Siga o OTD

Handebol

Brasil derrota o Chile e decide o título contra a Argentina

Com a vitória sobre o Chile, Brasil não só garantiu a vaga para a final em Cochabamba como se classificou para os Jogos Pan-Americanos de 2019

A Seleção Brasileira de handebol feminino garantiu nesta quarta-feira uma vaga na final dos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba ao derrotar o Chile por 30 a 16 na semifinal. A equipe dirigida pelo técnico Jorge Dueñas, que vai decidir o título contra a Argentina, assegurou também a classificação para disputar os Jogos Pan-Americanos de 2019, que será disputado em Lima, no Peru.

Apesar do placar final dilatado, o jogo não foi tão fácil quanto a diferença de 14 gols faz parecer crer. Até metade do segundo tempo, o Brasil vencia por apenas 18 a 14. O destaque da equipe foi o lado direito com atuações impecáveis de Patrícia Silva e Deonise, que foi a artilheira da equipe brasileira com quatro gols, ao lado de Ana Cláudia Bolzan.

Para chegar até a decisão, o Brasil derrotou o Paraguai na estreia por 33 a 16 e depois passou fácil pelo Uruguai por 25 a 15, garantindo a primeira colocação da chave. Com esses resultados, cruzou na semifinal com o Chile, que ficou em segundo lugar do outro grupo.

A artilheira da equipe ao longo da campanha até agora é Mariana Costa, autora de 16 gols. Jaqueline Anastácio é a segunda maior goleadora com 14. Deonise já marcou dez vezes. A líder em gols dos Jogos Sul-Americanos é a boliviana Alison Pimienta, que fez 20.

Agora, na decisão, a Seleção Brasileira vai enfrentar a Argentina, que ganhou todos os quatro jogos que fez até o momento. Na primeira fase, a adversária do Brasil na final passou pelo Peru por 50 a 8, pela Bolívia por 49 a 4 e pelo Chile por 29 a 20. Na semifinal, a vitória foi contra o Paraguai por apenas duas bolas: 23 a 21.

 

Mais em Handebol