Siga o OTD

Handebol

Brasil massacra Bolívia e decide primeiro lugar com o Chile

Brasil conquista segunda vitória no torneio de handebol masculino dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba ao bater a Bolívia por 50 gols de diferença

Depois da super goleada de 50 a 12 em cima do Peru, a Seleção Brasileira massacrou a dona da casa Bolívia por incríveis 55 a 5 na segunda rodada do Grupo 1 do torneio de handebol masculino dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba. Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Washington Nunes lidera a chave com os mesmos quatro pontos do Chile, mas leva vantagem no saldo de gols: 88 a 66. Os dois países se enfrentam nesta segunda-feira para definir quem se classifica para a semifinal na primeira colocação.

+ CONFIRA O QUADRO DE MEDALHAS

No jogo contra os bolivianos, o Brasil não teve a menor dificuldade para abrir grande vantagem desde o começo do jogo. O primeiro tempo terminou em 29 a 2 para a equipe brasileira. Na segunda etapa, foram mais 26 gols marcados e apenas três sofridos. O ponta Rudolph, com dez gols, foi o artilheiro da partida. Felipe Borges e Leonardo Dutra marcaram oito vezes cada um. Fábio Chiuffa fez sete. Felipe Santaela balançou a rede seis vezes. Rogério Moraes (4), Thiagus Petrus (4), Oswaldo (3), Acácio (2), Thiago Ponciano (2) e Peão (1) completaram o placar.

+ VEJA AGENDA DO BRASIIL EM COCHABAMBA

Com 105 gols marcados em apenas duas partidas, a Seleção Brasileira tem seis dos oito principais artilheiros do torneio de handebol dos Jogos Sul-Americanos. Os quatro primeiros pertencem à equipe de Washington Nunes: Rudolph (17 gols), Chiuffa (13), Borges (13) e Leonardo Dutra (13). Sebastian Gutiérrez, do Chile, aparece em quinto ao lado de Rogério Moraes com 12 gols. O venezuelano José Palacios vem a seguir com 11 gols ao lado de Thiagus Petrus.

+ ASSISTA AO VIVO A COMPETIÇÃO

Adversário do Brasil nesta segunda-feira às 17h, o Chile também venceu com facilidade os dois primeiros jogos, mas não conseguiu fazer tantos gols. Na estreia, sábado, bateu a Bolívia por 51 a 7 e, neste domingo, superou o Peru por 37 a 15.

No Grupo 3, que conta com apenas três times, Argentina e Uruguai decidem nesta segunda-feira a primeira colocação da chave. A exemplo de Brasil e Chile, os dois países já estão classificados para a semifinal após derrotaram a Venezuela em suas estreias. Os argentinos superaram o adversário por 36 a 20 no sábado, enquanto os uruguaios ganharam de 22 a 19 no domingo.

Mais em Handebol