Siga o OTD

Ginástica Artística

Coronavírus cancela dois torneios e adia mais três na ginástica

Ginástica artística, rítmica e de trampolim foram impactadas pela pandemia em eventos na Alemanha, Qatar e Itália

Conjunto brasileiro na Copa do Mundo de Pesaro em 2017. Torneio foi adiado em 2020 por conta do coronavírus
Conjunto brasileiro na Copa do Mundo de Pesaro em 2017. Torneio foi adiado em 2020 por conta do coronavírus (RicardoBufolin/CBG)

A epidemia de coronavírus continua a afetar o calendário esportivo olímpico. Nesta quarta-feira (11), a Federação Internacional de Ginástica (FIG) anunciou o cancelamento de dois torneios e o adiamento de mais três.

A Etapa da Copa do Mundo de Ginástica de Suttgart, na Alemanha, uma das mais tradicionais na Ginástica Artística e prevista para começar no dia 20 de março, foi cancelada pela Federação Alemã da modalidade em acordo com o Comitê Organizador Local.

O segundo cancelamento ocorreu no país europeu mais afetado pela epidemia, a Itália. A Federação Italiana de Ginástica optou por não realizar a Copa Jesolo de Ginástica Artística, marcada para ocorrer entre os dias 4 e 5 de abril.

Outras duas competições previstas para ocorrer em solo italiano foram adidas pela Federação Internacional. A Copa do Mundo de Pesaro de Ginástica Rítmica, inicialmente agendada para os dias 3 e 5 de abril, agora ocorrerá entre 3 e 6 de junho. Já a Copa do Mundo de Brescia da Ginástica de Trampolim mudará de 24 e 25 de abril para 19 e 20 de junho.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

A Copa do Mundo de Ginástica Artística por Aparelhos de Doha, no Catar, também mudará de data. A competição que se iniciaria na próxima quarta-feira (18) agora só ocorrerá entre os dias 3 e 6 de junho.

Em nota, a Federação Internacional de Ginástica afirmou que “as mudanças rápidas causadas pelo COVID-19 são um desafio para a Federação Internacional de Ginástica, assim como para todas as entidades esportivas. A FIG está monitorando de perto e a todo o momento a evolução do problema em conjunto com as federações locais responsáveis pelos eventos futuros das modalidades da ginástica”. Ainda segundo a entidade, novidades sobre cada evento cancelado ou adiado serão publicadas em breve.

Outras modalidades olímpicas sofrem com o coronavírus. No tênis de mesa, o Aberto do Japão foi cancelado. Todos os eventos do judô até abril foram suspensos. O Masters 1000 de Indian Wells foi adiado para a surpresa dos tenistas. Inúmeros outros esportes também foram atingidos pela epidemia.

O Comitê Olímpico Internacional admitiu a possibilidade de adiamento dos Jogos, ainda para esse ano. A Olimpíada não será, entretanto, transferida para 2021 ou 2022. A razão para que isso não aconteça atende pelo nome de Carta Olímpica.

O documento, que na prática é o estatuto do COI, em seu capítulo 5, artigo 32, diz que os Jogos devem ser celebrados no primeiro ano da Olimpíada, que é o período de quatro anos entre os Jogos. Desta forma, se o Coronavírus continuar causando problemas a ponto de os Jogos não poderem começar na data prevista, a Olimpíada terá que acontecer até o final de 2020.

Mais em Ginástica Artística