Siga o OTD

Futebol

Com base campeã, Corinthians apresenta elenco feminino do ano

Com reforço de quatro jogadoras e base campeã mantida, Corinthians começa ano pensando em repetir o bom desempenho de 2019

Apresentação Corinthians Feminino 2020 - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Depois de uma campanha histórica em 2019, o Corinthians apresentou nesta sexta-feira (17) o elenco do futebol feminino para a nova temporada. Com 27 atletas, a equipe comandada pelo técnico Arthur Elias, manteve a base que foi bicampeã da Libertadores e campeã do Campeonato Paulista do ano passado.

Das 24 atletas que jogaram em 2019, 23 renovaram com o Timão, além do técnico Arthur Elias e de toda a comissão técnica. Apenas a atacante Millene não ficou para a próxima temporada.

“Eu vejo a continuidade do elenco e da comissão técnica como fator fundamental para seguirmos com chance de sucesso na temporada. É óbvio que uma ou outra saída é inevitável. Saiu só uma que foi a Millene, uma jogadora que foi muito decisiva para nós, em termos de participação de gols. Mas eu acredito que dentro do elenco eu tenha opções para que esses números continuem sendo bons e ainda melhores”, afirmou o treinador Arthur Elias.

Para 2020, o Corinthians contratou quatro reforços. A atacante Pâmela, de 30 anos, que estava no futebol chinês e soma passagens pela Seleção Brasileira e pelo Flamengo. A lateral Poliana, que estava no São José, tem 28 anos, e já passou pelo futebol dos Estados Unidos e pela Seleção Brasileira. E a atacante Gabi Portilho, de 24 anos, com passagens por Kindermann, São José, Madrid (Espanha), Audax e 3B.

Já o maior reforço do Timão para a temporada é a meia Andressinha, de 24 anos, que jogava no Portland Thorns, dos Estados Unidos. Titular da Seleção Brasileira, Andressinha participou das Copas do Mundo de 2015 e 2019, além das Olimpíadas de 2016.

“Eu já estava há quatro anos nos Estados Unidos, acabei não jogando tanto quando eu imaginava, principalmente em 2019, e eu senti que era o momento de voltar para o Brasil.”, explicou a jogadora. “Eu vejo que a modalidade está crescendo muito aqui, principalmente no Corinthians, e eu sabia que aqui era uma equipe muito organizada até porque eu já joguei com algumas das meninas do Corinthians na seleção. Eu chego para somar em uma equipe que já está entrosada há muito tempo e eu quero agregar o máximo possível.”, projetou Andressinha.

Andressinha é o maior reforço da equipe de Arthur Elias para 2020. (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

 “A busca pela qualificação é sempre um objetivo nosso dentro do clube e acho que isso aconteceu. Trouxemos jogadoras que vão poder nos ajudar muito. Andressinha está aqui com toda a experiência dela, em nível internacional, de seleção. A Poliana pela experiência dela, também de seleção, é muito vitoriosa dentro do futebol, faz mais de uma função. A Pâmela e a Portilho, como atacantes com características diferentes que me dão a opção de mudar jogo a jogo.”, explicou o treinador Arthur Elias. “Eu falei para o meu grupo no final do ano, acho que talvez a única coisa um pouco abaixo que deixamos a desejar em termos do que temos de potencial da equipe foi a bola parada ofensiva. Então acho que a Andressinha e a Poliana podem nos ajudar muito nesse aspecto.”, completou.

Ano memorável

O projeto do futebol feminino no Corinthians começou em 2016, mas nenhum ano foi tão bom para o clube quanto 2019.

No ano passado, a equipe conquistou o Campeonato Paulista vencendo o rival São Paulo por 3 a 0, na Arena Corinthians, garantiu o bicampeonato da Copa Libertadores ao derrotar a Ferroviária na final, além de ser vice-campeão do Campeonato Brasileiro.

Em questão de números, 2019 também foi o ano dos recordes. O futebol feminino do Corinthians bateu a marca de maior sequência de vitórias consecutivas (34 triunfos), conseguiu o recorde de público para um jogo da modalidade (mais de 28 mil torcedores na Arena Corinthians na final do Campeonato Paulista) e atualmente defende uma invencibilidade de 45 partidas.

O Timão ainda é dono de um impressionante aproveitamento de 93.62% no ano. Em 47 partidas disputadas foram 43 vitórias, três empates e uma única derrota.

Apesar do ano incrível, nada de pressão para repetir o desempenho em 2020.

“Eu acho que o que fizemos em 2019 foi incrível, foi maravilhoso, mas agora é um ano novo. Em 2020  temos que começar do zero novamente, saber que tudo vai começar dia 9 de fevereiro. O que passou, passou. Agora é pensar no ano que teremos.”, afirmou a meia Tamires.

Campeonato disputado

Se em 2019 o Corinthians dominou o cenário nacional do futebol feminino, terminando com 45 jogos de invencibilidade e dois títulos, para 2020 a disputa promete ser mais difícil. Muitos outros clubes se reforçaram bem, em especial o rival Palmeiras, que trouxe sete novas jogadoras para o elenco. O primeiro compromisso do Corinthians pelo Campeonato Brasileiro já está marcado e é justamente um clássico contra o arquirrival, no dia 9 de fevereiro.

“Esse ano tem tudo para ser um Campeonato bem melhor, mais competitivo. Esse crescimento é uma tendência do futebol feminino”, afirmou Arthur Elias. “Fico muito feliz com o que tem acontecido, atletas que estavam fora retornarem para o Brasil, enriquecerem nosso nível de jogo aqui. Acho que as equipes realmente se reforçaram muito bem, as jogadoras que foram contratadas são jogadoras bastante decisivas então o campeonato só tende a crescer com isso.”

“Você pode colocar fácil 8 ou 9 nomes teoricamente candidatos ao título brasileiro. Não tem um time só com várias atletas boas, são vários times tendo essas contratações positivas. Eu estou bem esperançosa para que seja um ano muito positivo, não só para o Corinthians, mas também para o futebol feminino.”, disse Tamires.

+INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE

Carteira assinada

Uma outra novidade para o Corinthians em 2020 foi anunciada na última quinta-feira (16). O clube decidiu realizar a profissionalização integral de todas as atletas, no mesmo esquema que o futebol masculino. Agora as jogadoras terão registro em carteira assinada, que lhes reserva diversas garantias e benefícios assegurados ao trabalhador contratado no regime CLT.

A profissionalização era idealizada desde 2016 e passou a ser estruturada pelo presidente Andres Sanchez no final do ano passado. Nos mesmos moldes do futebol masculino, as atletas também têm direito de imagem e multa rescisória em contrato para evitar uma saída repentina do clube.

“É muito importante nós sermos profissionalizadas dessa forma, eu acho que é uma valorização da modalidade. Eu estou tantos anos no futebol, 15, 16 anos, e aos 32 anos que eu estou tendo minha primeira carteira assinada”, disse Tamires. “Se você olhar, já é muito tarde para ter o primeiro carimbo na carteira, mas já é um começo. Fico muito feliz em viver esse momento e também muito feliz pelas meninas mais jovens que estão tendo a oportunidade desde agora para que no futuro possam ter todos os seus direitos.”, observou a maeia-campista.

“Precisamos começar a entender que não é só pensar individualmente, temos que pensar na modalidade em si.”, explica a zagueira Erika. “Antes eu falava ‘Estou indo trabalhar’ e a galera dava risada e falava ‘Você tá indo jogar futebol, Erika’. Eu respondia “Eu estou indo trabalhar, eu recebo para isso.” Hoje não, eu estou indo trabalhar porque tenho carteira assinada mesmo”, brincou. (Veja o vídeo a seguir)

Confira o elenco completo do Corinthians feminino:

  • Goleiras: Lelê, Tainá Borges, Paty, Taty Amaro
  • Laterais: Suellen, Katiuscia, Tamires, Juliete, Paulinha e Poliana (contratada em 2020)
  • Zagueiras: Pardal, Érika, Mimi, Giovanna Campiolo
  • Volantes: Diany, Grazi, Ingryd e Andressinha (contratada em 2020)
  • Meias: Gabi Nunes, Maiara, Victória Albuquerque, Giovanna Crivelari, Gabi Zanotti
  • Atacantes: Cacau, Adriana, Pâmela (contratada em 2020) e Gabi Portilho (contratada em 2020)

AGENDA DO DIA

fev 21 00:30 NBA Golden State Warrios Houston Rockets fev 21 04:00 Etapa do Cairo da Copa do Mundo de florete masculino Grupo 9 Guilherme Toldo (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 48kg Gabriela Chibana (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 66kg Daniel Cargnin (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 60kg Felipe Kitadai (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 60kg Eric Takabatake (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 52kg Sarah Menezes (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 48kg Nathália Brigida (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 52kg Eleudis Valentim (BRA) fev 21 05:30 Grand Slam de Dusseldorf de judô 57kg Ketelyn Nascimento (BRA) fev 21 06:20 International Series de Uganda de badminton Mable Namakoye (UGA) Fabiana Silva (BRA) fev 21 06:30 Etapa do Cairo da Copa do Mundo de florete masculino Grupo 21 Pedro Marostega (BRA) fev 21 06:30 Etapa do Cairo da Copa do Mundo de florete masculino Grupo 19 Giovanni França (BRA) fev 21 06:40 International Challenge da Áustria de badminton Rasmus Espersen (DIN)/Christine Busch (DIN) Fabricio Farias (BRA)/Jaqueline Lima (BRA) fev 21 07:00 Etapa de Kazan da Copa do Mundo de florete feminino Grupo 15 Bia Bulcão (BRA) fev 21 07:00 Campeonato Sul-Coreano de basquete feminino Hanabank (COR) Busan BNK Sum (COR) fev 21 07:10 Aberto da Hungria de tênis de mesa Vitor Ishiy (BRA)/Eric Jouti (BRA) Benedikt Duda (ALE)/Patrick Franziska (ALE) fev 21 08:40 International Challenge da Áustria de badminton Jaqueline Lima (BRA)/Samia Lima (BRA) Pooja Dandu (IND)/Sanjana Santosh (IND) fev 21 09:40 International Challenge da Áustria de badminton Peter Briggs (CAN)/Joshua Hurlburt-Yu (CAN) Fabricio Farias (BRA)/Francielton Farias (BRA) fev 21 12:30 Copa Uana de Natação fev 21 13:00 Grand Slam de Dusseldorf de judô Finais fev 21 14:00 Aberto da Hungria de tênis de mesa Kristian Karlsson (SUE) Hugo Calderano (BRA) fev 21 14:30 Campeonato Dinamarquês de handebol feminino Odense HB (DIN) Horsens (DIN) fev 21 15:00 Campeonato Espanhol de handebol masculino Granollers (ESP) Sinfin (ESP) fev 21 15:30 Campeonato Italiano de vôlei masculino Calabria (ITA) Padova (ITA) fev 21 16:00 Copa da França de handebol feminino Bourg de Peage (FRA) Chambray Touraine (FRA) fev 21 16:15 Meeting de Villa de Madrid de atletismo indoor 60m com barreiras – semifinal Gabriel Constantino (BRA) fev 21 17:00 Sul-Americano de Clubes de vôlei feminino Boca Juniors (ARG) Universidad Católica (BOL) fev 21 17:00 Copa da França de handebol feminino Nantes (FRA) Fleury Loiret (FRA) fev 21 17:00 Pré-Mundial Sub-23 de beisebol Brasil El Salvador fev 21 18:00 Libertadores Sub-20 de futebol masculino - Grupo A Sporting Cristal (PER) Nacional (URU) fev 21 19:30 Superliga de vôlei feminino - Primeira Fase São Paulo Valinhos fev 21 19:30 Eliminatórias para a AmeriCup de basquete masculino Brasil Uruguai fev 21 20:00 Sul-Americano de Clubes de vôlei feminino Dentil Praia Clube Minas Tênis Clube fev 21 20:15 Libertadores Sub-20 de futebol masculino - Grupo A Flamengo Puerto Cabello (VEN)

Mais em Futebol