Siga o OTD

Futebol

Sensação da última temporada, Iranduba quer muito mais em 2018

Entre as novidades do Iranduba estão a contratação de reforços e a campanha para Manaus ser sede da Libertadores de futebol feminino.

Correspondente em Manaus, AM – Ennas Barreto

Sensação do futebol feminino nacional e dono do recorde de público da história do Campeonato Brasileiro, o Iranduba, mais uma vez, mostrou sua força. Na última segunda-feira (19), a diretoria realizou uma coletiva de imprensa para apresentar o elenco, uniforme e patrocínios para o Campeonato Brasileiro 2018. E não foi qualquer coletiva não, viu? O Hulk da Amazônia fez uma festa de gala em um cinema na capital do estado. Além disso, também soltou a campanha para Manaus ser sede da Libertadores. Assista ao vídeo!

foto: Alcides Netto

De acordo com o diretor de futebol do clube, Lauro Tentardini, o objetivo do Hulk é brigar pelo título no Brasileirão e, para isso, montou um elenco forte, investindo tanto em jogadoras, quando na comissão técnica.

“O Iranduba vai brigar pelo título brasileiro e se vir na Libertadores também vai brigar forte. Temos um grupo que ficou em quarto lugar no Campeonato Brasileiro, tendo uma média de idade de 22 anos, sendo a mais baixa entre as finalistas e agora nós reforçamos agregando qualidade e experiência. Temos todas as condições. Tem um técnico de primeira linha do futebol brasileiro, uma comissão técnica que foi reforçada com um analista de desempenho e por um fisioterapeuta de qualidade, médico que é um dos três credenciados pela FIFA. Então, sem dúvida, não vai ser por falta de estrutura e qualidade de jogadoras que o Iranduba não vai chegar”, afirmou.

O Hulk trouxe nove jogadoras para reforçar o atual elenco, dentre elas o destaque é a Amanda Brunner, meia que defendeu o Corinthians e foi artilheira da Libertadores na temporada passada, além de ser jogadora da Seleção Brasileira principal.

“Nós trouxemos a Jujuba, uma zagueira que já foi campeã da Copa do Brasil e estava no Japão. A Giovana que foi artilheira do Campeonato Japonês com 27 gols. A Maike que era goleira do Flamengo, já jogou no Iranduba. A Amanda que foi artilheira na última libertadores. Então são nove reforços de muita qualidade e que vão agregar ao nosso grupo que já era muito forte. Estamos na expectativa na volta da Adriele de lesão e certamente o Iranduba vai brigar pelo titulo brasileiro”, garantiu o dirigente.

Apresentação da equipe do Iranduba foi feita em sala de cinema lotado em Manaus. – Foto: Alcides Netto

A meia Amanda Brunner revela que já se adaptou ao clima manauara e à equipe. Conta ainda que está ansiosa pela campanha da Libertadores ser realizada em Manaus e não esconde o encantamento pelo calor da torcida amazonense.

“É um clima diferente, são meninas diferentes. Então, acaba sendo um projeto diferente, mas nada que mude o objetivo, o planejamento. Eu já me acostumei com o clube, com o clima, foi difícil nas duas primeiras semanas, agora já está mais tranquilo. Sobre a recepção, aqui é diferente, a torcida é mais presente. Você sente o calor realmente da torcida. É muito gostoso e é nisso que acreditamos para que Manaus receba a Libertadores. Estou ansiosa”, declarou.

As nove jogadoras que chegaram para reforçar o Iranduba são: as atacantes, Luana Grabias, Luana Rodrigues, Brenda Woch e Giovana Domingos. As meias, Priscila Back e Amanda Brunner. A zagueira, Juliana Paulino e a goleira, Maike Weber.  No total, o Hulk da Amazônia tem 28 atletas em seu elenco.

 Campanha #LibertadoresEmManaus

O Iranduba da Amazônia lançou também a campanha #LibertadoresEmManaus, o objetivo é que a edição da competição 2018 seja realizada na capital amazonense. Até a craque Marta já está participando.

O clube já enviou um ofício à Conmebol solicitando a candidatura para receber a Libertadores. Manaus é a única cidade do Norte do país candidata até o momento, mas existe o otimismo.

“Manaus se manifestou oficialmente, ainda há prazo, não quer dizer que as outras cidades estejam impedidas de ser inscrita. Sobre a nossa ação: É uma campanha estratégica, visto que as exigências do caderno de encargos, todos os itens são possíveis de atender. Estamos apostando entre vários fatores. Cito alguns: Estádios novos que atendem as exigências da FIFA, a presença do público nos nossos jogos, na nossa torcida, no torcedor Amazonense, pelo fato de estarmos na Amazônia e ainda não foi realizada nenhuma vez na Região Norte”, destacou o mandatário Amarildo Dutra.

Patrocínio

Outra novidade no Iranduba para 2018 são os patrocínios. Para o presidente, o clube vem ousado. O objetivo é ir além do que conseguiram até o momento. O Hulk da Amazônia tem contrato de 3 anos com o a Pescattu e a Transire Eletrônicos.

Foto: Alcides Netto

“Temos como desafio: Fazer o melhor ano do Iranduba, ousamos ir além. É a primeira vez que estamos disputando a competição com patrocinador Master. Isso facilita muito nosso planejamento, a mente fica mais tranquila pra trabalhar, também somos consciente da nossa imensa responsabilidade. Assim como conhecemos o nosso potencial, estamos muitos unidos e focados no único objetivo: fazer o melhor Campeonato Brasileiro de todos os tempos, vamos brigar pelo título. Sabemos da força dos times de camisas (Flamengo, Corinthians e Santos), mas com todo respeito, estamos na briga”, afirmou.

Receba novidades do OTD

* = campo obrigatório

powered by MailChimp!

Mais em Futebol