Siga o OTD

Jogos Sul-Americanos

Natália Gaudio chega ao terceiro ouro em Cochabamba

Reprodução/Instagram

No segundo dia da ginástica rítmica nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba, Natália Gaudio conquista seu terceiro ouro, Barbara Domingos consegue uma prata e o Conjunto também leva o ouro

Natália Gaudio vai se confirmando como o grande nome brasileiro da ginástica rítmica nos Jogos Sul-Americanos de Cochabamba. Após o ouro no arco individual, a brasileira, nesta terça-feira (5), voltou ao lugar mais alto do pódio duas vezes, nas maças e na Fita.

+ CONFIRA O QUADRO DE MEDALHAS

Nas maças, Natália Gaudio somou 14.4 pontos e garantiu o ouro. Os jurados gostaram muito da apresentação da ginasta, tanto que deram a única nota acima dos 14 pontos. A segunda posição ficou com a colombiana Lina Marcela Dussan Orozco, que fez 13,8 pontos, mesma pontuação da terceira colocada, a venezuelana Grisbel Andreina Lopez Ortega.

+ ASSISTA AO VIVO OS JOGOS SUL-AMERICANOS

Por muito pouco, Barbara Domingos não fica com o bronze. A brasileira, que também já ganhou um ouro na bola, terminou com 13,3 pontos e ficou na quarta colocação.

Natália e Barbara se juntam ao conjunto brasileiro e ainda competem hoje na prova dos cinco arcos.

+ CONFIRA A AGENDA DO BRASIL

Nas fitas, se classificou com a melhor nota das qualificatórias, com 14. 5 pontos, 2.3 pontos a mais do que a segunda colocada. Logo atrás, na terceira posição, Barbara Domingos também se classificou à final, com 12. 1 de nota.

A final teve uma dobradinha brasileira no pódio. Natália Gaudio ficou com mais uma medalha de ouro, sua terceira na competição, ao somar 15.5 pontos. Barbara ficou com a prata ao conquistar 13.45 pontos.

A Seleção de Conjunto, composta pelas atletas Alessandra Maria Correa, Alanis Popper Ávila, Deborah Medrado Barbosa, Gabriela Paixão Ribeiro, Gabrielle Moraes da Silva e Jéssica Sayonara Maier também conquistou mais um ouro para o Brasil nesta terça.

No Conjunto Geral, o Brasil sobrou e conquistou a medalha de ouro sem muitas ameaças dos adversários. Com 29 pontos, o time brasileiro ficou à frente de Venezuela e Argentina no pódio.

Na qualificatória do três bolas e duas cordas, o Brasil passou em primeiro, com 15.8 pontos e disputa a final nesta quarta-feira (5).

Mais em Jogos Sul-Americanos