Siga o OTD

Handebol

Brasil peca no ataque e é derrotado pela Rússia no Mundial

Brasil erra muito no ataque e perde para as campeãs olímpicas da Rússia pelo Mundial de Handebol feminino.

Em jogo válido pelo Grupo C do Mundial de Handebol feminino, Brasil e Rússia se enfrentaram nesta terça-feira (5). Diante das campeãs olímpicas em 2016 e tetracampeãs mundiais, a seleção brasileira mostrou um excelente jogo defensivo, mas um ataque pífio e, muito devido a isso, saiu derrotada por 24 a 16.

+ CONFIRA A TABELA COMPLETA DO MUNDIAL DE HANDEBOL FEMININO

O jogo – primeiro tempo

Todos sabiam que a seleção russa era o desafio mais complicado do grupo C.  E foi exatamente isso que o Brasil viu em campo: uma equipe veloz, que saía em contra-ataques mortais e que se defendia muito bem. O início de jogo foi desastroso para o Brasil. Arremessos equivocados, com velocidade desnecessária e que consagraram a goleira russa. Além disso, uma defesa brasileira apática, o que resultou em 7 a 2 no placar com 11 minutos.

Aos poucos, a defesa brasileira foi se acertando. As jogadoras que saíram do banco de reservas demonstraram muita vontade para mudar o contexto da partida. O Brasil chegou a encostar no placar: 9 a 6 e com uma jogadora a mais em quadra. Mas, o desespero batia nas horas cruciais e o ataque errava muito. Dessa maneira, o primeiro tempo terminou em 14 a 7 para a Rússia – maior vantagem que a equipe conseguiu contra qualquer adversário após a metade de um jogo nesta competição.

Segundo tempo melhor, mas não o suficiente

Para o segundo tempo, o Brasil voltou muito bem na defesa e aos poucos o ataque foi engrenando junto. A diferença caiu para 5 pontos e quando parecia que o Brasil poderia criar alguma dificuldade na partida, a Rússia emplacava um contra-ataque. Duda até tentou, fazendo 6 gols no jogo, mas as pontas brasileiras erravam muito e a defesa russa conseguia neutralizar o restante do ataque. Com várias reservas em campo, a equipe russa apenas tratou de manter a vantagem entre 6 e 7 gols. No final, um contra-ataque ainda aumentou para 8, maior vantagem do jogo, para decretar a vitória por 24 a 16.

Estatísticas

Para se ter uma noção da diferença na eficiência das equipes:

Arremessos: Rússia 45% x 30% Brasil
Contra-ataques: Rússia 7 x 1 Brasil
7 metros: Rússia 2/3 x 3/3 Brasil
Passes errados/bolas perdidas: Rússia 15 x 18 Brasil
Faltas de 2 minutos: Rússia 10 x 6 Brasil

Situação do grupo

A Rússia lidera com 3 vitórias em 3 jogos. O Brasil vem em segundo com uma vitória, um empate e uma derrota, seguido pelo Japão, com a mesma campanha, mas pior saldo. A tendência é que a Dinamarca, que hoje pega a lanterna Tunísia, chegue a 2 vitórias e assuma a segunda posição. Montenegro, com uma vitória e duas derrotas, completa a classificação em 5º.

O Brasil, que conseguiu uma vitória apertada diante da Tunísia e um empate com o Japão em 28 a 28, precisará de bons resultados contra Montenegro, na quarta-feira (6), e Dinamarca, na sexta-feira (8), para ficar entre os 4 que se classificam do grupo.

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Handebol