo e ansiedade da estreia. O resultado é super importante para a sequência, já com a possibilidade de jogar uma classificação amanhã, na segunda partida”, destacou Marcelo Fronckowiak.

O Brasil está nos Jogos Pan-Americanos com os levantadores Thiaguinho e Carísio; os opostos Aboubacar e Felipe Roque; os centrais Éder, Cledenilson e Matheus; os ponteiros Lucas Lóh, Kadu, Honorato e Rodriguinho, e o líbero Rogerinho.

Outro grupo, sob o comando do técnico Renan, está na Polônia para a disputa do Memorial Wagner, um torneio amistoso contra Finlândia, Polônia e Sérvia. Na sequência, a seleção terá o importante compromisso de disputar o Pré-Olímpico, que vai acontecer nos dias 9, 10 e 11 de agosto, em Varna, na Bulgária. O grupo do Brasil ainda conta com Porto Rico, Egito e Bulgária. Apenas um conseguirá a vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Mais em Pan 2019