Siga o OTD

Pan 2019

Duda Amorim cobra nova geração por mais “sede de medalha”

Prestes a estrear nos Jogos Pan-Americanos de Lima como grande favorito, Duda Amorim cobra mais “sede de medalhas” da nova geração para repetir o feito da conquista do título mundial de 2013

Na próxima quarta-feira, a Seleção Brasileira estreia no torneio de handebol feminino dos Jogos Pan-Americanos Lima 2019 como grande favorita ao título da competição, que garante ao vencedor uma vaga na Olimpíada de Tóquio. A chance de carimbar o passaporte no Peru para os Jogos do Japão é muito grande, mas, apesar da força do país no continente, a equipe ainda está longe de encarar as principais potências do mundo. Pelo menos é o que diz Duda Amorim, campeã mundial em 2013, que cobra a nova geração de ser mais ambiciosa.

“Essa geração infelizmente, não estou falando das meninas aqui (da Seleção), estou falando no geral, todas querem evoluir, mas é difícil achar alguém hoje em dia alguém que queira evoluir para ser ser top, que almeja o top. Não porque não querem, mas porque não tiveram contato com alguém, não teve alguém que inspirou… Eu estou falando no geral, por favor não leve para o lado ruim. Mas então a gente precisa ter um pouco mais de sede, de acreditar que a gente pode conseguir uma medalha porque a gente vai para jogos internacionais, tem jogos que a gente faz ótimos, consegue empatar com uma França, depois perde de quatro gols, talvez, de uma Sérvia, não lembro dos resultados. Então, a gente tem que ter essa consistência novamente, aquilo que o anterior técnico (Morten Soubek, campeão mundial em 2013), nos falava: acredita, acredita que vocês conseguem. Também é uma parte que a gente está se conhecendo, o técnico novo (Jorge Dueñas), o que nos motiva, o que não nos motiva. Então a gente está fazendo um trabalho muito bom, a gente tem bastante qualidade, mas ainda falta aquela parte mental de acreditar na medalha. Acho que é isso que as mais experientes estão tocando bastante na tecla em relação às meninas mais novas”, explica Duda Amorim, que é uma das remanescentes  do título mundial conquistado pelo Brasil em 2013 ao lado da goleira Barbara Arenhart, das armadoras Ana Paula Rodrigues e Deonise, da ponta Mariana Costa e da pivô Elaine Gomes.

“Hoje a gente ainda não está no lugar com a consistência necessária para conquistar um título (de grande expressão como Mundial e Olimpíada). Mas se eu estou aqui é porque eu acredito muito. Acredito que podemos melhorar, podemos crescer em todos os sentidos. É uma equipe de muito talento, com futuro, mas precisa ser feito algo agora e temos consciência disso”, disse a atleta, .

Jogos Pan-Americanos

Se o Brasil ainda não está pronto para enfrentar as grandes potências do planeta, um estágio fundamental na caminhada para evoluir é o torneio de handebol dos Jogos Pan-Americanos. A fase de preparação, que começou no dia 1 de julho em São Bernardo do Campo, terminou neste sábado. No domingo, a equipe embarca para Lima e faz sua estreia quarta-feira às 22h30 (horário de Brasília) contra Cuba.

“As jogadoras estiveram de férias durante o mês de junho, com um acompanhamento da comissão técnica. Depois desse período tivemos uma primeira fase com uma visão mais dedicada ao trabalho físico, que foi finalizado, e agora, na parte final, focamos nos aspectos técnicos e táticos, que todas as jogadoras estão entendo e colocando em quadra o que se quer”, explicou o técnico Jorge Duñas.

Presente no pódio em todas as edições dos Jogos Pan-Americanos em que houve a disputa do handebol, com duas medalhas de bronze e cinco de ouro, a Seleção Brasileira sabe que é a favorita. “Os Jogos Pan-Americanos são importantes para nós, por ser um caminho para Tóquio. Sabemos que somos os favoritos e que todos querem nos surpreender na competição. Mas estamos trabalhando muito e com essa mentalidade. Jogar como a seleção favorita é diferente, contudo eu vejo que a equipe tem treinado muito bem e temos jogadoras preparadas e acostumadas, pelo que enfrentam em seus clubes, com essa situação”, disse o treinador.

A goleira Barbara Arenhart vê a mistura de trabalho duro e a alegria que as meninas do Brasil demonstram, por estarem juntas, defendendo o país, a chave para que o favoritismo não pese de forma negativa na disputa dos Jogos Pan-Americanos. “Estamos trabalhando muito duro, treinando muito, principalmente nessa segunda etapa de treinamentos, mas é uma característica do brasileiro fazer as coisas com alegria e com o nosso grupo não é diferente. Sabemos da responsabilidade, somos favoritas nos Jogos Pan-Americanos há muito tempo e não queremos voltar com nada menos que a medalha de ouro de Lima”, comentou a goleira Babi.

Mais nova de toda a convocação, Renata Arruda vive seus sonhos nos treinamentos com o Brasil na preparação para o Pan de Lima. Fã declarada de Babi, a também goleira de apenas 20 anos, vive seu sonho só por estar na Seleção Brasileira de handebol adulta. “A preparação está dura. Estar na equipe adulta é um sonho distante, mesmo tendo passado pelas Seleções de base, então ter a oportunidade de participar me sinto muito feliz e honrada em estar aqui”, disse Renata.

Além da Seleção Brasileira, a equipe da Argentina é vista como uma das candidatas a medalha de ouro. Nas duas últimas edições dos Jogos Pan-Americanos, o clássico da América do Sul decidiu o título e para as atletas isso não deve mudar na edição de 2019 do torneio. “Espero que seja um campeonato de muita concentração da gente. Que estejamos muito focadas, eu acho que tá dentro da gente que queremos essa vaga para a Olimpíada, para terminar bem esse ciclo olímpico de Tóquio”, comentou a jogadora.

AGENDA DO DIA

dez 13 00:40 World Tour Finals do tênis de mesa Hugo Calderano (BRA) 4 Jun Mizutani (JAP) 1 dez 13 02:30 Mundial de handebol feminino - Disputa do sétimo lugar Alemanha 24 Suécia 35 dez 13 02:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Egito 4 Espanha 18 dez 13 03:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo B Rússia 10 Canadá 12 dez 13 05:30 Mundial de handebol feminino - Semifinal Rússia 32 Holanda 33 dez 13 06:00 Etapa de Saint-Maur da Copa do Mundo de florete feminino Grupo 6 Gabriela Cecchini (BRA) dez 13 06:00 Etapa de Saint-Maur da Copa do Mundo de florete feminino Grupo 2 Bia Bulcão (BRA) dez 13 06:55 International Challenge da Itália de badminton Daniel Nikolov (BUL) Ygor Coelho (BRA) dez 13 07:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Nova Zelândia Grécia dez 13 08:00 Campeonato Brasileiro de tênis de mesa Individual Olímpico (super pré-mirim, infantil e juventude) e paralímpico (todas as classes) dez 13 08:30 Mundial de handebol feminino - Semifinal Noruega Espanha dez 13 08:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Montenegro Kuwait dez 13 10:06 Etapa da Cidade do Cabo da Série Mundial de rugby sevens feminino Canadá Brasil dez 13 10:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo C Irã Estados Unidos dez 13 11:30 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo D Brasil Uzbequistão dez 13 12:50 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A China África do Sul dez 13 14:00 Etapa de Pipeline do Mundial de surfe dez 13 14:10 Mundial Júnior de Polo Aquático Masculino - Grupo A Sérvia Japão dez 13 16:00 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Semifinal Ferroviária São Paulo dez 13 17:30 Torneio Nike Friendlies Sub-20 de futebol feminino Estados Unidos Brasil dez 13 18:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Dentil Praia Clube Sesi Vôlei Bauru dez 13 19:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Flamengo Osasco Audax dez 13 19:00 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase Pinheiros Curitiba Vôlei dez 13 19:00 Campeonato Paulista de basquete feminino - Final Vera Cruz Campinas Ituano dez 13 19:30 Brasileiro Sub-16 de futebol feminino - Semifinal Santos Vitória dez 13 21:00 NBA Philadelphia 76ers New Orleans Pelicans dez 13 21:00 NBA Orlando Magic Houston Rockets dez 13 21:10 NBB Basquete Rio Claro Franca Basquete dez 13 21:30 Liga Sul-Americana de Basquete masculino - Final Corinthians Botafogo dez 13 21:30 Superliga de vôlei masculino - Primeira Fase EMS Taubaté Funvic Minas Tênis Clube dez 13 22:00 NBA Memphis Grizzlies Milwaukee Bucks dez 13 22:00 NBA Chicago Bulls Charlotte Hornets dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 100kg Rafael Silva (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 100kg David Moura (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô 100kg Rafael Buzacarini (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô 100kg Leonardo Gonçalves (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô 90kg Rafael Macedo (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 78Kg Maria Suelen Altheman (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô Acima de 78Kg Beatriz Sousa (BRA) dez 13 23:00 World Masters de Judô 78kg Mayra Aguiar (BRA)

Mais em Pan 2019