Siga o OTD

Futebol

Ludmila, Geyse, Darlene e Nycole só não fizeram chover na Europa

Brasileiras marcam gols, dão assistências, comandam goleadas e salvam time de derrota na Espanha e em Portugal

Ludmila, do futebol feminino do Atlético de Madrid
(divulgação/Atlético de Madrid)

Foram muitas jogadoras brasileiras que entraram em campo neste domingo (16) em campos espanhóis e de Portugal no futebol feminino. Dentre todas, destaque para as atacantes Ludmila, Geyse e Nycole e também para a meia Darlene. Elas marcaram e deram assistências preciosas em goleadas históricas, disputa de vaga na Champions League e até em luta contra rebaixamento.

Em Lisboa, o Benfica fez suco do Amora em partida que valia vaga nas semifinais da Copa de Portugal de futebol feminino. Com quatro brasileiras entre as titulares, aplicou 11 a 2 nas pobres adversárias.

O time entrou em campo com a goleira Dida, a lateral Yasmin, Darlene e Nycole. A atacante marcou dois, o primeiro do jogo, de pênalti sofrido por ela mesma, e o sétimo. Darlene não fez nenhum, mas distribuiu passes e consagrou as companheiras.

Futebol feminino do Benfica, de Darlene e Nycole
(divulgação/Benfica)

O segundo gol, por exemplo, teve participação da meia brasileira. Ela assistiu Spetsmark, que desta vez não desperdiçou e balançou as redes pela primeira vez em sua estreia com a camisa do time português. Faria ainda mais dois.

Darnele quase marcou o terceiro, chegou a driblar a goleira e rolar para as redes, mas a zaga impediu o gol. No rebote, a estadonidense Mimi Asom marcou o primeiro de seus quatro gols no jogo. O terceiro dela, o quinto do Benfica, teve participação das brasileiras aos 37 minutos da etapa inicial. Darlene acionou Nycole pela direita, e ela tocou para a texana completar para as redes.

A sul-africana Thembi Kgatlana, que entrou no segundo tempo, fechou a conta fazendo os dois últimos gols do Benfica.

Na semifinal, o time de Nycole e Darlene vai enfrentar o Braga, das também brasileiras Jana e Rayanne em partida única. Do outro lado jogam Estoril e Famalicão.

+ Andressa marca para Roma em dia de festa para brasileiras

Ludmila e Geyse são destaque na Espanha

Pelo Campeonato Espanhol, a atacante Ludmila foi destaque na vitória do Altetico de Madrid sobre o Levante, da lateral também brasileira Jucinara, no famoso jogo de seis pontos em disputa direta por uma vaga na Champions League de futebol feminino da próxima temporada.

Ludmilla marcou o terceiro na goleada por 4 a 1 e deu ainda duas assistências. Primeiro ela serviu Silvia Meseguer aos 21 minutos de jogo e depois a inglesa Toni Duggan aos 23.

Aos 30 foi ela quem balançou as redes, seu sexto gol no campeonato. Também tem seis assistências, a quinta melhor do torneio neste quesito. A maior goleadora é Jenifer Hermoso com vinte tentos.

Ludmila deixou o campo aos 15 minutos da etapa complementar para a entrada da ucraniana Olha Ovdiychuk, quando o jogo já tinha números finais.

Com a vitória, o Altetico de Madrid manteve-se à frente do Levante no Campeonato Espanhol, na segunda colocação. O time foi a 44 pontos em 19 jogos e deixou o rival com 39 em terceiro. Somente o campeão e o vice vão para a Champions. A liderança é do Barcelona com 53 pontos nas mesmas 19 partidas.

+ SIGA O PERFIL OFICAL DO OTD NO INSTAGRAM

Geyse marca dois

Em duelo com sete brasileiras pelo Espanhol, sendo cinco em campo, Madrid e Tenerife ficaram no 2 a 2. O time da capital deve o pontinho fora de casa para a atacante Geyse. Além de marcar os dois, fez o do empate final já nos últimos minutos da partida.

Cristina Gutierrez abriu o marcador para as anfitriãs, que tinham em campo a goleira Aline, Jujuba e Joyce, logo aos oito minutos. Geyse empatou na volta para o segundo tempo, e Maria José González recolocou o Tenerife na frente logo a seguir. O empate veio só aos 39.

Além de Geyse, jogam no Madrid Antônia, que foi titular, Valéria Cantuario, que entrou aos 12 minutos do segundo tempo, além de Bruna Tavares, que ficou no banco.

O empate mudou pouco a vida das duas equipes no campeonato. Ambas estão na parte de baixo da tabela, brigando contra o rebaixamento. O Madrid tem 19 pontos e está em 12º lugar, a três da 15ª e penúltima colocação. O Tenerife está em 10º com 21. Os dois últimos caem.

Em nono com 23 pontos está o Tacón, das brasileiras Thaisa e Daiane, que recebeu o 15º Valencia neste domingo em jogo de futebol feminino que terminou com o placar fechado.

Mais em Futebol