Siga o OTD

Jogos Sul-Americanos

Com 4 ouros, Brasil domina 1º. dia de finais por aparelho

Depois de faturar três medalhas no primeiro dia e mais três no segundo, o Brasil deu show nesta terça-feira nos Jogos Sul-Americanos e conquistou quatro das cinco medalhas de ouro disputadas no dia. Além disso, levou mais duas pratas e um bronze, totalizando 14 pódios até agora na competição.

+ CONFIRA O QUADRO DE MEDALHAS

No primeiro dia de finais por aparelhos, foram três dobradinhas. Nas barras assimétricas, Flávia Saraiva foi campeã com Jade Barbosa em segundo lugar. No cavalo com alças, Francisco Barretto foi ouro e Péricles Silva ficou com a prata. Nas argolas, Arthur Zanetti subiu no lugar mais alto do pódio, acompanhando por Caio Souza, que ficou em terceiro. Além disso, Luísa Domingues venceu a competição de salto.

+ ASSISTA AO VIVO OS JOGOS SUL-AMERICANOS

O aparelho que teve notas mais altas foi as argolas. Arthur Zanetti foi campeão com 14,950. Caio Souza e o argentino Federico Molinari ficaram empatados com 14,280, mas o brasileiro acabou ficando com o bronze nos critérios de desempate.

Nas barras assimétricas, o domínio foi total do Brasil. Flávia Saraiva ganhou o ouro com 13,950, apenas 0,350 a frente de Jade Barbosa, que ficou com o vice-campeonato. A argentina Martina Dominici completou o pódio com 13,300.

+ CONFIRA A AGENDA DO BRASIL

No cavalo com alças, Francisco Barretto Júnior levou o ouro com 14,080, com uma vantagem de apenas 0,080 sobre Péricles Silva. Javier Afanador, da Colômbia, ficou com a medalha de bronze com 13,200.

No salto feminino, Luísa Domingues superou a favorita argentina Martina Dominici, que caiu em uma de suas tentativas e terminou com a medalha de bronze, abrindo o caminho para a brasileira ficar com o ouro.

A única prova em que o Brasil ficou fora do pódio nesta terça-feira foi o solo masculino. Luís Porto, único brasileiro a disputar a final, fez 12,930 e não passou da sexta colocação. A medalha de ouro ficou com o chileno Tomás Sepúlveda com 14,250, seguido pelo colombiano Andres Moreno, que fez 14,030, e o argentino Julian Jato ficou com a terceira colocação com 13,480.

Programação

Quarta-feira (30)
Finais por aparelhos
16h – GAM – salto, paralelas e barra fixa
16h – GAF – trave e solo
19h – Premiação por aparelhos

 

Mais em Jogos Sul-Americanos