Siga o OTD

Tóquio 2020

Patrícia Matieli fala da expectativa para temporada recheada

2021 conta com a disputa dos Jogos Olímpicos e do Campeonato Mundial para o handebol

Patrícia Matieli handebol

O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio para 2021 fez com que o próximo ano ganhasse uma enorme importância no contexto esportivo. No entanto, para algumas modalidades, a realização do evento fará no próximo ano fará com que a próxima temporada seja algo ainda mais especial.

O handebol é um dos exemplos de esporte que viverá em 2021 uma super temporada. Isso porque, além da competição da Olimpíada, a temporada da modalidade reserva ainda para o ano que vem a disputa do Campeonato Mundial da modalidade.

‘Meu maior sonho é disputar as Olimpíadas’, afirma Matieli

Uma das destaques da seleção brasileira, a central Patrícia Matieli revelou que já esta se preparando para a temporada agitada de 2021 da modalidade. A atleta, que defende o MKS Zaglebie Lubin, da Polônia, cita por exemplo que precisará se preparar para um ano sem férias por conta do calendário recheado.

+ SIGA O OTD NO FACEBOOKINSTAGRAMTWITTER E YOUTUBE

“2021 vai ser bastante agitado para nós do handebol. Não vamos ter férias, já que além da temporada normal pelos clubes, teremos a Olimpíada e o Mundial. Vai ser um ano extremamente importante e desgastante. Porém, o fato de termos bastante tempo até lá é muito bom para que gente consiga se preparar ainda mais”, revelou em uma transmissão feita pelas redes sociais.

Expectativa positiva

Além de saber da importância do próximo ano pelo nível do torneio, Patrícia Matieli destaca ainda uma expectativa boa para as competições, e coloca a medalha olímpica como uma meta possível para Tóquio.

“Sentimos que podemos brigar por uma medalha olímpica, independente da cor que ela seja. Sabemos que não conseguimos desempenhar muito bem no último mundial, porém a gente tem a noção que fez alguns bons jogos na competição. O nosso foco agora é a Olimpíada, que será disputada primeiro, mas sabemos que o ano que vem será uma temporada especial para nós”, revelou.

Se a equipe acabou não conseguindo ir muito bem na última edição do Mundial, quando encerrou a sua participação na 17ª colocação no Japão, a alta expectativa de Patrícia Matieli se explica pelo desempenho da equipe do ano passado. Isso porque a seleção comandada por Jorge Dueñas conquistou o ouro nos Jogos Pan-Americanos de Lima de 2019.

“O Pan-Americano foi maravilhoso. Foi minha primeira competição realmente grande pela seleção e ficará pra sempre na minha memória. Só de pisar na Vila já foi muito legal. Pra nós foi algo ainda mais especial porque conseguimos não só a medalha de ouro, como também a confirmação de uma vaga para os Jogos Olímpicos”, completou.

Mais em Tóquio 2020